Suíços baixam tarifas dos transportes públicos para evitar emissões CO2

-

As autoridades regionais da Suíça vão reduzir temporariamente as tarifas dos autocarros e comboios ao sábado para incentivar as pessoas a deixarem os carros em casa e contribuir para a redução dos níveis de poluição, segundo a AFP.

Em Genebra, todos os transportes públicos estavam disponíveis a preços reduzidos, anunciou o departamento regional do Ambiente, acrescentando que os preços mais baixos vão continuar até que os níveis de ozono voltem ao normal.

“Considerando o pico de emissões de CO2, os condutores de automóveis e de motos em toda a Genebra são convidados a escolher o transporte público e beneficiar de taxas reduzidas”, disse num comunicado.

A medida, que visa reduzir a poluição, significa que um bilhete de autocarro ou comboio na cidade suíça custe 2,0 francos suíços (1,90 euros) em vez de três.

Na vizinha Vaud e Valais, onde os níveis de ozono também têm sido invulgarmente elevados, as autoridades decidiram também oferecer um desconto na compra de passes de comboio.

A Suíça, como uma série de outros países europeus, tem nos últimos dias enfrentado uma onda de calor escaldante, com temperaturas de até 38 graus.

O calor está a impulsionar um aumento da poluição, com níveis de solo de CO2 perigosos para a saúde e a subir bem acima da média normal, de 120 microgramas por metro cúbico em várias regiões da Suíça, alcançando os 260 no sul.

Salientando que o ozono pode causar problemas respiratórios e provocar ataques de asma, as autoridades regionais também alertaram para os suíços o tabagismo e para a necessidade de se conterem nos desportos e outras atividades físicas intensas ao ar livre.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Medidas como esta justificam uma presença forte do Estado em alguns setores estratégicos da economia (o que não significa que o setor privado não opere nesses setores) porque, por vezes, erguem-se valores mais altos que ultrapassam a mera lógica do mercado e a que teremos de estar atentos.

  2. A Suíça, com todo o dinheiro e ouro “sujos” que tem/lavam, até podia ter tudo grátis…
    Enquanto existirem países assim, é difícil o mundo melhorar!!

RESPONDER

Não há democracia na Coreia do Norte? "É uma opinião", diz Jerónimo

Jerónimo de Sousa evitou classificar o regime de Kim Jong-un em termos "de ser ou não ser" uma democracia. A Coreia do Norte é ou não uma democracia? "É uma opinião", respondeu Jerónimo de Sousa. Numa …

Afinal, o esparguete à bolonhesa não existe

Quando se trata de refeições italianas clássicas, a maioria das pessoas pensa em pratos simples como uma pizza Margherita, lasanha e esparguete à bolonhesa. Contudo, segundo Virginio Merola, presidente de Bolonha, em Itália, o esparguete à bolonhesa …

Javalis tomaram o lugar dos coelhos. "Muitos animais estão doentes"

Para já, não há perigo de saúde pública, mas os javalis carregam doenças que podem passar a outros animais. Se antes se matavam mil coelhos, abatem-se agora 10 javalis. Jacinto Amaro, presidente da Fencaça - Federação …

Maduro prepara reestruturação do Governo venezuelano

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, pediu aos ministros do seu Governo que ponham os seus cargos à disposição, a fim de impulsionar uma "reestruturação profunda" do Executivo. O anúncio foi feito este domingo através do …

"Cojones" de Ronaldo valem-lhe processo disciplinar da UEFA

A UEFA abriu um processo disciplinar a Cristiano Ronaldo pelo seu festejo na vitória por 3-0 frente ao Atlético Madrid. O gesto ousado do português após marcar o terceiro golo na partida foi uma resposta …

Olimpíadas de Tóquio terão robôs a ajudar pessoas em cadeira de rodas

As Olimpíadas de Tóquio, que decorrem em 2020, podem vir a ficar conhecidas como os "Jogos dos Robôs", devido aos robôs que serão usados ​​no novo Estádio Nacional para ajudar os apoiantes em cadeiras de …

Banco de Portugal quer obrigar bancos a reduzir custos de transferências imediatas

O Banco de Portugal quer que a banca implemente práticas que reduzam o preço das transferências imediatas, de forma a aumentar a sua adoção. Estas são transações monetárias de uma conta para outra, efetuadas num …

Holanda investiga morte de milhares de doentes mentais na II Guerra Mundial

A Holanda vai investigar as circunstâncias em que milhares de pessoas com incapacidades e doenças mentais morreram nos hospitais psiquiátricos do país na II Guerra Mundial, um número que é desconhecido, divulgou a imprensa local. "Não …

Roubo, sequestro e violação. PJ descortinou 210 crimes inventados nos últimos cinco anos

Nos últimos cinco anos, a Polícia Judiciária descortinou que 210 investigações lançadas após denúncias de alegados lesados eram, na verdade, invenções. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia, os delitos mais …

Número de mortos pela passagem do ciclone Idai por África aumentou para 200

O número de vítimas mortais devido à passagem do ciclone Idai por Moçambique, Zimbabué e Malaui subiu para 200, de acordo com dados divulgados este domingo pela Organização das Nações Unidas (ONU). No Zimbabué, o número …