Três camisolas e uma vitória histórica. Tadej Pogacar é o vencedor do Tour

Christophe Petit-Tesson / EPA

Tadej Pogacar é o vencedor do Tour de France 2020.

O ciclista esloveno Tadej Pogacar (UAE Emirates) venceu a 107.ª Volta a França, ao cortar a meta, nos Campos Elísios, integrado no pelotão, no final da 21.ª e última etapa conquistada pelo irlandês Sam Bennett (Deceuninck-QuickStep).

Pogacar, de 21 anos, é o primeiro esloveno a conquistar o Tour e o ciclista mais jovem no pós-guerra a fazê-lo, e vai ser acompanhado no pódio final pelo seu compatriota Primoz Roglic (Jumbo-Visma), segundo a 59 segundos, e pelo australiano Richie Porte (Trek-Segafredo), terceiro a 03.30 minutos.

A 21.ª e última etapa, uma ligação de 122 quilómetros entre Mantes-la-Jolie e Paris, foi ganha pelo camisola verde, Sam Bennett (Deceuninck-QuickStep), com o tempo de 02:53.32 horas, diante do campeão do Mundo, o dinamarquês Mads Pedersen (Trek-Segafredo), e do eslovaco Peter Sagan (Bora-hansgrohe).

Tadej Pogacar tornou-se o primeiro ciclista desde Eddy Merckx a vestir três camisolas – amarela, montanha e juventude – no pódio dos Campos Elísios, na festa de consagração dos vencedores da 107.ª Volta a França.

O esloveno da UAE Emirates, que na segunda-feira cumprirá 22 anos, bateu todos os recordes de precocidade, imitando o ‘Canibal’ Eddy Merckx, considerado o melhor ciclista de todos os tempos, que, em 1969, quando tinha 24 anos, ganhou o seu primeiro Tour, além das classificações da montanha e da regularidade.

No entanto, Pogacar é mesmo o primeiro corredor a vestir a amarela, a camisola das bolas vermelhas (montanha) e a branca no pódio final desde que a classificação da juventude foi instituída em 1975.

O líder da UAE Emirates, que ‘roubou’ a amarela ao compatriota Primoz Roglic (Jumbo-Visma) no penúltimo dia, é também o segundo mais jovem de sempre a vencer a ‘Grande Boucle’, sendo superado apenas por Henri Cornet, que ainda não tinha 20 anos quando triunfou em 1904, na segunda edição da prova francesa – na realidade, o francês foi quinto na estrada, mas ascendeu à primeira posição após várias desclassificações.

O triunfo do esloveno entra ainda para o ‘top 10’ das menores diferenças de sempre entre primeiro e segundo (59 segundos), um ‘ranking’ liderado pelos traumáticos oito segundos que custaram a amarela ao francês Laurent Fignon em 1989, num contrarrelógio perdido em plenos Campos Elísios para o norte-americano Greg LeMond.

Curiosamente, o primeiro dia ‘amarelo’ do ciclista de Komenda foi vivido na 21.ª e última etapa, algo que não acontecia desde 2011, quando o australiano Cadel Evans destronou o luxemburguês Andy Schleck na véspera da chegada a Paris, também num contrarrelógio.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

UEFA investiga incidentes discriminatórios no Hungria-Portugal

A UEFA anunciou ter aberto um inquérito para apurar “eventuais incidentes discriminatórios” nos jogos da Hungria, no Euro 2020 de futebol, com Portugal (0-3) e França (1-1), disputados na Arena Puskás, em Budapeste. De acordo com …

Financiamento da TAP travado em Bruxelas

O plano de reestruturação da TAP, que prevê injetar na empresa até 3,72 mil milhões de euros até 2024, continua à espera de uma resposta de Bruxelas. O Governo esperava obter luz verde de Bruxelas em …

Jogos Olímpicos vão poder ter até 10 mil japoneses nas bancadas

As autoridades japonesas decidiram permitir que até 10 mil espetadores possam assistir aos eventos dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 nas bancadas, mesmo reservando o direito de reverter a decisão. Segundo o anúncio dos organizadores, as autoridades …

Arqueólogos descobriram que viveram pessoas no "Stonehenge alemão"

Arqueólogos descobriram que viveram pessoas no "Stonehenge alemão", um local arqueológico conhecido pelas evidências de rituais e sacrifícios humanos. De acordo com o site Live Science, uma equipa de arqueólogos encontrou cerca de 130 casas no …

Preços das casas não subiam tanto há mais de dois anos

Os preços da habitação registaram uma subida de 2,5% em relação ao mês anterior. Não subiam tanto há mais de dois anos. O preço de venda das casas em Portugal Continental registou um aumento de 2,5% …

Tragédia de Pedrógão pode "repetir-se em vários locais deste país"

Após quatro anos do grande incêndio que vitimou 66 pessoas, a região de Pedrógão Grande está de novo em ponto de combustão. A 17 de junho de 2017 o incêndio de Pedrógão Grande matou 66 …

"Apocalipse dos insetos". Novos dados associam queda de população a barragens

A população de insetos está em declínio, naquilo a que chamam de "Apocalipse dos insetos". Um novo estudo associa este problema às barragens. Os insetos são o grupo de animais mais numeroso do planeta. Existem cerca …

PS com o pior resultado desde março de 2020. Direita rejubila

Na nova sondagem da Intercampus, realizada para o Jornal de Negócios e o CM/CMTV, todos sobem nas intenções de voto menos o PS. A mais recente sondagem da Intercampus, realizada para o Jornal de Negócios e …

Nova tabela de preços da ADSE adiada para setembro

A nova tabela de preços da ADSE sofreu mais um adiamento e só entrará em vigor em setembro, revelou a ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão. A nova tabela de preços …

Vacinação da faixa etária 20-29 começa a "meio de julho"

No habitual espaço de comentário na SIC, este domingo à noite, Luís Marques Mendes anunciou que a vacinação dos jovens entre os 20 e os 29 anos vai, afinal, começar a "meio de julho". A vacinação …