Pessoas que sentem raiva com facilidade pensam que são mais inteligentes do que são na realidade

Um estudo recente sugere que pessoas que sentem raiva muito facilmente se consideram mais inteligentes do que na realidade são, devido a um excesso de confiança.

Marcin Zajenkowski, autor do estudo, publicado recentemente na revista científica Intelligence, e psicólogo da Universidade de Varsóvia, na Polónia, começou por explicar que a raiva difere significativamente de outras emoções negativas, como a tristeza, a ansiedade ou a depressão.

Ao contrário dessas emoções, investigações anteriores mostraram que a raiva é uma emoção negativa incomum, por ser frequentemente associada a traços positivos, como o otimismo. No entanto, até agora, a forma como a raiva afeta a inteligência não era totalmente clara. Zajenkowski suspeita de que pessoas com raiva tendem a superestimar a sua própria inteligência.

Para corroborar essa suspeita, a equipa de cientistas entrevistou mais de 520 estudantes, que responderam a perguntas estratégicas que tinham como objetivo avaliar com que facilidade e frequência ficam chateados e mal humorados. Posteriormente, os alunos fizeram uma pesquisa para avaliar a sua própria inteligência, antes de fazerem um teste objetivo.

Segundo os resultados, os estudantes com uma maior tendência para ficarem mal humorados superestimavam as suas habilidades cognitivas. Por outro lado, os alunos que eram mais neuróticos – um traço frequentemente associado à raiva – subestimavam a sua própria inteligência. O neuroticismo refere-se a traços negativos como a ansiedade irracional e a angustia.

Os investigadores descobriram ainda que as personalidades mais mal-humoradas estavam associadas a “ilusões narcisistas”. Além disso, e não surpreendentemente, descobriram que o narcisismo é um fator-chave na hora de as pessoas se avaliarem a si próprias no que diz respeito à sua inteligência.

Ainda assim, o estudo não provou qualquer relação entre a raiva e o nível real de inteligência. Apesar de os investigadores terem encontrado uma associação entre estes dois traços, não está claro se existe, de facto, uma relação de causa e efeito entre a raiva e a superestima da inteligência.

Além disso, o estudo não testou de que forma a raiva afeta a inteligência no calor do momento. O estudo avaliou a raiva como um traço de personalidade, mas a raiva é muitas vezes uma emoção temporária.

Serão precisas investigações adicionais para descobrir se as pessoas que não se chateiam facilmente podem estar excessivamente confiantes nas suas habilidades cognitivas apenas no momento em que estão perturbadas.

PARTILHAR

RESPONDER

Eduardo Cabrita diz que polícias compram equipamento "porque querem"

O ministro da Administração Interna afirmou que os agentes policiais que compram equipamento de proteção do seu próprio bolso fazem-no porque o querem. Numa entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, divulgada este fim-de-semana, o …

Chuva deixa Austrália entre incêndios e cheias. Número de mortos sobe para 29

A chuva trouxe algum alívio aos bombeiros e habitantes do leste da Austrália, mas também causou cheias e novos problemas. As equipas ainda combatem cerca 100 focos de incêndio na região e o número de …

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …

Afinal, Irão já não vai pedir ajuda para analisar caixas negras do avião

O Irão recuou na intenção de enviar para análise as gravações da caixa negra do avião ucraniano, que abateu acidentalmente na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais, revelou a agência noticiosa iraniana. Citado …

Bruno Fialho sucede a Marinho e Pinto na liderança do PDR

Bruno Fialho é o novo presidente do Partido Democrático Republicano (PDR), ao obter 75% dos votos na eleição deste sábado para escolher o sucessor de António Marinho e Pinto, que anunciou o abandono do cargo …

Legislador russo culpa "arma climática" dos EUA pelo inverno quente de Moscovo

Alexei Zhuravlyov, membro da câmara baixa do Parlamento da Rússia (Duma), culpou uma alegada "arma climática" secreta dos Estados Unidos pelas anómalas temperaturas que se fizeram sentir este inverno em Moscovo.  Em declarações à estação de …

Nova espécie de louva-a-deus empala as suas presas como se fossem fondue

O Carrikerella simpira, uma nova espécie de louva-a-deus, caça as suas presas perfurando-as de um lado ao outro com as suas patas em forma de tridente. Cientistas descobriram uma nova espécie de louva-a-deus com uma característica …

Astrónomos descobrem que o fósforo foi gerado na formação de estrelas

Astrónomos descobriram que o fósforo, elemento químico essencial à vida, se constituiu durante a formação de estrelas e sugerem que chegou à Terra através de cometas. Uma equipa de astrónomos detetou monóxido de fósforo na região …

Nova máquina repara e mantém fígados vivos fora do corpo humano durante uma semana

Um novo sistema consegue manter um fígado humano vivo fora do corpo durante sete dias, período no qual o órgão danificado pode ser reparado e preparado para o transplante. As tecnologias convencionais conseguem sustentar um fígado …