Os pica-paus da bolota não são só comunistas. São também swingers

Os pica-paus da bolota, famosos por criar celeiros com dezenas de milhares de bolotas, têm um comportamento social tão peculiar e laços familiares tão estreitos que os ornitólogos da Guerra Fria lhe chamaram “pássaro comunista”.

Os pica-paus da bolota – Melanerpes formicivorus – são pássaros de porte médio com plumagem exuberante que chamam a atenção. No entanto, o que os faz especialmente conhecidos é a sua dependência de bolotas.

Uma vez que estas aparecem sazonalmente, estes pica-paus garantem um fornecimento constante ao longo do ano, construindo grande “celeiros” para as armazenar. São muitas vezes construídos por dezenas de milhares de aves, que perfuram milhares de buracos nas árvores ou numa outra estrutura de madeira.

Mas este não é o único traço que os torna únicos: os pica-paus de bolota têm uma estrutura social complexa que os distingue das outras aves. Vivem em grupos familiares que podem ter até 15 adultos, mantêm e defendem o celeiro e ajudam a criar os pintainhos num único ninho.

Esta é uma estrutura familiar tão incomum nos pássaros que o ilustrador de animação Walter Lantz se inspirou nesta espécie para criar o Woody Woodpecker, o famoso pica-pau que nem durante a sua lua-de-mel deixava de perfurar o telhado da sua cabana para construir o celeiro.

A estrutura familiar dos pica-paus das bolotas foi inicialmente estudada em 1925 pelo cientista Frank Leach, que na altura, pouco mais de 7 anos após a revolução russa, publicou um artigo onde não hesitou em chamar comunistas aos pica-paus da bolota.

Frank A. Leach / The Condor

Observações de campo a longo prazo da actividade destas simpáticas aves sugerem que o seu comportamento peculiar e a demografia das suas comunidades deriva da sua dependência das bolotas, que influenciam os seus comportamentos sociais.

Durante mais de 40 verões, o ornitólogo Walter Koenig, professor da Universidade de Cornell em Nova York, e a sua equipa viajaram para o Hastings Natural History Reservation, na California, para estudar a complexidade social destas aves. Os resultados da pesquisa foram publicados em 2015.

A equipa tem recolhido o ADN das aves para conseguir acompanhar a relação genética entre os animais. Os resultados revelaram que estes animais são poliginandros, um comportamento extremamente raro em aves, em que machos e fêmeas trocam entre si os parceiros de acasalamento durante a época de reprodução.

“Os machos reprodutores estão todos relacionados uns com os outros, as fêmeas reprodutoras também”, explicou o professor Koenig. “Mas os machos reprodutores não estão relacionados com as fêmeas”, uma vez que os pássaros evitam a endogamia.

A genética revelou também que alguns adultos não se reproduzem, limitando-se a ajudar as crias. Começar um grupo familiar exige iniciar a construção de um novo celeiro, e isso faz com que deixar o grupo parental seja uma decisão séria, que deve ser ponderada.

“Como não se conseguem reproduzir, estes pica-paus preferem permanecer no grupo em que nasceram e ajudar a criar os irmãos mais novos“, explica o professor Koenig.

Quando há 100 anos Frank Leach estudou os pica-paus da bolota, estava ainda longe de adivinhar a complexidade das relações familiares destas aves, que são não só comunistas, mas também verdadeiros swingers.

ZAP // Forbes

 

PARTILHAR

RESPONDER

"Posso sempre confiar" nos americanos. Coleção de cartas manuscritas da princesa Diana vai a leilão

Em 25 de junho de 1997, alguns meses antes da morte da princesa Diana em agosto, dezenas dos seus vestidos foram leiloados na Christie's, em Nova Iorque. Agora, algumas das suas cartas manuscritas sobre esse …

Governos desligaram a Internet centenas de vezes em 2019

Dezenas de Governos de todo o mundo desligaram os seus países da Internet de forma intencional mais de 200 vezes durante o ano passado, afetando milhões de utilizadores, revela um novo relatório do grupo de …

Falha de protocolo do Governo americano pode ter ajudado a espalhar o coronavírus

Uma whistleblower do Departamento de Saúde e Serviços Humanos norte-americano defende que uma falha no protocolo de saúde pública pode ter levado à disseminação do coronavírus dentro do país. Uma denunciante do Departamento de Saúde e …

Coronavírus pode fazer com que Liverpool não seja campeão inglês

O Liverpool pode não se sagrar campeão inglês devido ao surto do novo coronavírus. Caso o Governo britânico suspendesse a competição, os 'reds' poderiam não ser considerados campeões. O coronavírus continua a ameaçar o mundo inteiro …

Sissoco Embaló demite primeiro-ministro e ambos falam em "golpe de Estado"

Umaro Sissoco Embaló, candidato às presidenciais dado como vencedor pela Comissão Nacional de Eleições da Guiné- Bissau, e que quinta-feira tomou posse simbolicamente como Presidente do país, demitiu hoje o primeiro-ministro guineense, Aristides Gomes. Num decreto …

"Neve sangrenta" está a cair do céu na Antártida

Nas últimas semanas, o gelo em redor da Base de Pesquisa Vernadsky da Ucrânia foi revestida com o que os investigadores chamam de "neve de framboesa". Uma publicação no Facebook do Ministério da Educação e Ciência …

Face Oculta: Sobrinho de Manuel Godinho diz que não se orgulha do que fez

O sobrinho do sucateiro Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, disse hoje estar arrependido do que fez quando trabalhava para o tio nos negócios da gestão de resíduos. “Não me orgulho nada daquilo que …

Há uma "Greta" que nega as alterações climáticas: Naomi Seibt

Naomi Seibt é uma jovem alemã de 19 anos que é a voz dos negacionistas das alterações climáticas. As comparações com Greta Thunberg são inevitáveis. Greta Thunberg tem sido provavelmente a voz mais ativa no que …

Alcochete. Mustafá sai em liberdade e Bruno de Carvalho conta a sua versão

O líder da claque sportinguista Juventude Leonina, Nuno 'Mustafá' Mendes saiu em liberdade e Bruno de Carvalho diz que o "colocaram do lado errado da barricada". O coletivo de juízes que está a julgar o caso …

Ángel ajudou a esposa a morrer. Agora, doou toda a sua herança à investigação

Ángel Hernández, o homem que ajudou a sua mulher a pôr fim à vida há dez meses, em Espanha, decidiu doar a herança da sua esposa (300.000 euros) para o estudo da esclerose múltipla progressiva, …