Suécia acusada de negar cuidados básicos a migrantes da União Europeia

As autoridades suecas estão a recusar “deliberadamente” acesso a cuidados básicos a milhares de migrantes da União Europeia em situação vulnerável, na maioria de etnia cigana.

A denúncia foi feita através de um relatório da organização Amnistia Internacional. Migrantes de etnia cigana, os roma, e outros “cidadãos vulneráveis” e marginalizados da União Europeia enfrentam, na Suécia, “obstáculos intransponíveis” para ter acesso a habitação e cuidados de saúde.

A AI entende que tal configura uma violação dos direitos humanos, que a Suécia tem “obrigação de respeitar em relação a todas as pessoas que vivem no país”.

“A dormir em tendas, carros ou acampamentos temporários nos arredores das cidades, milhares de roma na Suécia vivem numa luta diária por comida, condições de higiene e cuidados de saúde. No inverno, quando as temperaturas descem, torna-se numa batalha pela sobrevivência”, disse Fotis Filippou, subdiretor da Amnistia Internacional para a Europa, citado pelo JN.

A organização denuncia ainda perseguições e tratamento discriminatório por parte da polícia, considerando que o falhanço das autoridades suecas em reconhecer os direitos dos migrantes e em responder às suas necessidades básicas “revela preconceito generalizado” em relação aos ciganos e que a discriminação e o racismo “persistem na Europa”.

O relatório baseia-se em 58 entrevistas com migrantes da Roménia, na maioria de etnia cigana, e em dados de inúmeras organizações da sociedade civil e de serviços oficiais de todo o país. As autoridades estimam que existem 4.700 pessoas na Suécia classificadas como cidadãos vulneráveis, na sua maioria roma.

O governo sueco obriga os migrantes sem abrigo a sair do país após três meses de permanência. Durante este período têm acesso muito limitado a apoios sociais e apenas os países de origem devem ser responsabilizados pelas violações de direitos humanos mesmo que ocorram em território da Suécia.

As legislações europeia e sueca permitem que os cidadãos europeus fiquem na Suécia durante três meses desde que tenham um cartão de identificação válido, no entanto a investigação da AI concluiu que muitos ficam muito mais tempo, fazendo visitas ocasionais aos países de origem.

Vários migrantes sem abrigo disseram que vivem sem água, saneamento ou eletricidade em abrigos de madeira ou debaixo de pontes.

Em Estocolmo, os migrantes são sujeitos a tratamento intimidatório e ao uso desproporcionado da força por parte da polícia, com mulheres a queixarem-se de serem mudadas de lugar para lugar e deixadas, muitas vezes, abandonadas fora da cidade. A polícia confirmou a prática, alegando que as mulheres perturbam a ordem pública.

O relatório assinala, por outro lado, que esta política muda em algumas cidades, com boas práticas de proteção dos direitos dos migrantes. Nas cidades de Lund e Gotland existem abrigos que permitem a estas pessoas ficarem por períodos mais longos.

“As pessoas são forçadas a viver em condições degradantes durante anos, baseado na justificação de que são temporários e o Estado não tem obrigações para com eles. Mas é possível uma abordagem mais humana e acolhedora”, defendeu Johanna Westeson, assessora jurídica da Amnistia Internacional na Suécia.

Para esta responsável, as autoridades suecas devem redobrar os esforços para acabar com a discriminação contra os roma e honrar as suas obrigações legais para assegurar que todos os migrantes indigentes da UE tenham acesso a abrigo, água, serviços sanitários e cuidados médicos”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Mais seis mortos nos protestos em Myanmar. Embaixador na ONU afastado

Seis manifestantes foram mortos em Myanmar, este domingo, por forças de segurança que dispersavam com violência as manifestações pró-democracia. Três manifestantes foram mortos em Dawei (no sul do país), enquanto dois adolescentes, de 18 anos, morreram …

Siza Vieira anuncia que Programa Apoiar vai ser reforçado e alargado

O programa Apoiar, destinado a empresas afetadas pela pandemia da covid-19, vai ser reforçado e alargado a novas situações, anunciou o ministro da Economia, indicando que as medidas vão ser anunciadas na próxima semana. "Queremos reforçar …

Embaixadora deixa Venezuela na terça-feira. UE chama embaixador em Cuba

A embaixadora da União Europeia na Venezuela vai sair do país na terça-feira, informou à agência Lusa fonte diplomática europeia, sem adiantar mais detalhes. Na última quarta-feira, a Venezuela decidiu expulsar Isabel Brilhante Pedrosa, em retaliação …

EUA aprovam vacina unidose da Johnson & Johnson. Nova Zelândia volta ao confinamento

O regulador do medicamento norte-americano aprovou, este sábado, a vacina contra a covid-19 da Johnson & Johnson, a terceira autorizada nos Estados Unidos. A vacina em causa da Johnson & Johnson é de dose única e junta-se …

Estes traços psicológicos podem ajudar a identificar pessoas vulneráveis ao extremismo

As características dos cérebros das pessoas podem oferecer pistas sobre as suas crenças políticas, sugere um novo estudo científico. Num estudo com cerca de 350 cidadãos norte-americanos, uma equipa de investigadores examinou a relação entre as …

Fóssil de lula vampiro perdido durante a Revolução Húngara foi redescoberto

Em 2019, uma equipa de investigadores encontrou o fóssil que estava perdido nas coleções do Museu de História Natural da Hungria, enquanto procurava fósseis de ancestrais de chocos. Contudo, o fóssil foi descoberto originalmente em 1942 …

Após escalada de suicídios, Japão nomeia Ministro da Solidão

O Japão nomeou um Ministro da Solidão após um recente aumento no número de suicídios, exacerbado pela crise provocada pela pandemia de covid-19. Estudos recentes mostraram que o Japão tem altos níveis de isolamento social, em …

Grande carruagem cerimonial descoberta quase intacta em Pompeia

Uma grande carruagem cerimonial de quatro rodas, com elementos de ferro, decorações de bronze e estanho, restos de madeira mineralizada e vestígios de elementos orgânicos, como cordas, foi encontrada quase intacta na área arqueológica de …

FC Porto 0-0 Sporting | Nulo com sabor a vitória para o "leão"

O “clássico” do Dragão, entre FC Porto e Sporting, terminou sem golos, sem grande futebol, e com um “leão” cada vez mais perto do título, apesar de ainda faltar muito campeonato.  A igualdade permite à formação …

Adolesceste entusiasta por pirotecnia construiu o seu próprio simulador profissional de fogos de artifício

O FWsim foi lançado pela primeira vez em 2010 como um software de planeamento de fogos de artifício, voltado para profissionais de pirotecnia e entusiastas de fogos de artifício. Em 2006, conta o Vice, Lukas Trötzmüller …