Vários presos políticos libertados após indulto presidencial de Maduro

(h) Miraflores Press Office

Vários presos políticos, beneficiários do indulto emitido segunda-feira pelo Presidente Nicolás Maduro, saíram hoje em liberdade, entre eles vários colaboradores e apoiantes do líder opositor Juan Guaidó.

Ao começo da tarde de hoje a imprensa local, familiares e amigos dos presos políticos confirmaram, através das redes sociais, que o deputado Ismael León, o político e jornalistas Nicmer Evans e o assessor de Juan Guaidó, Demóstenes Quijada já se encontram em liberdade.

Ismael León, do partido Vontade Popular, foi detido por funcionários das Forças de Ações Especiais (FAES) a 21 de janeiro de 2020, em Caracas, quando se dirigia a uma sessão da Assembleia Nacional.

Foi acusado de estar envolvido no assalto ao Batalhão de Infantaria Selva Mariano Montilla, no Estado venezuelano de Bolívar (sudeste do país), em dezembro de 2019.

Por outro lado, Demóstenes Quijada, assessor de Juan Guaidó, foi libertado pelas autoridades nas proximidades do centro comercial Boleíta Center.

Quijada esteve detido cinco meses na Direção Geral de Contrainteligência Militar (serviços de informações militares), depois de a 2 de abril ter sido detido por funcionários das forças de segurança, após uma rusga à sua residência em que levaram as viaturas familiares, vários computadores, telemóveis, entre outros haveres.

Em vídeo divulgado pelas redes sociais, explicou que “o mais difícil foi estar distante da família, com quem esperava ansiosamente reencontrar-se”.

Está também em liberdade o político e jornalista de esquerda Nícmer Evans, fundador do Movimento pela Democracia e Inclusão, depois de estar 50 dias detido.

Foi detido na sua residência, a 13 de junho, após publicar várias mensagens no Twitter. Foi acusado do delito de “instigação ao ódio”.

À saída, explicou aos jornalistas que apesar de ter sido indultado não participará nas eleições parlamentares previstas para 6 de dezembro.

“Não vou participar nas eleições parlamentares. Essa é uma posição absolutamente pessoal e individual”, disse.

Por outro lado, instou os políticos opositores venezuelanos a “ratificar e a transmitir uma mensagem de unidade ao país” para “destravar todo o jogo que existe neste momento na Venezuela” e orientar “à reconstrução de um Estado de direito”.

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, indultou na segunda-feira 110 pessoas, entre elas deputados opositores e presos políticos, incluindo o politólogo luso-venezuelano Vasco da Costa, cujos familiares esperam pela sua libertação, desde a noite de segunda-feira, junto do cárcere militar de Ramo Verde.

O anúncio do indulto presidencial foi feito pelo ministro venezuelano de Comunicação e Informação, Jorge Rodríguez, através do canal estatal Venezuelana de Televisão (VTV).

“A intensão principal é que os assuntos da Venezuela sejam resolvidos pelos venezuelanos, pelas vias pacíficas, eleitorais, constitucionais e democráticas”, disse o ministro.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Prosecco ou prošek? A batalha da UE entre Itália e Croácia por causa de vinho

Prosecco é provavelmente o vinho italiano mais famoso, mas por trás da efervescência deste néctar, a Itália está numa grande disputa sobre se a Croácia pode vender um vinho de sobremesa com o nome de …

China vai limitar abortos. E nada tem a ver com saúde

A China vai reduzir o número de abortos realizados por motivos que não estejam relacionados com a saúde, anunciou o governo esta segunda-feira, avançando que serão também criadas medidas para evitar a gravidez indesejada. As autoridades …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: SL7, arte e paciência

Líder soma e segue. Leões e dragões vencem à justa. As frases e os números da semana. Visto da Linha de Fundo. Líder reina no castelo Vitória SC 1 (Bruno Duarte 78', g.p.) – SL Benfica …

"Atropelamento e fuga." Terra e Vénus cresceram como planetas rebeldes

Planetas como a Terra e Vénus, que residem dentro de Sistemas Solares, são fruto de repetidas colisões. Esta conclusão desafia os modelos convencionais sobre a formação de planetas. Investigadores do Laboratório Lunar e Planetário (LPL) da …

A origem do "Gigante de Segorbe" pode finalmente ter sido esclarecida

Um novo estudo revela que a origem do "Gigante de Segorbe" pode ser bastante mais complexa daquilo que se pensava. O "Gigante de Segorbe", como é conhecido, foi um indivíduo encontrado por arqueólogos numa necrópole islâmica …

Instagram suspende planos de uma versão da aplicação para crianças

Para já, a empresa ainda não fez se se trata de um abandono temporário ou definitivo. Tempestade mediática em torno da influência das redes sociais na saúde mental dos jovens, sobretudo raparigas, pode ter influenciado …

Com todos os votos contados, PS vence com pior resultado que em 2013 e PSD conquista 113 câmaras

PS continua a ser o partido com mais representação autárquica em Portugal, apesar de cair para números anteriores à liderança de António Costa. PSD recupera das hecatombes de 2013 e 2017. Quase 24 horas depois após …

Presidente sul-coreano admite proibir consumo de carne de cão

O Presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, admitiu, esta segunda-feira, a possibilidade de proibir o consumo de carne de cão, costume que se tornou "uma vergonha internacional", segundo fonte do seu gabinete. "Não terá chegado …

Pelo menos 24 países criaram novas leis para controlar o conteúdo na Internet, revela relatório

Autoridades de pelo menos 24 países, incluindo os Estados Unidos (EUA), estabeleceram novas regras que determinam o tratamento dos conteúdos por parte das plataformas 'online', concluiu um relatório da Freedom House. No seu relatório anual, intitulado …

Exames nacionais e provas de aferição deverão “retomar a normalidade” este ano

Depois de dois anos letivos condicionados pela pandemia da covid-19, o Governo está apostado em retomar, entre outras formas de avaliação, a obrigatoriedade de exames nacionais nas disciplinas de conclusão do ensino secundário. Os exames nacionais …