Supremo Tribunal da Islândia confirma prisão para 7 banqueiros

O Supremo Tribunal da Islândia confirmou as condenações de nove executivos daquele que foi o maior banco do país e que despoletou a crise económica de 2008. Sete dos culpados vão cumprir pena de prisão.

A decisão confirma que a Islândia é mesmo caso único no mundo, julgando os banqueiros como criminosos, ao contrário do que se tem passado em casos semelhantes em países da Europa e nos EUA.

O jornal britânico The Independent cita fontes islandesas para salientar que o Supremo Tribunal da Islândia (STI) considerou culpados todos os envolvidos neste processo judicial que começou em Abril de 2015, implicando executivos do Banco Kaupthing, que era o maior da Islândia até à crise de 2008.

O Banco foi à falência, devido ao elevado montante da dívida, e o Estado foi obrigado a intervir. A instituição financeira é agora, conhecida por Arion Banki.

A sentença de primeira instância, tomada num tribunal de Reiquiavique, condenou apenas sete dos nove arguidos. Mas o STI anulou essa decisão, considerando os 9 banqueiros culpados de manipulação dos mercados.

O Supremo confirmou as penas de prisão que variam entre um e mais de quatro anos a seis dos executivos e aumentou em seis meses a pena de prisão de 5 anos e meio que tinha sido aplicada ao antigo director do Banco, Hreioar Már Sigurosson.

O ex-responsável pela área de crédito, Björk Þórarinsdóttir, e o antigo CEO do Kaupthing Luxembourg, Magnús Guomundsson, não vão cumprir penas de prisão, apesar de serem considerados culpados.

ZAP

8 COMENTÁRIOS

  1. Então e cá de que estão à espera para mandar essa cambada de banqueiros corruptos que afundaram a economia portuguesa para a prisão? E não só banqueiros, mas políticos também, como o Sócrates.
    A Islândia é em tudo um país admirável e onde a lei impera. Em Portugal é o contrário, parece um país sem lei, por vezes governado por foras-da-lei.

  2. É da mais elementar justiça! Quem comete erros ou engana o cidadão comum, aquele que pouco tem com que se defender, deve pagar por isso. Na Islândia e em qualquer lugar do Mundo. Talvez um dia também chegue a Portugal. Quem sabe !! A sério. E sem contemplações. Esperemos !!

  3. nao ha direito. os islandeses copiaram o nosso sistema (julgamento e condenaçao dos nossos banqueiros – bpn, bes, banif) e condenaram os banqueiros deles que levaram o pais a bater no fundo. temos que reclamar com eles por nos term copiado as ideias, rssss
    assim se faz justiça. nao é como em Portugal que ha uns 5 anos que se anda a lidar com o casos do bpn e ainda esta longe de acabar. por este andar ainda os responsaveis morrem e ficam por cumprir as penas

  4. E se recalcitram ainda vos sucede o mesmo que à “investigadora presa após ter contestado perda de bolsa e acusado os juízes de corrupção”. Notícia que podem ler aqui no ZAP – aeiou.
    É comer e calar…

  5. portugueses, ponham aqui os olhos…, não interessa não é verdade??? compreende-se, embora não se entenda…, nunca chegaram a lado algum.

  6. Se votassem mais se calhar não tínhamos os governos que tivemos/temos mas a mania do tuga de se desculpar, meter culpas nos outros e fugir à responsabilidade das suas acções é algo de impressionante!
    Enfim…

RESPONDER

Rescaldo do incêndio em Valongo, Pedrogao Grande

Uma semana depois, incêndio de Pedrógão Grande dado como extinto

O incêndio de Pedrógão Grande foi dado como extinto este sábado, a meio da tarde, uma semana depois de ter deflagrado, estando ainda no local cerca de 570 operacionais, segundo fontes da Proteção Civil. "O incêndio …

-

Parlamento britânico foi alvo de um ataque informático

O Parlamento britânico foi alvo na sexta-feira à noite de um ataque informático, revelou hoje o político liberal democrata Chris Rennard, elemento da Câmara dos Lordes (câmara alta), através da rede Twitter. Como consequência, segundo avançou …

-

Seis mortos em deslizamento de terra na China e mais de 100 desaparecidos

Pelo menos seis pessoas morreram num deslizamento de terras na província de Sichuan, no sudoeste da China, e mais de 100 permanecem desaparecidas, segundo os últimos dados fornecidos pelas autoridades locais. A aldeia isolada de Xinmo foi …

-

Bombeiros pedem suspensão da entrega de bens solidários

O presidente da Associação de Bombeiros Voluntários de Pedrógão Grande apelou este sábado para que as pessoas suspendam por "alguns dias" a entrega de ajuda. "É um sufoco. É muita coisa. São toneladas e toneladas de …

-

Portugal goleia Nova Zelândia em jogo de muitas poupanças

Portugal assegurou hoje o primeiro lugar do Grupo A e a passagem às meias-finais da Taça das Confederações de futebol após golear a Nova Zelândia, por 4-0, num encontro em que correu quase tudo bem …

-

Pelo menos 27 edifícios no Reino Unido têm revestimento inflamável

Os inspetores identificaram pelo menos 27 edifícios de propriedade municipal no Reino Unido que não cumprem os requisitos de segurança anti-incêndios por estarem revestidos com material inflamável, informou este sábado o Governo. O Ministério que tutela …

-

Polícia espanhola detém suspeitos de pertencerem a rede de exploração de mulheres na Europa

A polícia espanhola anunciou este sábado que deteve 18 pessoas suspeitas de pertencerem a uma rede nigeriana de exploração sexual de mulheres, que atuava em Espanha, Itália, Alemanha e Bélgica. Com estas detenções, que ocorreram em …

-

Portugueses criam dispositivo que ajuda a superar medo de andar de avião

Um dispositivo médico de realidade virtual que auxilia os utilizadores a superar o medo de andar de avião está a ser desenvolvido por especialistas apoiados pelo Instituto de Investigação e Inovação em Saúde da Universidade …

herminioloureiro

Escutas tramam Hermínio Loureiro suspeito de "dar" 23 milhões em ajustes directos

Hermínio Loureiro, ex-presidente da Câmara de Oliveira de Azeméis e ex-presidente da Liga de Clubes, foi ouvido durante mais de 8 horas, no âmbito do processo de corrupção que terá sido despoletado por escutas telefónicas. O …

Leonor Poeiras e Iva Domingues no "Somos Portugal" da TVI

Altice prepara-se para comprar a TVI

O Grupo espanhol Prisa está em negociações "avançadas" com a Altice para a venda da TVI e o negócio pode consumar-se ainda neste Verão. O Governo já está a par do processo. Este cenário é avançado …