Oito mortos e mais de 500 feridos em confrontos na Bolívia

Jorge Abrego / EPA

A crise desencadeada pelas eleições gerais de 20 de outubro na Bolívia, que já levou Evo Morales a renunciar ao cargo de Presidente, causou oito mortos, 508 feridos e 460 detenções, anunciou esta quarta-feira a Defensoria do Povo.

A organização nacional de defesa dos direitos humanos explica que ao longo de 24 dias de manifestações decorreram diversos incidentes, com uma das últimas vítimas a ser o comandante da unidade de operações especiais da Polícia de La Paz, que morreu após sofrer um acidente rodoviário enquanto tentava controlar os protestos.

A cidade de Cochabamba, no centro do país, regista três mortes, e La Paz, capital, sede do governo e do parlamento na Bolívia, e Santa Cruz, a cidade mais populosa, duas mortes cada. Em Potosí, uma cidade com uma longa tradição mineira no sul da Bolívia, morreu outra pessoa.

A maioria dos feridos registados até ao momento, 469, sofreu danos causados por civis, enquanto os outros 39 tiveram de ser tratados por ferimentos causados pela polícia, segundo o relatório da Defensoria do Povo da Bolívia.

O documento destaca que 13 agentes da polícia, 11 crianças e oito jornalistas foram agredidos durante os protestos. A maioria dos feridos durante as mobilizações são homens, 438, existindo registo de 70 mulheres também feridas.

A violência intensificou-se na Bolívia no domingo, quando Evo Morales renunciou ao cargo de Presidente do país e grupos provocaram roubos, incêndios e a destruição de mobiliário urbano em diferentes regiões. Os confrontos entre os apoiantes de Morales e as forças de segurança causaram cinco mortos entre 11 e 12 de novembro, segundo a organização.

Quatro dessas mortes foram provocadas por ferimentos de bala durante a intervenção conjunta das Forças Armadas bolivianas e da polícia, enquanto a quinta morte foi causada por estrangulamento, segundo o relatório.

Depois do aumento da violência nesta semana, as forças armadas concordaram em apoiar a polícia para acabar com os atos de vandalismo, especialmente em cidades como La Paz e El Alto. Esta quarta-feira voltaram a registar-se confrontos no centro de La Paz, entre manifestantes que apoiam Evo Morales e a polícia, no primeiro dia do mandato da presidente interina da Bolívia, Jeanine Añez.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …

Empresa está a contratar uma pessoa que será paga para usar pijamas e dormir

Um start-up de colchões da Índia, que se descreve como uma "empresa de soluções para dormir" está a contratar alguém que será pago apenas para fazer isso mesmo. O objetivo é testar os seus produtos de …

O primeiro local funerário de compostagem humana do mundo abre em 2021

Prevê-se que a primeira instalação funerária de compostagem humana do mundo abra na primavera de 2021, depois de os legisladores do Estado de Washington terem legalizado o processo póstumo no início do ano. A empresa Recompose, …