Segurança Rodoviária perdeu o rasto a 1342 condutores perigosos

No ano passado, 2589 condutores cometeram contraordenações graves – excesso de velocidade, álcool e condução perigosa – aos quais foi dada a hipótese de frequentarem uma ação de formação para não entregarem a carta de condução.

Destes 2589 condutores, 1342 não fizeram uma coisa nem outra e continuam nas estradas, noticia o Diário de Notícias esta segunda-feira.

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) não tem explicações para este número de condutores, escreve o matutino, dando conta que na maioria dos casos, os condutores estão em incumprimento, embora alguns também possam estar a aguardar que seja marcada a data da formação.

Segundo apurou o diário, apenas 44 dos condutores que cometeram infrações graves em 2018 estão à espera de que seja marcada a ação de formação, a cargo da Prevenção Rodoviária Portuguesa (PRP), que forneceu os dados referentes ao ano passado.

O número de ações de formação tem também vindo a descer nos últimos anos, sem que exista um motivo. Se em 2013 eram 11.095 os inscritos em ações de formação, este número caiu para os 1605 em 2016 e em 2017 apenas 341 pessoas optaram pela inscrição no curso que lhes dá a hipótese de não perder a carta temporariamente.

No ano passado, só 1027 condutores escolheram frequentar a ação de formação.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Assunção Cristas ataca falhanços do Governo na saúde

A presidente do CDS-PP atacou, esta segunda-feira, os falhanços do Governo e visitou uma Unidade de Saúde Familiar (USF) em Lisboa para pedir contas à promessa de acabar com os centros de saúde em prédios …

Companhia aérea fez mais de 80 voos sem nenhum passageiro a bordo (e não se sabe porquê)

Um relatório revelou que a companhia aérea Pakistan International Airlines (PIA) fez mais de 80 voos sem ter nenhum passageiro a bordo. Estas operações aconteceram durante dois anos, desde 2016 até 2017, e as perda financeiras …

Rússia adere definitivamente ao acordo de Paris

A Rússia assinou, esta segunda-feira, uma resolução governamental que consagra a adesão definitiva ao Acordo de Paris sobre redução de emissões de gases com efeito de estufa, assinado por 195 países. "O primeiro-ministro russo, Dmitri Medvedev, …

"Roubaram-me os sonhos e a infância", acusa Greta Thunberg na Cimeira do Clima

A jovem ativista sueca criticou, esta segunda-feira, os líderes mundiais pela inação face às alterações climáticas e acusou-os de lhe roubarem os sonhos e a infância. "Como é que se atreveram? Vocês roubaram-me os sonhos e …

Jerónimo frisa que passes de transportes mais baratos foram obra da CDU

O secretário-geral comunista vincou o papel do PCP e "Os Verdes" na redução dos preços dos passes dos transportes públicos, numa sessão pública com trabalhadores das empresas do setor, na estação de comboios de Santa …

Morte de menina de oito anos com bala perdida revolta Brasil

A morte de Ágatha Félix, uma menina de oito anos atingida, alegadamente, por uma bala perdida da polícia do Rio de Janeiro, está a provocar indignação no Brasil. Ágatha Felix tinha oito anos e foi baleada …

Nós, Cidadãos! defende mudanças na escolha do PGR para combater corrupção

O presidente do partido Nós, Cidadãos! defende mudanças na escolha do Procurador-Geral da República, afirmando que boa parte dos 42 mil milhões de euros que a corrupção custou aos portugueses se deveu à inoperância desta …

"Estranhos sintomas" que afligiam diplomatas em Cuba podem ter sido causados por pesticidas

A misteriosa origem dos estranhos sintomas (entre eles, zumbidos, tonturas, náuseas, perdas de audição e de memória e outras dificuldades cognitivas) que afligiram diplomatas canadianos e norte-americanos em Cuba entre 2016 e 2018 dever-se-á a …

Testes rápidos ao VIH já podem ser feitos em casa

A partir da próxima semana vai ser possível comprar nas farmácias autotestes ao vírus da SIDA para fazer em casa. Os resultados demoram apenas 15 minutos. As farmácias portuguesas vão começar a vender, a partir da …

Polícia dispara balas de borracha sobre manifestantes em Hong Kong

A polícia disparou no domingo balas de borracha em confrontos com manifestantes pró-democracia, em Hong Kong, perto de um centro comercial no qual causaram distúrbios. Pelo décimo sexto fim de semana de mobilização, milhares de manifestantes …