“Desta vez vamos lá ficar”: NASA revela planos para regressar à Lua

O administrador da agência espacial norte-americana tem planos ambiciosos para a Lua e para o Homem. Jim Bridenstine revelou na quinta-feira que quer que os humanos voltem a pisar solo lunar, pretendendo ainda que estes vão mais além da órbita da Terra desde 1972 – tudo isto enquanto exerce o seu cargo na NASA.

Num artigo assinado para o portal Ozy, Jim Bridenstine levantou o véu sobre os seus planos futuros: a NASA está à procura de assistência e ajuda de empresas norte-americanas para desenvolver módulos de descida e sistemas reutilizáveis para transportar astronautas para a Lua e vice-versa.

O responsável da NASA sublinha, contudo, que os planos para voltar à Lua não implicam repetir o que aconteceu há já 50 anos: “Vamos à Lua com novas tecnologias e sistemas inovadores para explorar mais locais na superfície do que imaginávamos ser possível. Desta vez, quando formos para a Lua, vamos lá ficar”, afirma.

Procurando “uma presença sustentável de seres humanos além da órbita da Terra”, a agência espacial norte-americana quer construir um posto na órbita lunar que poderia chamar-se de Gateway. Este posto, segundo o especialista, poderia garantir a passagem segura dos astronautas até à Lua e de volta à Terra.

O Gateway seria a base para o primeiro módulo de descida reutilizável na Lua, que abriria mais oportunidades de negócio para a exploração espacial a longo prazo. Para chegar até à base lunar e depois regressar à Terra, a NASA propõe a utilização do autocarro espacial SLS (Space Launch System) e a nave espacial Orion, ambos em fases de desenvolvimento.

Bridenstine convidou já representantes de empresas privadas e outros potenciais parceiros para uma reunião na sede da NASA, a realizar-se na próxima semana, na qual serão debatidos os módulos de descida lunar. O administrador adiantou ainda que a NASA trabalha já com nove empresas nacionais para enviar novas ferramentas e equipamentos científicos para a superfície lunar como, por exemplo, cargas comerciais.

A NASA quer enviar astronautas à Lua durante a próxima década. A primeira missão de envio comercial de equipamentos técnicos está prevista para o final de 2020. “Posso ter perdido o primeiro pouso do Homem na Lua, mas estou a trabalhar para ter certeza de que vou ver o próximo, juntamente com o resto do mundo”, rematou Bridenstine.

ZAP //

PARTILHAR

16 COMENTÁRIOS

      • Sabias que tens mais tecnologia no teu smartphone ou iphone do que na suposta “nave” que eles construíram? E ainda afirmam que perderam a tecnologia. O tal van alen passou a existir depois que eles “foram” ou já existia? Fotos reais da esfera não existem porquê? Curvatura onde? Eu também gosto de ver filmes, ir ao cinema e comer umas pipocas ou simplesmente em casa e realmente de um tempo para cá os efeitos especiais são muito realistas mas não são a realidade. A terra é plana e circular com relevos (convexidades) e estacionária. A água não se comporta de forma curva, por isso ela é utilizada para nivelamento.

        • Tristes tempos estes em que multidões de esquizo-paranoicos ululantes enchem as internetes com as suas teorias das conspirações, ganhando nessas internetes câmaras de eco com as quais enleiam a verdade e a banha da cobra numa lama de pseudo-toda-a-gente-sabe-que.
          Quando as esquizo-teorias se focam nos 9/11, nas terras planas e no Homem que nunca esteve na Lua, a única vitima é a clareza da verdade – que podemos deixar cair com um triste encolher de ombros indiferente. Cada um tem direito à sua triste condição – mesmo que de ignorância ela se trate.
          Já não se pode dizer o mesmo quando a esquizo-teoria é, por exemplo, a dos anti-vaxxers. O movimento que acha que “as vacinas são uma ferramenta diabólica das farmacêuticas” está a fazer regredir a medicina décadas, está a fazer regressar doenças que há 40 anos matavam e que tinham sido erradicadas. E está a matar pessoas.

          Quanto a ti, “Sim é Fake”, o Homem não esteve na Lua uma vez. Esteve na Lua seis vezes, entre 1969 e 1973. Doze homens puseram os pés na Lua – sejam ou não verdadeiras as fotos do primeiro deles que o fez.
          E sim, a nave que os levou à Lua tinha menos RAM que um ZX Spectrum.
          E sim, actualmente há mais tecnologia no teu iPhone, num só exemplar de um smartphone, do que em todos os satélites, torres de telecomunicações, cabos submarinos, servers e routers, em todo o ecosistema junto que nos últimos 30 anos nos permite ter a Internet, o Netflix, o GPS, os Facegrams, entre todos os mil e um artefactos chato-tecnológicos de que nos rodeámos e que hoje damos como adquiridos. Sim, um só iPhone a mandar bitaites esquizo-paranóicos nos tais sítios que lhes servem de câmara de eco tem mais tecnologia do que todo o ecosistema que permite que o faça. Da mesma forma que há mais tecnologia na Playstation onde jogamos jogos de guerra, do que em todo o sistema informático que os russos e americanos desenvolveram nos anos da Guerra Fria para poder jogar esses jogos a sério.

          E sim, a nação que levou o Homem à Lua é a mesma que antes de o fazer já tinha inventado a Internet. Sim, a INTERNET foi inventada nos anos 50 pela DARPA, não é uma coisa dos anos 90 inventada na Suíça — quer tu, “Sim é Fake”, o saibas, ou optes por reinventar a história.

        • Fake é a teoria da terra plana, que se baseia em escritos milenares que consta na bíblia. Fake, é dizer que a internet foi desenvolvida na Suiça e não nos EUA. Fake, é dizer que Neil Armstrong não pousou na Lua, eu era menino e assisti ao vivo astronautas passeando na lua pela televisão. Resumindo, Fake, são pessoas que se valem da internet para divulgar, teses ridiculas tais como a teoria da terra plana com o proposito apenas de chamar atenção e até possibilidade de ganhar algum dinheiro com palestras;

    • Além de ignorares o passado e o presente, consegues prever o futuro… bravo!!!
      És o candidato perfeito para seitas religiosas tipo IURD!…

  1. E não nos vamos esquecer das luzes que eram usadas nos estúdios na aquela altura, seria impossível criar uma luz natural naquele tempo sem os computadores gráficos que temos agora. É a única maneira de arranjar isso era o uso de milhares lasers ao mesmo tempo, mas mesmo assim é eram bué bué caros naquela altura e só havia de cor vermelha. Por outra palavras, ficaria demasiado caro só para fingir isso e valeria mais à pena de mandar o homem à lua.

  2. Não é ignorância para alguém que anda estudar luzes e estúdios para uma futura carreira num dos melhores institutos que podemos arranjar em Portugal ao lado daqueles mais experientes do que eu. É ignorância não aceitar os factos e nãos os aceitar. São pessoas como o senhor(a) fazem a raça humana uma vergonha.

RESPONDER

Criança com anemia aplástica grave submetido a transplante inédito em Portugal

Um menino de quatro anos com anemia aplástica grave foi submetido a um transplante com células estaminais de sangue do próprio cordão umbilical, um tratamento inédito em Portugal realizado no Instituto Português de Oncologia (IPO) …

Renováveis baixaram fatura da luz em 2,4 mil milhões na última década

A produção de eletricidade a partir de fontes renováveis permitiu ao sistema elétrico português acumular uma poupança de 2,4 mil milhões de euros ao longo dos últimos 10 anos. Esta é a principal conclusão de um …

Constitucional chumba barrigas de aluguer pela segunda vez

O Tribunal Constitucional chumbou, esta quarta-feira, pela segunda vez, o diploma do Parlamento sobre gestação de substituição, depois de um chumbo no ano passado. O BE apresentou uma proposta em que se previa "que a gestante …

Furacão Humberto ganha força a caminho das Bermudas

O furacão Humberto aumentou de intensidade nas últimas horas e atingiu a categoria 3 a caminho das Bermudas, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC) nesta quarta-feira. O terceiro furacão da temporada no Atlântico, …

Brasil é o país lusófono com mais refugiados. Já Portugal tem as maiores remessas dos emigrantes

Um relatório das Nações Unidas (ONU) revelou que o Brasil é o país lusófono que acolhe mais refugiados, Portugal é o que recebe mais remessas dos emigrantes e Moçambique teve o maior aumento de estrangeiros …

Ryanair deixa de voar entre Porto e Lisboa em outubro (mas fica com base mais reduzida em Faro)

A transportadora aérea irlandesa Ryanair vai deixar de voar entre Porto e Lisboa a partir de 25 de outubro devido a “razões comerciais”. A confirmação foi dada pela empresa ao Jornal de Notícias. Em abril, a …

Frente-a-frente entre Costa e Rio teve menos 633 mil espectadores do que o debate entre Costa e Passos em 2015

O frente-a-frente entre António Costa e Rui Rio, os líderes dos dois maiores partidos, teve menos audiência do que o confronto de há quatro anos, entre António Costa e Pedro Passos Coelho. Cerca de de …

EDP condenada a multa de 48 milhões por abuso de posição dominante na produção de energia

A Autoridade da Concorrência (AdC) condenou a EDP por abuso de posição dominante. A coima de 48 milhões de euros foi aplicada à EDP Produção por manipular a oferta de serviços de sistema que regula …

Há sete anos que a média de secundário dos colocados no Ensino Superior não era tão alta

Há sete anos que a média de secundário dos colocados no ensino superior não era tão alta. Relativamente aos alunos de cursos científico-humanísticos, a média dos colocados tem vindo a aumentar desde 2015, tendo atingido …

Futebolistas internacionais russos Kokorin e Mamayev saíram da prisão

Pavel Mamayev e Alexander Kokorin foram detidos depois de atacarem dois homens, um responsável do governo, num estacionamento de um hotel, e um outro num café. Deixam a prisão por "bom comportamento". Os futebolistas internacionais russos …