Telescópio capta pela primeira vez uma estrela que dispara raios

M. Garlick / Universidade de Warwick / ESO

No sistema estelar AR Scorpii, há um sistema binário em que uma estrela anã branca liberta um raio de eletrões que atinge a sua vizinha, uma estrela anã vermelha fria, como se a estivesse a atacar

Usando um supertelescópio em conjunto com outros aparelhos semelhantes na Terra e no espaço, astrónomos descobriram um novo tipo de estrela binária.

No sistema estelar AR Scorpii, uma estrela anã branca liberta um raio de eletrões que atinge a sua vizinha – uma estrela anã vermelha fria -, como se a estivesse a atacar.

Este fenómeno faz com que todo o sistema pulse, iluminando-se e escurecendo a cada 1,97 minutos.

O estudo com esta descoberta foi publicado esta quarta-feira na revista Nature.

O trabalho começou em maio de 2015, quando um grupo de astrónomos amadores de Alemanha, Bélgica e Reino Unido se deparou com um sistema que se comportava como nenhum outro.

Isto fez com que a Universidade de Warwick, em Inglaterra, passasse a observá-lo, usando uma rede de telescópios que revelou a sua verdadeira natureza.

O AR Scorpii fica na constelação de Escorpião, a 380 anos-luz de distância da Terra. A sua estrela anã branca tem o tamanho do nosso planeta, mas uma massa 200 mil vezes superior. A estrela anã vermelha fria tem um terço da massa do Sol. Ambas orbitam uma à outra num ciclo de 3,6 horas.

A estrela anã branca é muito magnética e gira em alta velocidade, o que acelera eletrões até quase atingirem a velocidade da luz e faz com que sejam liberados em explosões que formam um jato.

Quando atingem a estrela anã vermelha fria, todo o sistema pulsa intensamente.

“Este sistema foi descoberto há 40 anos, mas não suspeitávamos que se comportava assim até começarmos a observá-lo em 2015”, diz Tom Marsh, membro do grupo de astrofísica da Universidade de Warwick.

“Percebemos que estávamos a ver algo extraordinário alguns minutos depois de dar início à observação.”

ESO

A constelação de Escorpião está localizada a 380 anos-luz da Terra

A constelação de Escorpião está localizada a 380 anos-luz da Terra

Colaboração

Ao início, quando o fenómeno foi observado pela primeira vez, chegou-se à conclusão de que a luminosidade do sistema variava a cada 3,6 horas, o que fez com que os cientistas divulgassem incorretamente tratar-se de uma única estrela.

Um comportamento assim já tinha sido observado em estrelas de neutrões, que são alguns dos corpos celestes mais densos do Universo, mas nunca numa estrela anã branca.

“Sabemos que as estrelas de neutrões pulsam assim há 50 anos e algumas teorias previam que as estrelas anãs brancas também poderiam comportar-se assim”, afirma Boris Gänsicke, coautor do estudo.

“É fantástico ter encontrado um sistema assim. É um ótimo exemplo de colaboração entre astrónomos amadores e académicos.”

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Além de sermos bons ouvintes, também deveríamos tentar comunicar com extraterrestres

Desde há muito tempo que os seres humanos são fascinados pela ideia de não estarmos sozinhos no Universo. Um cientista sugere que para além de tentar escutar sinais extraterrestres, deveríamos também investir em enviar mensagens …

"Parasitas": O Melhor Filme dos Óscares chega à televisão

Parasitas vai passar na televisão esta sexta-feira (3), às 21h30, no canal TVCine Top. A produção de Bong Joon-ho angariou, nesta última award season, inúmeras nomeações, tendo sido Palma de Ouro no Festival de Cinema …

Países entram numa "guerra secreta" por ventiladores, admite agente da Mossad

Muitos países estão a utilizar os seus serviços de informações para a compra de material de saúde encomendado por outros, sobretudo ventiladores, para enfrentar a crise do novo coronavírus, disse um agente da Mossad, encarregado …

Pessoas que espalham ódio na Internet tendem a ser psicopatas

Os utilizadores da Internet que publicam comentários de ódio sobre outras pessoas tendem a ter traços psicopáticos. Por outro lado, os cientistas não encontraram uma correlação entre essa prática e narcisismo ou maquiavelismo. Estes utilizadores são …

Polícia britânica tingiu de negro uma lagoa azul para afastar visitantes

A Polícia britânica decidiu tingir de negro uma lagoa azul muito procurada na região de Derbyshire, visando assim afastar os visitantes e fazer com que estes cumpram o isolamento social exigido pelas autoridades para travar …

A maior cascata do Equador desapareceu repentinamente

A maior cascata do Equador, com cerca de 150 metros, desapareceu repentinamente por causa de uma dolina. Investigadores ainda não sabem se esta apareceu por causas naturais ou humanas. Em fevereiro, a cascata de San Rafael, …

Aprovada descida de 3% na eletricidade no mercado regulado

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) aprovou uma descida do preço da tarifa aplicada no mercado regulado de cinco euros por megawatt/hora (MWh). Contas feitas, trata-se de uma redução de aproximadamente 3% no total …

Turquemenistão proibiu o uso da palavra "coronavírus"

Enquanto o mundo luta para conter a propagação da pandemia de covid-19, no Turquemenistão os cidadãos podem ser presos só por dizerem a palavra "coronavírus". De acordo com a rádio NPR, que cita a organização não …

EDP oferece desconto de 20% a profissionais e organizações de saúde

Face à pandemia de covid-19, a EDP vai oferecer um desconto de 20% na fatura da eletricidade a profissionais e organizações de saúde, anunciou esta quarta-feira a empresa liderada por António Mexia em comunicado. “A …

Bill Gates deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia

Num artigo publicado no jornal norte-americano Washington Post, o fundador da Microsoft, Bill Gates, deixa três recomendações para os Estados Unidos combaterem a pandemia de covid-19, que já fez 43 mil mortes em todo o …