Putin considera que recusa de Kiev em fornecer gás à Ucrânia é “genocídio”

Sebastian Derungs / swiss-image.ch / World Economic Forum

Vladimir Putin, presidente da Rússia

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, classificou a recusa das autoridades ucranianas em fornecerem gás às regiões rebeldes do leste da Ucrânia como sendo “um genocídio”.

“Não chega terem fome, não chega a OSCE [Organização para a Segurança e Cooperação na Europa] ter constatado uma catástrofe humanitária na zona, ainda cortam o gás (…) isso já parece um genocídio”, afirmou Putin, esta quarta-feira, numa conferência de imprensa com o homólogo cipriota, Nicos Anastasiades, transmitida pela televisão pública russa.

“Aparentemente alguns responsáveis da atual Ucrânia ignoram o que são as questões humanitárias e o humanismo”, considerou, ao sublinhar que cerca de quatro milhões vivem nas regiões rebeldes de Donetsk e Lugansk, no leste ucraniano.

Na semana passada, a companhia produtora de gás russa Gazprom começou a fornecer diretamente as zonas sob controlo dos rebeldes, alegando que Kiev tinha suspendido o fornecimento de gás.

Moscovo considera que estas entregas de gás fazem parte do contrato, concluído em outubro, entre a Gazprom e o grupo ucraniano Naftogaz e devem ser pagas por Kiev. A companhia ucraniana recusa esta posição, explicando não ter qualquer meio de controlo sobre o volume do gás fornecido, nem utilização.

Kiev recusa também fazer qualquer nova aquisição de gás, além das que já foram feitas, o que só será suficiente para os próximos “três ou quatro” dias, de acordo com Putin.

O acordo provisório, assinado em outubro para resolver o conflito relativo ao gás entre Moscovo e Kiev, prevê que a Ucrânia pague antecipadamente qualquer volume que pretenda consumir. Uma vez que a última compra esteja esgotada, as entregas russas de gás serão suspensas.

Putin disse esperar que “tais medidas extremas não sejam aplicadas e que o fornecimento de gás não seja interrompido”.

Os acordos de Minsk, de 12 de fevereiro, para a resolução do conflito ucraniano estabelecem que as autoridades ucranianas devem restabelecer a economia das regiões rebeldes do leste do país e, portanto, “devem garantir o aprovisionamento em recursos energéticos destas regiões”, lembrou o presidente russo.

/Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

Portugal já terá atingido o pico. Foi na terceira semana de novembro, segundo os peritos do Governo

Portugal já terá atingido o pico de novos casos da segunda vaga de covid-19, de acordo com os cálculos dos peritos consultados pelo Governo. Em declarações ao jornal Observador, engenheiro Carlos Antunes, da Faculdade de …

Benfica colheu um ponto na Escócia. O Rangers "não é uma equipazinha", diz Jesus

O Benfica empatou a dois golos em casa do Rangers, na quarta jornada do Grupo D da Liga Europa, e ficou a uma vitória de seguir para os 16 avos de final. Arfield (7 minutos) e …

Reformas antecipadas sofrem corte de 15,5% em 2021

O valor das pensões antecipadas pedidas no próximo ano terá um corte superior ao que está a ser aplicado em 2020: 15,5%. Os trabalhadores que se reformem antecipadamente em 2021 terão uma penalização de 15,5% na …

Templo de Esna foi restaurado ao fim de 2000 anos (e surpreendeu com misteriosos segredos egípcios)

Descoberto há cerca de 200 anos, o antigo templo egípcio de Esna guardava segredos há mais de 2000 anos. Agora esses segredos foram revelados graças a um projeto de restauração iniciado em 2018, onde foram …

Trabalhadores essenciais vão ter folgas e mais 50% de salário se trabalharem nas vésperas de feriado

Os trabalhadores essenciais da Função Pública que tiverem de trabalhar nos dias 30 de novembro e 1 de dezembro vão ter direito a uma ou duas folgas e vão receber um aumento de 50% do …

"Idiotice criminosa". Agente diz que Maradona não teve assistência médica adequada

Matías Morla, agente e advogado de Diego Maradona, afirmou esta quinta-feira que o ex-futebolista, que morreu na quarta-feira, não teve assistência médica adequada e vai pedir que essa questão seja "investigada até às últimas consequências". "É …

Medidas endurecem: proibido circular entre concelhos das 23h de hoje às 5h de quarta-feira

A circulação entre concelhos no território continental é proibida entre as 23h00 desta sexta-feira e as 05h00 de quarta-feira nos concelhos de risco, existindo 10 exceções para a medida prevista no estado de emergência, decretado …

Dieta sem carne associada a risco acrescido de partir ossos

Um novo estudo revela que pessoas com dietas que não envolvem o consumo de carne, como vegetarianos e veganos, correm um maior risco de partir ossos, nomeadamente ancas. Este efeito pode derivar da falta de cálcio …

Do CDS à Madeira, Costa tentou de tudo. Mas as transferências para o Novo Banco foram uma batalha perdida

Entre a noite de quarta e a manhã de quinta-feira, António Costa tentou de tudo: desde sensibilizar o líder centrista Francisco Rodrigues dos Santos ao uso dos benefícios fiscais da Zona Franca da Madeira para …

Task force já definiu quem vai receber a vacina primeiro. Idosos com mais de 75 anos excluídos

A comissão técnica independente de vacinação nomeada pela Direção-Geral da Saúde (DGS) já concluiu o documento que define os grupos prioritários para a vacina da covid-19. A SIC avançou na quinta-feira à noite que, de acordo …