Seleção feminina de Portugal pela primeira vez num Europeu

Portugal fez história no futebol feminino, ao qualificar-se pela primeira vez para a fase final de uma grande competição, o Europeu de 2017, graças a um sofrido empate a um em Cluj, na Roménia.

Um golo de Andreia Norton, sobre o final da primeira parte do prolongamento, aos 105+1 minutos, foi determinante para o apuramento do ‘onze’ de Francisco Neto, de nada valendo às romenas o tento de Laura Rus, aos 111.

A formação das ‘quinas’ passou graças ao desempate por golos fora, após o 0-0 no Restelo, transformando ainda em mais lendário o ano de 2016 para o futebol português, depois do título da seleção masculina, no Europeu de França.

O encontro foi complicado e sofrido até final, mas Portugal criou mais e melhores oportunidades e, também pelo que fez em Lisboa, onde desperdiçou uma grande penalidade, justificou em pleno o histórico apuramento.

Além de Andreia Norton, pelo histórico golo do apuramento, destaque na formação lusa para todo o setor defensivo, em especial as centrais Sílvia Rebelo e Carole Costa, mais a guarda-redes Patrícia Morais e a ‘trinco’ Dolores Silva.

Com o mesmo ‘onze’ do jogo da primeira mão, a formação portuguesa foi a primeira a ameaçar a baliza contrária, num livre sobre a direita de Cláudia Neto, que Ficzay cortou, colocando a bola nas mãos da guarda-redes Paraluta.

Cláudia Neto voltou a tentar aos nove minutos e, aos 12, Portugal teve a primeira grande oportunidade, numa jogada na direita entre Matilde Fidalgo e Ana Leite, que centrou atrasado para o calcanhar de Carolina Mendes, à figura.

Apesar de mais perigoso, Portugal nunca dominou o encontro, mas raramente passou por grandes dificuldades na primeira parte, com exceção de uma jogada aos 21 minutos, em que Giurgiu centrou para o cabeceamento falhado de Bortan.

Para a segunda parte, Francisco Neto fez entrar Fátima Pinto para o lado esquerdo da defesa, fazendo subir Ana Borges para o lado direito do ataque e retirando Amanda da Costa.

A equipa lusa não denotou melhoras, ao contrário da Roménia, que quase marcou aos 56 minutos: Voicu isolou Lunca, a maior ‘dor de cabeça’ para a defesa lusa, valendo Patrícia Morais, que também deteve a recarga, um ‘chapéu’, de Voicu.

As romenas estavam por cima, mas, apesar dos raides de Lunca, tinham dificuldades em criar grande perigo, tal como Portugal, que só voltou a tentar aos 83 minutos, num remate de Andreia Norton, a última aposta de Francisco Neto.

Na parte final, a Roménia pressionou mais, mas Carole Costa fez um corte precioso (86 minutos), Rus cabeceou ao lado (87) e para a defesa fácil de Patrícia Morais (90+1) e um centro/remate de Lunca (90) bateu na barra.

A melhor ocasião foi, no entanto, de Portugal, na penúltima jogada do tempo regulamentar, aos 90+3 minutos: Diana Silva, a segunda jogadora a ser lançada pelo selecionador luso, furou pela esquerda e serviu Ana Borges, mas, milagrosamente, a ‘capitã’ Olar salvou as romenas, cedendo canto.

Havristiuc foi a primeira a criar perigo no prolongamento, num cabeceamento após um canto, aos 91 minutos, com Cláudia Neto a responder de livre, aos 102.

Aos 103 minutos, um novo centro/remate de Lunca assustou, caindo novamente em cima da barra, mas, na resposta, já nos descontos da primeira parte, aos 105+1, foi a formação das ‘quinas’ a chegar ao golo.

Cláudia Neto fez um passe para as costas da defesa romena, desmarcando, na direita, Ana Borges, que passou com classe por Ficzay, levantou a cabeça e tocou atrasado para Andreia Norton, cujo remate forte ainda encontrou Oprea, mas só parou no fundo das redes romenas.

Com dois tentos de vantagem, já que o empate a um servia, Portugal entrou a dominar a segunda parte do prolongamento, perante umas romenas a denotar nervosismo, mas, aos 111 minutos, Voicu colocou de cabeça a bola em Rus, que, na área, teve tempo para rodar e empatar o jogo.

A igualdade não afetou, no entanto, a seleção lusa, que até podia ter voltado ao comando do encontro, o que só não aconteceu porque Andreia Norte foi egoísta, aos 113 minutos, e falhou perante Paraluta, com Diana Silva isolada ao seu lado.

A ‘incansável’ Lunca ainda tentou um último remate, aos 118 minutos, mas Patrícia Morais encaixou a bola sem dificuldades e até final a equipa lusa já não passou por sobressaltos, com as jogadores lusas a festejarem, em lágrimas, o apuramento.

Futebol 365

PARTILHAR

RESPONDER

João Leão infetado com covid-19

João Leão, ministro das Finanças, testou positivo à covid-19. O governante encontra-se assintomático e em confinamento domiciliário. O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, testou positivo à covid-19. A informação foi adiantada este sábado …

Ricardo Salgado quer anular multa de 75 mil euros

A defesa de Ricardo Salgado recorreu ao Supremo Tribunal de Justiça para tentar anular uma decisão do Tribunal da Relação de Lisboa que confirmou uma multa de 75 mil do Banco de Portugal por causa …

Portugueses começam a votar nas Presidenciais este domingo. Há 246 mil inscritos

Os portugueses começam a votar já neste domingo, uma semana antes das eleições Presidenciais de 24 de janeiro, no chamado voto antecipado em mobilidade para que se inscreveram mais de 246 mil eleitores. As europeias e …

Maduro ofereceu oxigénio ao Amazonas (quando há venezuelanos a morrerem por falta dele)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ofereceu oxigénio hospitalar ao Estado do Amazonas, no Brasil, para ajudar a combater a falta deste gás devido ao elevado número de casos de covid-19. Uma generosidade que está …

Pior dia da pandemia. Portugal regista 10.947 infetados e 166 mortos em 24 horas

O boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) revela que, este sábado, Portugal atingiu dois recordes num só dia. Portugal voltou a registar um novo máximo este sábado, no dia dois do novo confinamento. Nas últimas …

Vírus duplica incidência em Espanha. Já provocou quase 2.500 mortos em 2021

Nos primeiros 15 dias de 2021, o número de infeções por covid-19 duplicaram em Espanha, com mais 300 mil novos contágios e 2.477 mortes, segundo números das autoridades sanitárias. Espanha começou o ano de 2021 com …

Apoio do Governo para pagar conta da luz em Janeiro não passa dos 2,40 euros por família

O apoio extraordinário que o Governo vai dar às famílias portuguesas para o pagamento da conta da luz, neste mês de Janeiro, devido ao confinamento e às temperaturas anormalmente baixas, é modesto. A verba máxima …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: um clássico que valia 14 pontos

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/fc-porto-1-1-benfica-o-musical-1 Chegámos.   Chegámos ao grande jogo do campeonato. Desta vez aparece no calendário só a meio de Janeiro, mas cá está ele. O grande jogo. "Ai não! Há Sporting, há Boavista, há Braga!". O Sporting e o …

Armin Laschet sucede a Angela Merkel na liderança da CDU

Este sábado, Armin Laschet foi eleito líder do partido alemão União Democrata-Cristã (CDU), depois de Angela Merkel ter abandonado o cargo, em setembro. Armin Laschet, chefe do governo da Renânia do Norte-Vestfália, é o novo líder …

"Não há vagas". Ambulâncias fazem fila à porta dos hospitais (até parece Itália em Março)

Os engarrafamentos de ambulâncias à entrada das urgências dos Hospitais de Torres Vedras e de Santa Maria, em Lisboa, ilustram a gravidade do que está a acontecer no Serviço Nacional de Saúde (SNS) com o …