Sporting 1-0 Aberdeen | “Leão” eficaz segue para o play-off

José Sena Goulão / EPA

O Sporting foi eficaz e assegurou uma vaga no “play-off” de acesso à fase de grupos da Liga Europa.

Na noite desta quinta-feira, num embate relativo à 3ª pré-eliminatória da competição, os “leões” bateram o Aberdeen por 1-0, graças a um golo madrugador apontado pelo jovem Tiago Tomás. Na próxima ronda, haverá um reencontro com o LASK, que cilindrou os eslovacos do DAC por 7-0.

O jogo explicado em números

  • No primeiro “onze” oficial dos “leões” esta época, 61 dias após o dérbi da última jornada do campeonato ante o Benfica (1-2) no Estádio da Luz, Rúben Amorim escolheu três reforços, a saber: Adán, que ganhou a corrida a Max, Feddal, que ocupou a vaga do habitual titular, o jovem Eduardo Quaresma (a recuperar da Covid-19), e Pedro Porro em detrimento de Ristovski. Destaque, ainda, para Sporar que não foi opção inicial, num ataque móvel que contou com Tiago Tomás, Vietto e Jovane Cabral.
  • No primeiro remate da partida, o primeiro golo. Eficácia suprema dos “leões”, que abriram a contagem logo à passagem do minuto 10: Vietto assistiu Tiago Tomás e este rematou de primeira e não falhou a ocasião. O dianteiro tornou-se no jogador mais jovem de sempre – 18 anos, três meses e nove dias – a marcar no jogo de estreia pelo conjunto de Alvalade nas provas da UEFA.
  • O Aberdeen respondeu e ficou próximo do empate aos 14 minutos, quando McGeouch cruzou e por muito pouco não surpreendeu Adán, que atento defendeu para canto. Nesta fase, os “leões” tinham 74% da posse de bola, eficácia de 93% nos 109 passes trocados, face aos parcos 31 dos escoceses.
  • Tentando abrandar o ritmo de jogo sempre que foi possível, o Sporting ia controlando os ímpetos do adversário, que apenas ameaçava através de bola parada ou abusando dos cruzamentos – oito aos 39 minutos –, que quase nunca tinham correspondência. No segundo remate enquadrado da equipa, ao minuto 40, Jovane Cabral quase ampliava a vantagem, valendo nesta situação a rápida intervenção do guarda-redes Lewis. Dois minutos volvidos, o camisola 77 voltou a tentar a sorte, mas desta vez o tiro saiu descalibrado e por cima do alvo.

Intervalo No final da primeira metade, a vantagem era leonina e tudo graças a um remate certeiro do jovem Tiago Tomás. A partir daí, o Sporting foi gerindo a vantagem e só a espaços o Aberdeen, que chegou a Lisboa com oito jogos nas pernas, tentou aumentar a velocidade, mas sem sucesso e demonstrando muitas limitações no seu processo, usando e abusando do jogo directo, dos passes em profundidade e das bolas paradas, a principal arma em termos ofensivos. Tiago Tomás, com um GoalPoint Rating de 6.0, era o MVP e os números premiavam o avançado: um remate certeiro, foi 100% eficaz no capítulo do passe – oito tentados e oito certos -, 12 acções com a bola e uma falta sofrida.

  • No recomeço, apenas aos 56 minutos houve uma jogada de registo. Pedro Porro cruzou com as coordenadas certas, Tiago Tomás, sem marcação na grande área, cabeceou e desperdiçou por poucos centímetros soberana ocasião para aumentar a vantagem e bisar. Foi o primeiro remate da etapa complementar e o sexto do Sporting na partida.
  • Aos 80, o capitão Coates esticou-se e travou para canto o remate de Hedges. O Aberdeen subia as linhas e apostava todas as suas armas em busca do empate. A equipa portuguesa, com menos fulgor, ia valorizando a posse de bola, tinha 584 passes trocados e uma eficácia de 88%, contra os 95 (68%) do emblema visitante.
  • A três minutos dos 90, Hedges voltou a assustar. O avançado dos escoceses aproveitou uma desatenção do Sporting, dominou o esférico, disparou um míssil e falhou o alvo por muito pouco. Valente susto para os “leões”, que já não tinham forças para “ferir” a baliza adversária. Pouco depois, Coates voltou a ser lesto e impediu que a bola chegasse à cabeça de Edmondson.
  • Após o sufoco final, o Sporting, que se apresentou sem nove jogadores e o treinador Rúben Amorim – todos em quarentena -, conseguiu aguentar o sprint final do conjunto escoceses e deu um passo importante tendo em vista a fase de grupos da Liga Europa.

O melhor em campo GoalPoint

Estreia auspiciosa do lateral-direito espanhol. Emprestado pelo Manchester City, Pedro Porro foi o elemento em destaque na partida desta quinta-feira e o melhor jogador com um GoalPoint Rating de 6.6. Seguro no processo defensivo, mostrou-se acutilante nas acções atacantes e registou uma ocasião flagrante criada em três passes para finalização, quatro progressivos certos, dez cruzamentos, dois duelos aéreos defensivos ganhos em cinco, dez recuperações da posse e ainda bloqueou quatro passes/cruzamentos contrários.

Jogadores em foco

  • Coates 6.4 – O verdadeiro “patrão”. Foi o esteio da equipa e não tremeu na fase de maior ascendente do Aberdeen. Perdeu apenas um dos cinco duelos aéreos defensivos que protagonizou, contabilizou cinco recuperações da posse e outros tantos alívios. De realçar, ainda, os 94% de eficácia de passe, entre os quais 12 longos certos em 14.
  • Vietto 6.14 – O argentino foi o homem mais adiantado do conjunto lisboeta. Foi dele a assistência para o golo de Tiago Tomás e no registo ficaram ainda três passes para finalização e quatro faltas sofridas.
  • Tiago Tomás 5.7 – Estreia nas competições europeias para mais tarde recordar. Herói da noite, o avançado foi letal na hora H: dois remates e um golo. Juntou ainda 21 acções com a bola, duas das quais na área contrária.
  • Adán 5.7 – Um dos estreantes da noite. No primeiro teste da época, parece ter ganho vantagem face à concorrência de Max. Na única vez que foi testado, respondeu com uma defesa atenta, acertou todos os 14 passes que fez.
  • Feddal 6.0 – Outro dos estreantes do dia. O central marroquino não comprometeu, apesar de ter demonstrado alguma precipitação no capítulo do passe – dez falhados em 79 feitos, mas foi intransponível nos quatro duelos aéreos defensivos que protagonizou. Na frente criou uma ocasião flagrante.
  • Jovane Cabral 4.3 – Exibição pouco feliz da nova coqueluche de Alvalade. Apesar de ter enquadrado dois de quatro remates, acabou por desperdiçar duas ocasiões flagrantes de golo e nem os 92% de eficácia de passe e os dois dribles certos em quatro lhe salvam a nota..
  • Ash Taylor 6.0 – Foi o melhor jogador do Aberdeen em cena. O central esteve imparável nos duelos aéreos, tendo ganhos os três defensivos em que participou e cinco dos sete ofensivos. E ainda somou cinco alívios..

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Aminoácido produzido no cérebro pode prevenir ataques epiléticos

Uma equipa de investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade da Florida descobriu que um aminoácido produzido pelo cérebro pode desempenhar um papel crucial na prevenção de um tipo de ataque epilético. As crises epiléticas do …

Ir à escola, viajar e assistir a espetáculos. As exceções à proibição de circulação entre concelhos

No final do último Conselho de Ministros, na semana passada, o Governo anunciou a proibição de circulação entre concelhos entre as 0h de 30 de outubro e as 6h de 3 de novembro, englobando o …

País Basco em confinamento, Bélgica quer transferir doentes para os Países Baixos e França "perdeu o controlo"

Numa altura em que a Europa volta a ser epicentro da pandemia de covid-19, o País Basco decretou o confinamento da população e França considera impor a mesma medida. Com falta de camas, Bélgica pediu …

"Dia histórico". Senado confirma nomeação de Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal dos EUA

O Senado norte-americano confirmou segunda-feira à noite a juíza Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal dos Estados Unidos, o que representa uma vitória política para o Presidente Donald Trump a poucos dias das eleições …

Os olhos das corujas podem ter uma "lente" que melhora a visão noturna

As corujas capturam as suas presas durante a noite. Uma nova investigação sugere que há algo de especial na forma como as moléculas de ADN nos olhos das corujas estão acondicionadas, uma característica que lhes …

Os extraterrestres podem estar a observar-nos à distância (em mais de 1.000 estrelas diferentes)

Da mesma forma que nós, da Terra, já detetámos vários milhares de planetas ao redor de outras estrelas, uma hipotética civilização alienígena poderia ter detetado a nossa presença. Mas de que posições no Espaço isso seria …

Afinal, o buraco negro mais próximo da Terra pode não ser um buraco negro

Um objeto identificado no início deste ano como o buraco negro mais próximo da Terra pode, afinal, não o ser. Depois de reanalisar os dados, diferentes equipas de cientistas concluíram que o sistema HR 6819 …

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …