Prostituta de luxo acusada de homicídio de executivo da Google

Um tribunal superior em Santa Cruz, EUA, acusou esta quinta-feira uma prostituta de luxo pela morte de um executivo da Google, com uma dose letal de heroína, e de fugir do seu iate na Califórnia.

A arguida, Alix Catherine Tichleman, de 26 anos, ficou em prisão preventiva após ouvir a acusação criminal, que inclui os crimes de homicídio involuntário, prostituição, destruição de provas e posse de substância proibida, segundo o Tribunal Superior de Santa Cruz, na Califórnia, Estados Unidos da América (EUA).

A fiança ficou fixada em 1,5 milhões de dólares (1,1 milhões de euros) e a arguida deverá voltar a tribunal a 16 de julho para a sua próxima audição, segundo a agência noticiosa AFP.

Tichleman foi detida na sexta-feira pela polícia da cidade de Santa Cruz, que a identificou como a mulher filmada pelas câmaras de videovigilância do iate onde o executivo Forrest Hayes, de 51 anos, foi encontrado morto de overdose, em novembro passado.

O vídeo mostra Hayes a sofrer de “complicações médicas” e a perder os sentidos depois de ser injetado por Tichleman e mostra a seguir a prostituta a sair do local, em vez de tentar socorrer a vítima ou chamar os serviços de emergência, relatou a polícia.

“A senhora Tichleman trata de recolher os seus pertences, incluindo a heroína e as agulhas”, explicou a polícia em comunicado.

O vídeo, acrescenta o mesmo texto, mostra ainda a suspeita “a pisar o corpo da vítima várias vezes, enquanto passava para recolher os objetos”.

A certa altura, Tichleman pisa o corpo de Hayes para acabar um copo de vinho, adiantam os inspetores, que acrescentam que a prostituta ainda teve tempo de baixar as cortinas antes de sair do iate, para esconder a visualização da vítima.

O corpo de Hayes foi encontrado na manhã seguinte.

A mulher foi detida a 4 de julho num hotel de luxo, depois de os investigadores a atraírem sob pretexto de um encontro com um cliente rico.

Tichleman é uma acompanhante de luxo que teria uma “relação de prostituição de longo prazo” com Hayes, segundo a polícia.

Segundo o obituário publicado num jornal local, Hayes trabalhara em empresas tecnológicas como a Sun Microsystems e a Apple antes de ser contratado pela Google.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Executivo abandonado à morte no seu iate por uma prostituta de luxo com uma overdose de heroína. Aparentemente, viveu e morreu feliz.

RESPONDER

Cientistas criaram o som mais alto de sempre

O som foi produzido debaixo de água ao fazer colidir minúsculos jatos de água com pulsos de raio-X. O barulho gerado é superior ao do lançamento de um foguete. A experiência foi realizada como parte de …

Plutão pode esconder um oceano líquido debaixo de uma camada de gás

Uma das características mais marcantes de Plutão é o seu coração, também conhecido como Tombaugh Regio, uma grande região de cor clara de aproximadamente 1.590 quilómetros de diâmetro. O seu lobo esquerdo, o Sputnik Planitia, é …

Selfies estão a destruir muralha romana considerada Património Mundial da UNESCO

Uma parte da antiga Muralha de Adriano, no Reino Unido, está a colapsar por causa dos turistas que procuram o local para tirar selfies. O monumento, que em 1987 foi considerado Património Mundial da UNESCO, inspirou …

Carros vão mudar mais numa década do que aquilo que mudaram num século

Embora a aparência dos carros tenha mudado nos últimos cem anos, a maneira como os conduzimos pouco ou nada mudou. Contudo, acredita-se que na próxima década, além da forma como se movimentam ser diferente, também …

São Francisco lidera ranking das cidades onde se recebe melhor

O American Dream está claramente destacado no ranking das cidades onde se recebe melhor, mas há alguns "intrusos" no meio desta lista. Das dez cidades eleitas, há apenas quatro europeias. Apenas três continentes estão representados no …

Em 30 anos, Amazónia perdeu 953 mil hectares de áreas protegidas

Nos últimos 30 anos, a Amazónia perdeu 953 mil hectares em áreas pertencentes a unidades de conservação e terras indígenas que deveriam estar preservadas. A Amazónia brasileira perdeu 953 mil quilómetros em áreas que foram desflorestadas …

Mulheres e meninas norte-coreanas forçadas a prostituir-se e a casar-se na China

Mulheres e meninas norte-coreanas são coagidas, vendidas ou raptadas na China ou traficadas diretamente da Coreia do Norte, denuncia a Korea Future Initiative. As mulheres são forçadas a casar-se, violadas e sujeitas a outros tipos …

Trump corta financiamento para centros de investigação de saúde infantil

A administração de Trump está a terminar o financiamento para uma rede de centro de investigação focados em ameaças ambientais para crianças, colocando em risco vários estudos de longa data sobre os efeitos dos poluentes …

PJ detém ex-diretor da Santa Casa de Ponte de Sor

Um antigo diretor e contabilista de uma Santa Casa da Misericórdia do distrito de Portalegre foi esta quarta-feira detido pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeitas dos crimes de peculato e participação económica em negócio, foi …

Costa diz que só soube do memorando de Tancos no dia da demissão de Azeredo

O primeiro-ministro, António Costa, diz que só soube do memorando da Polícia Judiciária Militar (PJM) sobre o assalto a Tancos no dia em que o então ministro da Defesa, Azeredo Lopes, apresentou a sua demissão. A …