Peru aprova destituição de Martín Vizcarra, o segundo Presidente em dois anos

Andrés Valle / EPA / HO

Martin Vizcarra, Presidente do Peru

O Congresso peruano aprovou, esta segunda-feira, a destituição do Presidente Martín Vizcarra, que estava no cargo desde 2018.

De acordo com a BBC Brasil, a destituição de Martín Vizcarra teve 105 votos a favor, 19 contra e quatro abstenções. Eram necessários 87 votos, dois terços dos 130 deputados, para que a chamada “moção de vacância” fosse aprovada.

O Congresso declarou a “incapacidade moral permanente” do Presidente, cujo processo de destituição foi motivado por suspeitas de corrupção quando era governador do departamento de Moquegua, entre 2011 e 2014.

Vizcarra é acusado de ter recebido até 2,3 milhões de soles peruanos em subornos (cerca de 470 mil euros), por parte de empresas construtoras, para facilitar concessões de duas obras públicas.

Antes da votação no Congresso, o agora ex-Presidente defendeu a sua inocência e negou categoricamente as acusações de que é alvo, afirmando que o processo de destituição se baseava em duas reportagens que citavam uma investigação preliminar, não respeitando o “devido processo legal”.

“A História e o povo peruano julgarão as decisões que cada um tomou. Não foi imposta a razão, mas o número de votos. Saio do Governo de cabeça erguida, tal como quando entrei há 18 meses”, declarou, citado pelo semanário Expresso.

Em setembro, Vizcarra já tinha enfrentado um pedido de destituição, quando foi acusado de ter ordenado a contratação irregular de um amigo para o Ministério da Cultura. Mas, na altura, o Congresso rejeitou esta primeira tentativa de depor o Presidente.

A sua saída ocorre a apenas cinco meses das eleições gerais. Segundo o mesmo jornal, cabe agora ao presidente do Parlamento, Manuel Merino, assumir o Governo interino até 11 de abril, dia em que os peruanos serão chamados a votar.

O Expresso recorda que Vizcarra, que estava no cargo desde 2018, é o segundo Presidente do Peru em apenas dois anos. Antes, era vice de Pedro Pablo Kuczynski, que renunciou ao cargo após denúncias de compra de votos de legisladores para evitar a destituição (também motivada por alegados subornos recebidos da empreiteira brasileira Odebrecht).

De acordo com a BBC, esta crise política ocorre numa altura em que o país enfrenta instabilidade económica e social, para além de ter sido gravemente afetado pela pandemia de covid-19. Segundo os dados da Universidade Johns Hopkins, o Peru teve mais de 922 mil casos de infeção e quase 35 mil mortes.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Vulcão, La Palma

O Cumbre Vieja também tem negacionistas. "É tudo orquestrado"

Nos últimos dias, as redes sociais têm-se tornado o palco dos "negacionistas dos vulcões" que defendem que, por trás da erupção do Cumbre Vieja, há mão humana. Nas redes sociais já há negacionistas do vulcão Cumbre …

Selecção da Lituânia falhou os Mundiais porque...chegou atrasada

Per Strand venceu, António Morgado ficou em sexto, mas os ciclistas da Lituânia acabaram por marcar a prova de estrada de juniores, nos Mundiais em Flandres. Per Strand Hagenes é o novo campeão mundial júnior de …

Gil Vicente 1-2 Porto | Dragão canta de galo com dois golaços

Foi sofrer até ao fim. Sérgio Conceição tinha alertado que não seria fácil bater o Gil Vicente e foi isso que ocorreu na noite desta sexta-feira em Barcelos. O FC Porto apenas a um minuto dos …

Na II Guerra Mundial, um erro "humilhante" destruiu dois imponentes navios de guerra da Marinha Real

No dia 10 de dezembro de 1941, os japoneses afundaram os imponentes Prince of Wales e Repulse. A culpa foi do almirante Thomas Phillips que, na sequência de um "erro humilhante", acabou também por falecer. Winston …

O robô Atlas, da Boston Dynamics, faz parkour (e até dá um mortal para trás)

O Atlas é, sobretudo, um projeto de investigação: um robô que ajuda os engenheiros da Boston Dynamics a trabalhar em melhores sistemas de controlo e perceção. O parkour é um verdadeiro desafio para os seres humanos, …

Na Tailândia, um "cemitério" de táxis foi transformado numa horta sobre rodas

Desde pimentos a pepinos, beringelas e até mangericão. Num parque de estacionamento ao ar livre em Banguecoque, os táxis abandonados transformam-se em hortas para alimentar os trabalhadores. A pandemia de covid-19 obrigou os táxis de Banguecoque …

Morreu o "último nazi" canadiano, aos 97 anos

Um ucraniano que serviu como tradutor no regime nazi morreu na quinta-feira na sua casa, em Ontário, no Canadá, encerrando uma luta de décadas para deportá-lo e acusá-lo de cúmplice no assassinato de dezenas de …

No Sri Lanka, elefantes traficados foram resgatados. Mas voltaram às pessoas que os compraram ilegalmente

Um tribunal do Sri Lanka devolveu elefantes resgatados a pessoas influentes que foram acusadas de os terem comprado ilegalmente. Durante alguns anos, elefantes selvagens permaneceram na corda bamba de uma intensa batalha de custódia judicial entre …

Sporting 1-0 Marítimo | Porro volta a decidir de penálti

Que sofrimento! É normal ver os “grandes” dominarem por completo os seus adversários, mas nesta partida entre Sporting e Marítimo, em Alvalade, praticamente só houve uma equipa a atacar e a procurar o golo. Ainda assim, …

A falhar pagamentos e com 260 mil milhões de dívida - como é que a Evergrande chegou até aqui?

A situação da imobiliária chinesa Evergrande, que tem uma dívida maior do que a economia portuguesa, está a deixar o mundo ansioso sobre uma eventual repetição da história da crise de 2008, que começou com …