Movimento impossível de Michael Jackson finalmente explicado

Em 1987, a inclinação anti-gravidade protagonizada por Michael Jackson durante o videoclip de “Smooth Criminal” foi tão sensacional que todos acreditaram que eram efeitos especiais. Mas o cantor repetiu o movimento impossível em concertos ao vivo. Agora, finalmente, a ciência explica o “truque” (mas também a extraordinária mestria do Rei da Pop).

Um grupo de médicos norte-americanos decidiu analisar, com a lupa científica, esse famoso movimento anti-gravidade de Michael Jackson, 31 anos depois de ter sido um sucesso com o lançamento do videoclip de “Smooth Criminal”.

A conclusão da investigação publicada no Journal of Neurosurgery: Spine, revela que Michael Jackson usava um misto de força física e um truque quase rudimentar – sapatos com presilhas especiais que seguravam o calcanhar do cantor no chão.

“Os bailarinos mais treinados, com muita força concentrada no abdómen, conseguem uma inclinação de 25 a 30 graus no máximo. Michael Jackson faz um movimento de 45 graus que desafia a gravidade e parece sobrenatural para qualquer espectador”, explica o médico Manjul Tripathi, do Instituto de Pós-Graduação de Educação Médica e Pesquisa em Chandigarh, na Índia, em declarações citadas pela BBC.

A equipa liderada por Tripathi, que é formada por neurocientistas especializados na coluna vertebral, estudou em detalhe o movimento, para perceber como é que o Rei da Pop conseguiu concretizá-lo.

Misto de truque e de habilidade

Uma pessoa comum que tente imitar o movimento notará que a maior parte da tensão feita, para conseguir a inclinação, está no tendão de Aquiles e nos tornozelos, em vez de estar nos músculos que sustentam a coluna.

Isto permite apenas um grau muito limitado de inclinação para a frente, mesmo para alguém que tenha capacidades atléticas semelhantes às do próprio Michael Jackson, explica à BBC um dos investigadores envolvidos na pesquisa.

Mas para conseguir a incrível inclinação de 45 graus, o cantor não contou apenas com a sua força e as suas célebres habilidades de dança e de controlo corporal. Parte do truque estava em sapatos adaptados para permitirem a fixação do calcanhar ao solo.

A abertura de uma fenda em forma de “V” em cada um dos saltos das solas possibilitou encaixar os sapatos numa espécie de engate no chão, permitindo ao bailarino girar e inclinar-se mais para a frente, para concretizar o movimento que desafia a gravidade.

Antes da invenção do calçado patenteado, Michael Jackson chegou a utilizar cabos de suporte com um aro em volta da cintura, para criar a ilusão da inclinação.

Depois, com a ajuda de dois colegas de Hollywood, inspirou-se nas botas dos astronautas norte-americanos que podem ser acopladas a um trilho fixo, quando caminham em gravidade zero.

Mas, mesmo com calçados especialmente projectados para o efeito e com o apoio do engate referido antes, o movimento é incrivelmente difícil de concretizar, exigindo muita força no tronco, nos músculos das costas e nos membros inferiores, concluíram os médicos.

“Vários fãs de Michael Jackson, incluindo os autores da pesquisa, tentaram copiar este movimento e falharam, magoando-se muitas vezes durante os seus esforços”, alertam, quase ironicamente, os investigadores.

As hipóteses de lesão no tornozelo são significativas“, avisa ainda Tripathi, realçando que é preciso ter “músculos fortes e um bom apoio em redor do tornozelo”, pois não se trata de “um truque simples”.

Apesar das dificuldades, há quem tenha conseguido replicar com alguma mestria – embora não com a mesma surpreendente inclinação – o movimento anti-gravidade de Michael Jackson, e que até explica, com um tutorial, como se pode conseguir.

ZAP // BBC

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Este xarila no último video tem um arzinho mesmo ridículo com aquelas sobrancelhazinhas depenicadas. Enfim… O Michael Jackson era realmente um prodígio impar, na dança pela positiva e na caixa das ideias pela negativa.

  2. Desde quando é que isto é novo!! O truque já é conhecido há mais que anos, tanto é conhecido que o passo estava patenteado pelo Michael..

    • Exacto!…
      Isto já é conhecido há muitos anos, mas pegar num vídeo de 2009 para o colocar numa “notícia” de 2018 com o título “finalmente”, é mesmo o cúmulo do disparate!…
      A BBC já viu melhores dias e, já não bastava o lixo que é boa parte dos media brasileiros, foram juntar-se à festa…. o pior é ver o ZAP a importar esse lixo para cá!…

      • Caro Eu! (e Miguel)
        Apesar de o artigo ter um vídeo de 2009 que ilustra o movimento de MJ em 1987, a notícia é acerca de um estudo científico publicado há 3 dias, a 22 e Maio, na revista Journal of Neurosurgery: Spine, cujo link no texto parece ter passado despercebido.
        A ciência é feita todos os dias de coisas que já se sabia, mais ou menos ou por alto, ou que se suspeitava há décadas, mas que alguém agora comprova ou explica o como ou o porquê.
        Mas claramente, mesmo que assim não fosse, o ZAP assume com naturalidade e sem problemas o papel de contar, a um número frequentemente grande de leitores interessados, coisas que 1 ou 2 dos nossos leitores mais atentos conhecem há anos.
        E nunca esconderemos dessa aparente maioria de nossos leitores uma noticia, que invariavelmente afinal lhes interessava, apenas porque não é novidade para os nossos dois leitores que já sabem tudo.

        • Ok tudo bem, mas tendo em conta que isto (o encaixe dos sapatos) já é amplamente conhecido (daí o vídeo ser de 2009, etc), o uso de “finalmente explicado” no titulo é, no mínimo, exagerado!…
          Realmente eu não tinha reparado no link, mas fui ver e não é nenhum estudo ou investigação; é apenas um artigo explicativo da fisiologia humana, aplicado ao famoso movimento de dança do MJ!

            • Penso que quase todas as pessoas que conheciam e seguiam de alguma forma o percurso do MJ, já há muito que conheciam o truque do encaixe dos sapatos!…
              Mas, posso estar enganado…

RESPONDER

O maior avião do mundo vai ser uma plataforma de lançamento para veículos hipersónicos

A empresa que criou o maior avião do mundo, que apenas voou uma vez, encontrou uma nova funcionalidade para a aeronave: será usado como plataforma de lançamento para veículos hipersónicos, o que poderá revolucionar a …

Sondas da missão a Mercúrio vão passar pela Terra (e vão ser visíveis a olho nu)

A missão conjunta europeia e japonesa BepiColombo está a caminho de Mercúrio. Porém, para chegar lá, terá de passar novamente pela Terra. Este evento acontecerá em 10 de abril e as pessoas nas latitudes do sul …

Xiaomi lança máscara elétrica que carrega via USB

A pandemia de Covid-19 tem impulsionado o surgimento de alguns recursos melhorados para fazer face ao combate do novo coronavírus. É o caso da nova máscara de esterilização elétrica da Xiaomi, que carrega via USB. A …

Em paradeiro incerto, ministra da Guiné-Bissau diz correr perigo de vida

Ruth Monteiro, ministra da Justiça e dos Negócios Estrangeiros no Governo da Guiné-Bissau deposto no golpe do dia 27 de fevereiro, está em parte incerta e diz correr perigo de vida. De acordo com o semanário …

Ovelhas e bactérias estão a ajudar a combater o coronavírus

Anticorpos que podem ajudar a combater o SARS-CoV-2, o vírus que causa a covid-19, estão a ser testados em ovelhas. Estes podem ser usados para desenvolver testes de diagnóstico. O SARS-CoV-2, o vírus que causa a …

Marcelo sai uma vez por semana, usa máscara e luvas nas compras (e passa a Páscoa em Belém)

O Presidente da República afirmou este sábado que, para se proteger do surto de covid-19, só sai em trabalho uma vez semana, usa máscara nas compras e vai passar a Páscoa confinado no Palácio de …

A procura por sumo de laranja está a disparar (e a culpa é do coronavírus)

A procura por sumo de laranja tem disparado nos últimos tempos, muito devido à pandemia de covid-19. As pessoas querem reforçar o seu sistema imunitário. Já quase ninguém está indiferente à ameaça da pandemia de covid-19, …

Nove pessoas com covid-19 curadas após receberem plasma de doentes recuperados

Pelo menos nove pessoas internadas nos cuidados intensivos em Itália com covid-19 já foram curadas, depois de receberem plasma de pacientes recuperados. De acordo com o jornal italiano Corriere della Sera, os doentes receberam o plasma …

Grace tem seis anos e pode ser a autora mais nova de sempre de um artigo científico

Uma menina de seis anos, que vive na Austrália, pode ser a autora mais nova de sempre a ter um artigo científico publicado numa revista da especialidade. Grace Fulton tem uma enorme paixão por animais e, …

Geco encheu Lisboa com autocolantes (e a polícia de Roma está a pedir ajuda para o encontrar)

A polícia de Roma está a pedir ajuda à Associação Vizinhos de Lisboa para encontrar o graffiter Geco, cujas pinturas e autocolantes se podem ver por toda a capital portuguesa, e que está em investigação …