Praia da Riviera fechada ao público para as férias do Rei da Arábia Saudita

presidencymaldives / Flickr

O rei da Arábia Saudita, Salman bin Abdul-Aziz al-Saud, de visita às Maldivas

O rei da Arábia Saudita, Salman bin Abdul-Aziz al-Saud

O rei Salman, da Arábia Saudita, chega hoje à Riviera francesa para três semanas de férias, com o encerramento da praia em frente à sua casa de campo a causar polémica entre os habitantes locais.

A visita do rei, com uma comitiva de cerca de 1.000 pessoas, vai favorecer a economia local, mas o encerramento da praia pública, com a concordância das autoridades, para a privacidade e a segurança da comitiva real provocou o descontentamento dos habitantes locais.

As autoridades encerraram hoje de manhã uma faixa de cerca de um quilómetro em redor da praia para impedir a ocupação da área.

A proibição de aproximação pelo mar a menos de 300 metros da casa de campo também entrou hoje em vigor.

O rei Salman deve chegar de avião privado hoje à tarde ao aeroporto de Nice e segue diretamente para a casa privada em Vallauris, na Riviera, entre Antibes e Marselha.

O círculo íntimo do rei será colocado na casa de campo privada da família, enquanto cerca de 700 outros membros da comitiva serão acomodados em hotéis de luxo em Cannes.

Centenas de outros sauditas seguem o rei nas férias – como é tradição -, aumentando o número de cidadãos sauditas que inundam os ‘resorts’ das praias do sul da França.

Para Michel Chevillon, presidente de uma associação que representa os gerentes de hotel em Cannes, esta é uma boa notícia porque, “são pessoas com grande poder de compra que irão animar não só a indústria hoteleira de luxo, mas também o setor de turismo da cidade”.

No entanto, mais de 100.000 pessoas assinaram uma petição que protesta contra a “privatização” da praia em frente da casa de campo do rei saudita e o descontentamento aumentou devido aos trabalhos de construção ilegal na casa de campo.

change.org

Elevador instalado na Praia de Mirandole à Golfe - Juan Vallauris, na Riviera, para uso do Rei da Arábia Saudita

Elevador instalado na Praia de Mirandole à Golfe – Juan Vallauris, na Riviera, para uso do Rei da Arábia Saudita

Trabalhadores tentaram instalar uma cerca para fechar o acesso à praia durante a estadia do rei, mas as autoridades locais impediram e foi retirado um passadiço de metal aparafusado aos penhascos, sobre os quais a casa está construída.

Uma plataforma de cimento foi também construída na praia para um elevador entre a praia e a casa, com a autorização das autoridades, desde que o elevador seja removido após a visita.

“Estamos doentes e cansados com esta brincadeira”, disse uma habitante, antes da visita.

“Eu percebo que tenham de garantir a segurança, mas deveriam deixar-nos ir dar um mergulho”, acrescentou.

/Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Aqui fica mais um excelente exemplo de como o mundo (e principiante) o velho continente anda…
    Direito dos habitantes locais? O que é isso?
    O que interessa é lamber a botas ao parasita, perdão: rei da Arábia Saudita, que, além ser ser uma ditadura retrógrada, é conhecida por respeitar muito os direitos das pessoas; principalmente os das mulheres!!
    Agora, chegarem ao ponto de virem feitos “heróis”, fazer o que lhes apetece no país da liberté, égalité, fraternité, é, além de tudo, triste e mau demais para ser verdade!!!

RESPONDER

Afinal, o buraco negro mais próximo da Terra pode não ser um buraco negro

Um objeto identificado no início deste ano como o buraco negro mais próximo da Terra pode, afinal, não o ser. Depois de reanalisar os dados, diferentes equipas de cientistas concluíram que o sistema HR 6819 …

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …