Reino Unido. Nascida de uma violação, mulher quer encontrar o pai e levá-lo à Justiça

JSM / APAV

Uma norte-americana, que se apresenta apenas como Vicky, nasceu fruto de uma violação. A mãe, na altura com 13 anos, foi violada por um amigo da família, com 35. Entregue para adoção, quando chegou à maioridade descobriu a história e quer agora que o pai biológico seja julgado e condenado pelo crime.

Segundo noticiou o Expresso na terça-feira, Vicky (nome fictício usado para divulgar o caso) quer que o pai biológico seja julgado e condenado porque ela sabe que é uma prova de um crime que pode finalmente ser provado.

“Sempre achei errado que o meu pai biológico nunca tenha sido julgado. Só depois pensei: eu tenho a prova de ADN porque eu sou a prova de ADN. Eu sou uma cena de crime”, contou Vicky a um programa da BBC, intitulado Victoria Derbyshire.

Vicky nasceu em Birmingham, no Reino Unido, e foi adotada nos anos 70, aos sete meses. De acordo com o seu processo de adoção, a violação aconteceu quando a mãe foi a casa do pai, onde iria fazer de babysitter das crianças. Em sete partes diferentes dos papéis pode lê-se que houve uma violação. O facto de a vítima ter 13 anos na altura agrava o crime: além de violação passa também a estar em causa o crime de sexo com uma menor.

“Os documentos têm o nome dele e a morada, provam que os serviços sociais, a polícia e o pessoal médico sabiam do que aconteceu mas que ninguém fez nada. A minha mãe biológica é de uma família negra, da classe trabalhadora e não consigo parar de pensar que talvez estes comportamentos tenham algo que ver com isso”, apontou Vicky.

E acrescentou: “Quero justiça para a minha mãe. Quero justiça para mim. As consequências das escolhas dele moldaram toda a minha vida, e ele conseguiu escapar e viver toda a vida como queria”.

Vicky quer que o crime seja julgado sem vítima. Perante a Justiça, Vicky não é considerada vítima, só a sua mãe biológica o é. A mulher não quer avançar com a investigação, recusando envolver-se de alguma forma no processo.

“Em 2014, uma mulher [Vicky] pediu-nos para abrir uma investigação histórica. No entanto a alegada vítima não quer cooperar ou prestar qualquer depoimento”, disse ao Guardian Pete Henrick, da polícia de West Midlands.

“À luz destes acontecimentos, a mulher questionou-nos se ela poderia ser identificada como vítima do crime e se assim o processo poderia continuar. A legislação não a reconhece como vítima nestas circunstâncias: contámos à Procuradoria e aconselharam-nos a não avançar com o processo”, explicou. Mas Vicky não pretende parar.

Taísa Pagno TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Retoma da normalidade". Bruxelas propõe este mês livre-trânsito digital para vacinados e recuperados

A Comissão Europeia vai apresentar este mês uma proposta legislativa para criar um livre-trânsito digital que permita retomar as viagens em altura de pandemia de covid-19, comprovando a vacinação ou a recuperação dos cidadãos. A informação …

Noiva de Khashoggi pede "punição imediata" de Mohammed bin Salman

As declarações da noiva de Jamal Khashoggi surgem depois de as autoridades norte-americanas terem publicado um relatório em que Mohammed bin Salman é acusado de ter ordenado o assassínio do jornalista. Joe Biden está a ser …

Covax permite que países mais pobres comecem a receber a vacina (mas só garante 20% da vacinação)

A Covax visa fornecer vacinas contra a covid-19 a 20% da população de 200 países e territórios que estão incluídos no sistema através de um sistema de financiamento que permite a 92 economias de baixo …

Reino Unido vacinou 20 milhões com 1.ª dose. País deteta casos de variante de Manaus

O ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, anunciou no domingo que mais de 20 milhões de pessoas no Reino Unido já receberam a primeira dose da vacina contra covid-19. "Estou absolutamente encantado por informar que mais …

Famílias numerosas já podem pedir desconto no IVA da luz

As famílias com cinco ou mais elementos podem pedir a redução do IVA da eletricidade ao seu fornecedor a partir desta segunda-feira e têm de comprovar a sua condição de família numerosa. Em causa está a …

Netflix foi a grande vencedora da noite dos Globos de Ouro

  A 78.ª edição dos Globos de Ouro decorreu de forma virtual, com apresentação de Tina Fey e Amy Poehler e a participação de alguns dos laureados do ano passado. Os Globos de Ouro, prémios de cinema …

Portugal regista mais 34 óbitos e 394 novos casos. O menor número desde setembro

Portugal registou esta segunda-feira 394 novos casos de infeção por covid-19 e mais 34 mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde (DGS), nas …

Nicolas Sarkozy condenado a três anos de prisão por corrupção

Nicolas Sarkozy foi esta segunda-feira condenado a três anos de prisão por corrupção e tráfico de influências, tornando-se o segundo chefe de Estado condenado em França, após Jacques Chirac em 2011. O ex-Presidente francês foi condenado …

Câmara de Lisboa oferece viagem de táxi a idosos que vão tomar a vacina

Os residentes em Lisboa com mais de 80 anos ou 50 anos e patologias associadas podem deslocar-se gratuitamente de táxi para tomar a vacina contra a covid-19. Os custos da viagem são assumidos pela autarquia …

Liquidez é "abundante" mas "é preciso fazê-la chegar" à economia, diz Centeno

O governador do Banco de Portugal, Mário Centeno, indicou que a crise de 2008 e de 2020 não são comparáveis devido à abundância de dinheiro disponível e que há liquidez para travar o impacto económico, mas …