Afinal os dinossauros nasceram no norte – e a sua história tem que ser toda revista

Paleontólogos da Universidade de Cambridge, no Reino Unido sugerem, num estudo publicado esta quarta-feira na revista Nature, que a árvore genealógica dos dinossauros deve ser revista e reclassificada, o que pode implicar a reescrita de livros sobre a evolução dos vertebrados.

Após a análise de dezenas de fósseis de esqueletos de dinossauros e de dezenas de milhares de caraterísticas anatómicas, investigadores da Universidade de Cambridge e do Museu de História Natural de Londres concluíram que os grupos familiares dos dinossauros atuais podem estar errados e que os seus nomes devem ser alterados.

O estudo, publicado esta quarta-feira na revista Nature, sugere ainda que as origens dos dinossauros localizam-se no hemisfério norte e não ao hemisfério sul.

Ao longo de 130 anos, os paleontólogos têm trabalhado com um sistema de classificação que agrupa as espécies de dinossauros em duas categorias: ornitísquios (com quadril de pássaro) e saurísquios (com quadril de lagarto).

À medida que mais espécies foram descritas, tornou-se claro, para os especialistas, que os dinossauros pertenciam a três linhagens distintas: ornitísquios, sauropodomorfos (herbívoros com pescoço longo) e terópodes (subgrupo dos saurísquios e carnívoros).

Em 1887, o paleontólogo britânico Harry Govier Seeley, juntou os sauropodomorfos (que incluem os dinossauros gigantes diplodocos e brontossauros) aos terópodes (que englobam os Tyranossaurus Rex) na categoria dos saurísquios.

A nova análise feita pelos paleontólogos da Universidade de Cambridge e do Museu de História Natural de Londres concluiu que os dinossauros ornitísquios têm de ser reagrupados com os terópodes, mas excluindo os sauropodomorfos.

Dmitry Bogdanov

-

A comunidade científica dava como certo que os pássaros evoluíram dos dinossauros terópodes, mas o reagrupamento dos dinossauros proposto no estudo hoje divulgado aponta para que os ornitísquios e os terópodes tenham potencialmente evoluído para um padrão de quadril semelhante a um pássaro, mas em diferentes momentos da história.

O agrupamento dos dinossauros ornitísquios (herbívoros) e terópodes (carnívoros) foi designado como Ornithoscelida, que recupera um nome avançado pelo biólogo evolucionista britânico Thomas Henry Huxley, em 1870.

Segundo um dos coautores do estudo, David Norman, citado num comunicado da Universidade de Cambridge, se a tese de revisão dos agrupamentos familiares dos dinossauros vingar nos meios académicos, os livros didáticos que abordam o tema da evolução dos vertebrados têm de ser novamente escritos.

O autor principal da investigação, Matthew Baron, assinalou que, uma vez que os terópodes estão “mais estreitamente relacionados” com os ornitísquios, alguns dinossauros como os diplodocos poderão deixar de ser considerados como tal.

Caso contrário, isso “significa que teríamos de mudar a definição de dinossauro para ter a certeza que, no futuro, os diplodocos e os seus parentes mais próximos poderiam continuar a ser classificados como dinossauros”, sublinhou.

A equipa de paleontólogos da Universidade de Cambridge e do Museu de História Natural de Londres defende também, após uma nova análise de dados-chave, que os dinossauros poderão ter nascido no supercontinente do norte Laurasia (que englobava a América do Norte, Europa e Ásia do Norte).

A tese original, no entanto, é que os dinossauros apareceram no hemisfério sul, no antigo supercontinente Gondwana (que incluía a Antártida, América do Sul, África, Ásia do Sul e Oceânia).

Os dinossauros, que chegaram a ser a espécie animal dominante na Terra, extinguiram-se há 65 milhões de anos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Vinícius bisou e assistiu para o Tottenham. Para Mourinho, só há uma coisa a melhorar

O Tottenham de José Mourinho venceu esta quinta-feira o Ludogorets no jogo da 4.ª jornada da fase de grupos da Liga Europa. O ex-Benfica Carlos Vinícius, que não tem sido opção para o campeonato inglês, …

Portugal já terá atingido o pico. Foi na terceira semana de novembro, segundo os peritos do Governo

Portugal já terá atingido o pico de novos casos da segunda vaga de covid-19, de acordo com os cálculos dos peritos consultados pelo Governo. Em declarações ao jornal Observador, engenheiro Carlos Antunes, da Faculdade de …

Benfica colheu um ponto na Escócia. O Rangers "não é uma equipazinha", diz Jesus

O Benfica empatou a dois golos em casa do Rangers, na quarta jornada do Grupo D da Liga Europa, e ficou a uma vitória de seguir para os 16 avos de final. Arfield (7 minutos) e …

Reformas antecipadas sofrem corte de 15,5% em 2021

O valor das pensões antecipadas pedidas no próximo ano terá um corte superior ao que está a ser aplicado em 2020: 15,5%. Os trabalhadores que se reformem antecipadamente em 2021 terão uma penalização de 15,5% na …

Templo de Esna foi restaurado ao fim de 2000 anos (e surpreendeu com misteriosos segredos egípcios)

Descoberto há cerca de 200 anos, o antigo templo egípcio de Esna guardava segredos há mais de 2000 anos. Agora esses segredos foram revelados graças a um projeto de restauração iniciado em 2018, onde foram …

Trabalhadores essenciais vão ter folgas e mais 50% de salário se trabalharem nas vésperas de feriado

Os trabalhadores essenciais da Função Pública que tiverem de trabalhar nos dias 30 de novembro e 1 de dezembro vão ter direito a uma ou duas folgas e vão receber um aumento de 50% do …

"Idiotice criminosa". Agente diz que Maradona não teve assistência médica adequada

Matías Morla, agente e advogado de Diego Maradona, afirmou esta quinta-feira que o ex-futebolista, que morreu na quarta-feira, não teve assistência médica adequada e vai pedir que essa questão seja "investigada até às últimas consequências". "É …

Medidas endurecem: proibido circular entre concelhos das 23h de hoje às 5h de quarta-feira

A circulação entre concelhos no território continental é proibida entre as 23h00 desta sexta-feira e as 05h00 de quarta-feira nos concelhos de risco, existindo 10 exceções para a medida prevista no estado de emergência, decretado …

Dieta sem carne associada a risco acrescido de partir ossos

Um novo estudo revela que pessoas com dietas que não envolvem o consumo de carne, como vegetarianos e veganos, correm um maior risco de partir ossos, nomeadamente ancas. Este efeito pode derivar da falta de cálcio …

Do CDS à Madeira, Costa tentou de tudo. Mas as transferências para o Novo Banco foram uma batalha perdida

Entre a noite de quarta e a manhã de quinta-feira, António Costa tentou de tudo: desde sensibilizar o líder centrista Francisco Rodrigues dos Santos ao uso dos benefícios fiscais da Zona Franca da Madeira para …