Em paradeiro incerto, ministra da Guiné-Bissau diz correr perigo de vida

Ruth Monteiro, ministra da Justiça e dos Negócios Estrangeiros no Governo da Guiné-Bissau deposto no golpe do dia 27 de fevereiro, está em parte incerta e diz correr perigo de vida.

De acordo com o semanário Expresso, a governante – que a oposição considera membro do Governo legítimo do país – foi duas vezes impedida de viajar para Lisboa na última semana de março. Monteiro está, segundo os advogados, disposta a comparecer a uma inquirição solicitada pelo Ministério Público do país africano lusófono na próxima quarta-feira.

Numa mensagem, que explica ser um “pedido de socorro”, Monteiro queixa-se de limitações ao seu direito de livre circulação “pelo poder que pela força das armas se instalou na Guiné-Bissau”.



Segundo o porta-voz do grupo de advogados de Ruth Monteiro, Luís Vaz Martins, os motivos invocados pelo Ministério Público para proibir a saída da ministra do país – suspeitas de retenção de viaturas oficiais e asssinatura de passaportes sem autorização – revelam a “perseguição política de que é vítima”.

A ministra diz que tem “informações fidedignas” segundo as quais a sua integridade física e vida estão em risco e teme que localizá-la não vá ser difícil devido ao “apoio que têm tido por parte das operadoras de telecomunicações licenciadas no país”.

Além de Monteiro, outros membros do Governo deposto por Embaló constam da suposta lista de personalidades que não podem ausentar-se do país, estabelecida pelo Ministério do Interior do poder recém-instituído.

Os meios de comunicação guineenses também se queixam de um ambiente de intimidação e perseguição desde que Embaló tomou o poder

Numa entrevista a uma rádio local e à Deutsche Welle, Monteiro denunciou “a inexistência e falsidade de fundamentos de sucessivos impedimentos”.

A emissora alemã escreveu que a ministra está “numa embaixada da capital”, mas a própria não especifica o paradeiro, confirmando apenas que não está em casa.

Segundo o Expresso, a embaixada de Portugal em Bissau tem mantido contacto com Monteiro. O Ministério dos Negócios Estrangeiros português frisou que isso decorre “no respeito pelas convenções internacionais aplicáveis e pelas questões internas à Guiné-Bissau”.

A crise política agravou-se com a segunda volta das presidenciais, realizada a 29 de dezembro de 2019.

Umaro Sissoco Embaló, dado como vencedor da segunda volta das presidenciais da Guiné-Bissau pela Comissão Nacional de Eleições, tomou posse simbolicamente como Presidente guineense na quinta-feira, numa altura em que o Supremo Tribunal de Justiça ainda analisa um recurso de contencioso eleitoral interposto pela candidatura de Domingos Simões Pereira, que alega a existência de graves irregularidades no processo.

O autoproclamado Presidente da República substituiu o primeiro-ministro Aristides Gomes, pelo ex-primeiro-vice-presidente do parlamento guineense, Nuno Gomes Nabian, que tomou posse numa cerimónia em Bissau na presença das chefias militares do país.

O presidente da Assembleia Nacional Popular, Cipriano Cassamá, tomou posse como Presidente da República interino, com base no artigo da Constituição que prevê que a segunda figura do Estado tome posse em caso de vacatura na chefia do Estado.

Todavia, no seguimento das ações militares, Embaló garantiu que Nuno Nabian ia apresentar governo.

Após estas decisões, registaram-se movimentações militares, nomeadamente na rádio e na televisão públicas, de onde os funcionários foram retirados e cujas emissões foram suspensas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Tal como nos humanos, a cafeína ajuda as abelhas a aumentar o foco e a eficácia

Um novo estudo indica que, tal como em muitos humanos, uma injeção de cafeína ajuda as abelhas a manterem-se mais concentradas e a realizarem o trabalho com mais eficiência. Uma equipa da Universidade de Greenwich percebeu …

Astrónomos detetam, claramente e pela primeira vez, um disco a formar satélites em torno de exoplaneta

Com o auxílio do ALMA, do qual o ESO é um parceiro, os astrónomos detetaram pela primeira vez de forma clara a presença de um disco em torno de um planeta fora do nosso Sistema …

E se a Terra parasse subitamente de girar?

O nosso planeta demora 23 horas e 56 minutos a completar uma volta em torno do seu eixo, movendo-se a cerca de 1.770 quilómetros por hora. Aprendemos estes pormenores sobre o planeta azul na escola, …

Sporting 2 - 1 Braga | Leão entra em 2021/22 a rugir

O Sporting parece querer manter a senda de sucesso da época passada e entrou em 2021/22 com o pé direito. Os “leões” bateram o Sporting de Braga por 2-1, num jogo que valeu, sobretudo, pela primeira …

Ensinar crianças a dizer palavrões? Uma cientista acha que é boa ideia

A auto-intitulada "cientista dos palavrões" acredita que ensinar as crianças a usá-los de forma eficiente ajuda os mais novos a perceber como este palavreado afecta outras pessoas. Já se sabia que dizer palavrões é um sinal …

Fósseis misteriosos podem ser uma das provas mais antigas de vida animal na Terra

Elizabeth Turner, cientista numa universidade do Canadá, poderá ter encontrado a prova mais antiga de vida animal na Terra. Uma cientista encontrou possíveis sinais de vida animal multicelular em restos de recifes microbianos de há 890 …

E se o mundo entrasse em colapso? Cientistas descobrem qual o país onde há maior probabilidade de sobreviver

Caso a civilização entre em colapso - uma possível consequência das alterações climáticas - os cientistas já descobriram qual o lugar do mundo onde há maior probabilidade de sobreviver: é na Nova Zelândia. Numa pesquisa, dois …

"Dança quem está na roda", responde Marcelo sobre ausência de Bolsonaro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse este sábado que "dança quem está na roda" quando questionado pelos jornalistas sobre a ausência do homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, da cerimónia de reinauguração do Museu …

Todos os anos, esta cidade italiana entrega sal ao Papa em mãos

O Sal de Cervia, também conhecido como "sal do Papa", é-lhe entregue todos os anos em mãos. A tradição sofreu algumas interrupções até ter sido recuperada pelo Bispo Mario Marini, que serviu no Pontificado de …

A colisão secreta entre navios soviéticos e britânicos podia ter tido um desfecho drástico

Colisão aconteceu durante um dos períodos mais quentes da Guerra Fria e foi camuflado pela marinha britânica, que tratou de fazer regressar a sua embarcação à base de Devonport durante a noite para evitar dar …