Quaresma: “Revejo-me no Rafa, porque eu voava no clube e raramente jogava na seleção”

2

O internacional português Ricardo Quaresma disse hoje compreender a decisão do compatriota Rafa Silva de renunciar à seleção portuguesa de futebol, uma vez que ponderou, em certa altura, seguir o mesmo caminho do jogador do Benfica.

“Não posso falar pelo Rafa. Se fosse eu, falava por mim. Só o Rafa pode explicar. Mas como eu já disse, entendo o Rafa. Quando estamos bem no clube, acreditamos que podemos chegar à seleção e jogar. Como ele disse, foi por motivos pessoais, depois o empresário disse que ele queria estar focado a 100% no Benfica. Acho que só o Rafa pode explicar isso da melhor maneira”, expressou Quaresma, à comunicação social, antes no início da gala Quinas de Ouro, na Cidade do Futebol, em Oeiras.

Na segunda-feira, Rafa, de 29 anos, pôs termo à sua carreira na seleção portuguesa, após 25 internacionalizações pela equipa principal, alegando “razões do foro pessoal”.

Contudo, o internacional pela equipa principal das ‘quinas’ em 80 ocasiões e campeão da Europa em 2016 confessou que se revê no compatriota e explicou porquê.

“Revejo-me [no Rafa] e até vos posso dizer que me passou isso pela cabeça. Quando estava no FC Porto, estava a voar e chegava a seleção e raramente jogava”, recordou.

“Não me vou alargar muito nisso porque, se eu falar aquilo que penso, vão levar-me a mal. Por isso, prefiro não meter-me nisso”, disse o futebolista.

Rafa, de 29 anos, conta 25 internacionalizações pela seleção principal, sem ter apontado qualquer golo. O extremo foi maioritariamente utilizado a partir do banco, somando uma média de 31 minutos por partida.

O avançado do Benfica estreou-se em 5 de março de 2014, em Leiria, numa vitória por 5-1 num jogo particular frente aos Camarões, sob o comando de Paulo Bento.

Por outro lado, o “momento complicado ou menos bom” vivido pelo ‘capitão’ da seleção Cristiano Ronaldo, que apenas conta com um golo marcado na presente temporada, também foi abordado por Quaresma.

“É algo que não me preocupa. Já passou por tanta coisa e conseguiu sempre dar a volta a momentos maus. Conheço-o bem e sei que vai voltar a ser aquilo que sempre nos habituou”, concluiu o extremo, que este mês completa 39 anos e que se encontra sem clube, depois de ter terminado contrato com o Vitória de Guimarães.

  ZAP // Lusa

2 Comments

  1. “Rafa, de 29 anos, conta 25 internacionalizações pela seleção principal, sem ter apontado qualquer golo.“

    Já que existe um detalhe tão grande no número de golos e de jogos (internacionalizações), podiam também detalhar o tempo total de jogo nessas internacionalizações?
    Existe uma diferença entre jogar 90 minutos numa internacionalização e apenas 5 minutos, ambos contam como internacionalização mas o tempo para marcar golo é completamente diferente …

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.