Petro Poroshenko, o Rei do Chocolate, é o novo Presidente da Ucrânia

European Parliament / Flickr

Petro Poroshenko, presidente eleito da Ucrânia

Petro Poroshenko, presidente eleito da Ucrânia

O milionário pró-ocidental Petro Poroshenko proclamou hoje que “a Ucrânia tem um novo Presidente”, depois de sondagens à boca das urnas lhe atribuírem a vitória nas presidenciais à primeira volta com perto de 56% dos votos.

Os eleitores ucranianos fizeram a escolha da “integração europeia“, declarou Petro Poroshenko, de 48 anos, adiantando que a sua prioridade é “acabar com a guerra” na Ucrânia e que a sua primeira viagem será ao leste do país, dominado pelos rebeldes pró-russos.

O dono do império de confeitaria Roshen, conhecido como “rei do chocolate“, disse ainda que apoia a realização de eleições legislativas na Ucrânia este ano.

Segundo as primeiras sondagens divulgadas pelas televisões locais após o encerramento das urnas, Poroshenko obteve 55,9% dos votos, enquanto a sua principal adversária, a ex-primeira ministra Iulia Timoshenko, conseguiu 12,9%, o que torna desnecessária uma segunda volta.

O terceiro candidato mais votado terá sido o populista Oleg Liashko, com mais de 8%, enquanto o banqueiro Serguei Tiguipko, considerado o candidato do sudeste russófono, não atingiu os cinco por cento dos votos.

Iulia Timoshenko já aceitou a derrota, considerando que as eleições foram “justas e claras”.

A antiga primeira-ministra ucraniana assinalou que “as eleições decorreram em condições de agressão militar [por parte da Rússia]”, adiantando que o escrutínio “foi uma grande vitória para a Ucrânia e para o povo ucraniano”.

A votação, à qual foram chamados mais de 33 milhões de eleitores, foi marcada pelo boicote nas regiões separatistas de Lugansk e Donetsk (leste), onde as eleições se realizaram em menos de metade das circunscrições e mais de três milhões não puderam escolher o novo Presidente ucraniano.

A crise na Ucrânia, que levou à convocação das eleições extraordinárias de hoje, iniciou-se em novembro de 2013, quando o Presidente, Viktor Ianukovich, considerado pró-russo, desistiu de assinar um acordo com a União Europeia e decidiu fortalecer os laços com a Rússia.

Protestos diários de milhares de pessoas tomaram o centro da capital, Kiev, ao longo de três meses, e Ianukovich foi deposto no final de fevereiro, exilando-se na Rússia.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

O antigo campo magnético da Lua pode ter servido de "escudo" para atmosfera da Terra

Há 4 mil milhões de anos, a Lua pode ter protegido a atmosfera Terra, através do seu já extinto campo magnético, do Sol, sugere uma nova investigação, levada a cabo por um especialista da agência …

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …