Síndrome de Lázaro: os estranhos casos de vida após a morte

A ideia de voltar à vida depois de, aparentemente, morrer não é necessariamente um assunto de mitos e lendas urbanas. O síndrome de Lázaro, documentado em dezenas de estudos, foi assim batizado em homenagem a um milagre no Novo Testamento, em que Jesus ressuscita Lázaro de Betânia 4 dias após a sua morte. 

De acordo com o IFL Science, o síndrome de Lázaro refere-se a um evento em que uma pessoa sofre uma paragem cardíaca e o coração é “reiniciado” espontaneamente pouco tempo depois.

Um estudo de 2020 passou a pente fino toda a literatura médica conhecida sobre este fenómeno e conseguiu encontrar 65 pacientes que tinham experimentado esta “ressuscitação automática” entre 1982 e 2018. Dezoito dessas pessoas (28%) conseguiram recuperar completamente.



O relato de um caso médico, de 2001, conta a história de um homem, de 66 anos, que teve uma paragem cardíaca com suspeita de derrame no aneurisma da aorta abdominal.

Depois de ter dado entrada no hospital, os médicos tentaram ressuscitá-lo durante 17 minutos, recorrendo a compressões torácicas e choques de desfibrilação. O homem não resistiu e acabou por ser declarado morto.

O ventilador foi desligado, mas o cirurgião permaneceu na sala com o paciente, aproveitando a oportunidade para dar uma aula a um grupo de alunos de Medicina.

Dez minutos depois, o médico sentiu a pulsação do paciente e chegou à conclusão de que o batimento cardíaco tinha sido retomado. O aneurisma foi tratado e o homem recuperou totalmente.

O síndrome de Lázaro levanta algumas questões fundamentais sobre as definições de morte. Na lei dos Estados Unidos, a morte é definida como “um indivíduo que sofreu interrupção irreversível das funções circulatórias e respiratórias ou interrupção irreversível de todas as funções do cérebro”.

Definir a morte costuma ser um método infalível, mas a cessação irreversível do coração nem sempre é cristalina. Às vezes, pode parecer que parou, apenas para regressar espontaneamente à vida.

No início deste ano, um estudo sublinhou que a morte pode ser um processo lento e errante.

Os cientistas analisaram os sinais vitais de mais de 600 pacientes gravemente doentes enquanto estavam a ser retirados do suporte vital. As conclusões revelaram que o coração pode parar e reiniciar várias vezes durante o processo, antes de parar totalmente para sempre.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

É agora possível os robôs mexerem-se sozinhos, graças a novos polímeros de alta energia

Através do uso de novos polímeros que armazenam mais energia e são depois aquecidos, investigadores da Universidade de Stanford conseguiram colocar manequins a mexer os braços sozinhos. Era ver robots a mexer os braços sozinhos, pelo …

"Poço do Inferno". Espeleólogos encontram serpentes, mas não demónios

No deserto da província de Al-Mahra, no leste do país, um buraco redondo e escuro de 30 metros de largura serve de entrada para uma caverna de cerca de 112 metros. Uma maravilha natural que …

Vitória SC 1-3 Benfica | “Águia” passa tranquila em Guimarães e continua a voar no topo

Naquele que era apontado como o mais duro teste à sua liderança até ao momento, o Benfica passou com relativa tranquilidade em Guimarães. Frente a um Vitória que tentou discutir o jogo de igual para igual …

Fazer umas calças de ganga exige 10 mil litros de água. Dez marcas estão a criar jeans sustentáveis

As calças de ganga são das peças de vestuário com piores impactos para o ambiente, mas há marcas que estão a apostar na sustentabilidade como um factor atractivo para os consumidores. Estão sempre na moda e …

"Guerra das matrículas" faz escalar tensão entre Sérvia e Kosovo

Esta semana, a fronteira entre o norte do Kosovo e a Sérvia esteve bloqueada por protestos de elementos da etnia sérvia, que não aceitam a decisão do governo kosovar, de etnia albanesa, de proibir a …

Num golpe de "fake it until you make it", Hong Kong vai a eleições a saber o vencedor

Hong Kong prepara-se para as primeiras eleições legislativas após as mudanças no sistema eleitoral implementadas pela China para garantir a vitória dos seus aliados. Aos olhares mais desatentos, as eleições em Hong Kong são mais um …

Stefano Pioli propõe regra de basquetebol que contribui para um "futebol de ataque"

O treinador do Milan, Stefano Pioli, propõe uma alteração nas regras do futebol que promete revolucionar o desporto rei. De forma semelhante ao basquetebol, uma vez dentro do meio campo adversário, as equipas não poderiam voltar …

Um dos maiores sites de dados sobre a covid-19 na Austrália é, afinal, gerido por adolescentes

Aproveitando o momento em que passaram a integrar as estatísticas que os próprios fazem chegar diariamente à população australiana, o grupo de três jovens revelou a sua identidade para surpresa de muitos dos seus seguidores. …

Mais cinco mortes e 713 casos confirmados em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais cinco mortes e 713 casos confirmados de covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este sábado registaram-se mais cinco mortes e 713 novos casos …

Dirigente da Huawei detida no Canadá pode voltar à China após acordo com EUA

A justiça dos EUA aceitou hoje o acordo entre o Departamento da Justiça e a Huawei, que vai permitir à filha do fundador e diretora financeira do conglomerado chinês de telecomunicações regressar à China. Uma juíza …