/

Rui Bragança conquista medalha de ouro no taekwondo

Zurab Kurtsikidze / EPA

O português Rui Bragança levou uma medalha de ouro no Taekwondo, nos Jogos Europeus de Baku 2015

O português Rui Bragança levou uma medalha de ouro no Taekwondo, nos Jogos Europeus de Baku 2015

O ouro de Rui Bragança (-58 kg) no taekwondo e a prata de Fernando Pimenta em K1 5.000 elevaram esta terça-feira para cinco o número de medalhas de Portugal nos I Jogos Europeus, que decorrem no Azerbaijão.

Depois do ouro do ténis de mesa (Marcos Freitas, Tiago Apolónia e João Geraldo) e das pratas de João Silva no triatlo e Pimenta em K1 1.000, o canoísta e o lutador ampliaram o pecúlio luso em Baku, ocupando o 11º lugar do medalheiro.

A capital azeri é talismã para o vimaranense Rui Bragança, pois foi aqui que em 2014 se sagrou campeão da Europa e agora inscreveu o seu nome como o primeiro vencedor da categoria nos Jogos Europeus, depois de bater na final o espanhol Jesus Tortosa Cabrera, por 6-5.

Para chegar ao combate decisivo, o português, que também tinha sido vice-campeão do Mundo em 2011, ultrapassou o turco Gorkem Sezer, o sérvio Milos Gladovic e o belga Si Mohamed Ketbi.

Fernando Pimenta ficou a 183 milésimos do bronze no K4 vice-campeão da Europa e do Mundo em título, num quinto lugar juntamente com João Ribeiro, Emanuel Silva e David Fernandes, mas vingou-se na prova que encerrou a canoagem, com a prata nos 5.000.

O português cumpriu a prova em 20.11 e ficou a 10 segundos do vencedor, o imbatível alemão Max Hoff, o mais forte canoísta da atualidade e que já lhe tinha roubado o ouro nos 1.000 metros.

Participação portuguesa

Hélder Silva partiu mal – a largada é o seu forte – e já não foi a tempo de chegar ao pódio em C1 200, na qual foi quinto.

Teresa Portela foi apenas nona na final de K1 500 e, numa competição atípica para si, foi à final B dos 200, que venceu, ficando no 10º final.

O K2 200 de Joana Vasconcelos e Beatriz Gomes foi sexto.

No tiro com armas de caça, João Azevedo começa em 21º ao acertar 71 dos 75 tiros, enquanto José Bruno Faria é 25º, com menos um. Na quarta-feira tentam um lugar entre os 16 semifinalistas.

No ténis de mesa, Leila Oliveira recuperou de desvantagem 0-3 para 3-3, mas na negra perdeu para a húngara Madarasz Dora e assim foi afastada na primeira ronda de singulares. Fu Yu entra direta na segunda ronda.

Na luta livre, Vânia Guerreiro (-53 kg) deu seguimento ao fraco desempenho da modalidade perdendo com a ucraniana Liliya Horishna por 5-0 – dos cinco lutadores (livre e greco-romana), nem um triunfo em combates em Baku.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Futebol365 / Lusa

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.