Morte de Kobe Bryant deixa o mundo em choque (e até a NBA violou as regras pela lenda)

A morte de Kobe Bryant aos 41 anos de idade, num acidente de helicóptero, deixou o mundo de luto. Por todo o lado surgem homenagens a um dos maiores jogadores de sempre da Liga Norte-Americana de Basquetebol (NBA) que é elogiado como uma “estrela” dentro e fora de campo. Na NBA, até as regras do jogo foram violadas para lhe prestar tributo.

O basquetebolista que fez toda a sua carreira nos Los Angeles Lakers morreu no domingo, na queda de um helicóptero, onde seguia também a sua filha Gianna, de apenas 13 anos de idade. Uma tragédia que deixou “em choque” Michael Jordan, o ex-basquetebolista que é, para muitos, o melhor jogador de sempre da NBA.

“As palavras não conseguem descrever a dor que sinto. Eu amava o Kobe, era como um irmão mais novo para mim“, refere Michael Jordan, antiga estrela dos Chicago Bulls, notando que costumava falar muitas vezes com ele. “Era um feroz competidor, um dos melhores do jogo e uma força criativa” e “também um pai fantástico que amava a sua família e que tinha muito orgulho no amor da sua filha pelo basquetebol”, constata ‘Air Jordan’ que conquistou 6 títulos na NBA.

Conhecido como ‘Black Mamba’ (cobra mamba negra), Kobe Bryant chegou à NBA aos 17 anos e jogou durante 20 anos nos Los Angeles Lakers, tendo conquistado 5 títulos da NBA e 2 medalhas de ouro olímpico (Pequim 2008 e Londres 2012). É um dos únicos sete atletas que ultrapassaram a marca dos 30.000 pontos na carreira.

O percurso e a marca de Kobe Bryant são tão evidentes para a NBA que, nos últimos jogos do campeonato, as homenagens ao ex-astro dos Lakers foram a norma, com vários jogos a começarem com violações de 24 segundos e de 8 segundos, em referência aos números que ele usou na camisola.

“Durante 20 temporadas, Kobe mostrou-nos o que é possível quando um talento extraordinário se mistura com uma absoluta devoção a ganhar“, frisa a NBA num comunicado, manifestando-se “devastada com a trágica morte”.

Kobe Bryant também foi homenageado na cerimónia de entrega dos Prémios Grammy em Los Angeles, com Alicia Keys e os Boyz II Men a entoarem a canção “It’s So Hard To Say Goodbye To Yesterday” como despedida ao basquetebolista. “Los Angeles, a América e o mundo inteiro perderam um herói”, referiu Alicia Keys antes de cantar, manifestando o “coração destroçado”.

Também o futebolista português Cristiano Ronaldo se junta aos milhares que publicaram mensagens de condolências pela morte do antigo basquetebolista. “Estou muito triste por saber as notícias devastadoras da morte de Kobe e da sua filha Gianna. Kobe era uma verdadeira lenda e uma inspiração para muitos“, escreve Ronaldo nas suas redes sociais.

https://twitter.com/Cristiano/status/1221578681472163841

O futebolista argentino Lionel Messi também se manifesta, enviando o seu “carinho para a família e amigos de Kobe”. “Foi um prazer conhecer-te e partilhar bons momentos juntos. Partiu um génio como poucos”, aponta Messi.

Outro jogador português a prestar tributo a Kobe Bryant é Nani que lembra que há apenas “10 dias” teve “o prazer” de o conhecer e de sentir quanto era “um grande ser humano”, agradecendo-lhe “as palavras simpáticas” que lhe deixou.

Em França, durante o jogo do campeonato entre o Paris Saint-Germain e o Lille, o futebolista brasileiro Neymar dedicou o golo que marcou, de penalti, ao basquetebolista.

https://twitter.com/urfreshtvsport/status/1221544709648191489

O Presidente dos EUA, Donald Trump, também se pronunciou pela morte de Kobe no Twitter, falando de uma “notícia terrível” e o ex-presidente, Barack Obama, lembra que ele era “uma lenda no campo” e que estava “apenas a começar no que teria sido um segundo acto significativo”.

O velocista e medalhado olímpico Usain Bolt diz que ainda não acredita na notícia e o rapper Kanye West agradece a Kobe Bryant por “toda a inspiração” que deixou.

Nas sucessivas homenagens, lembra-se que Kobe Bryant era um homem especial também fora do campo. Pelas redes sociais está a circular um vídeo em que o ex-basquetebolista surge a ajudar pessoas vítimas de um acidente de viação na Califórnia, em Dezembro passado.

A morte da filha de Kobe no acidente é um facto adicional de tristeza. A jovem de 13 anos era vista como uma basquetebolista promissora e era companhia frequente do pai em jogos de basquetebol. Um vídeo recente mostra a cumplicidade entre os dois, durante o intervalo de um jogo a que assistiram.

https://twitter.com/espn/status/1208552113271382023

Kobe Bryant e a filha Gianna seguiam no helicóptero particular do ex-atleta a caminho de um jogo de basquetebol que a jovem devia disputar. A bordo seguiam ainda um treinador de basebol, a sua mulher e a filha que jogava na mesma equipa de Gianna, além da treinadora das jovens.

As autoridades norte-americanas estão a investigar o acidente, enquanto continua o resgate das vítimas que está a ser dificultado pelos difíceis acessos. A queda deu-se numa zona montanhosa.

Kobe Bryant tinha mais três filhas, Natalia, Bianka e Capri, fruto de um casamento de vários anos que chegou a ser abalado por um escândalo, quando ele foi acusado de abuso sexual por uma empregada de hotel.

Em Fevereiro próximo, o basquetebolista deverá ser um dos nomeados para o Hall da Fama da NBA, algo que, em consequência da sua morte, será ainda mais marcante.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Um obstinado, competidor implacável, mentalmente ao nível de Michael Jordan! Do liceu para a NBA com 17 anos, foi um jogador quase tão marcante com o MJ e um grande atleta! Um dos poucos jogadores da sua geração a jogar apenas numa equipa, tendo tantos sucessos, durante 20 épocas!!! É uma perda tremenda, não somente por ele, mas principalmente pelas crianças envolvidas!!! Deus ajude a sua família!!!

  2. O comentário dessa besta chamada Donald Trump é no mínimo irônica e sarcástica. Nem deveriam publicar o comentário de um supremacista de carteirinha. Para ele, a morte de Kobe Bryant significa apenas um negro a menos vivendo em solo americano.

RESPONDER

Facebook promete investir 90 milhões para apoiar o jornalismo

A rede social Facebook prometeu esta segunda-feira investir 100 milhões de dólares (90 milhões de euros) na indústria do jornalismo. “O setor das notícias está a trabalhar sob condições extraordinárias para manter as pessoas informadas durante …

Covid-19 já faz estragos na indústria espacial. Concorrente da Space X declara falência

A empresa de satélites OneWeb, que tinha como objetivo ligar os lugares mais remotos do mundo à Internet, declarou esta sexta-feira falência depois de ter perdido um importante investidor por causa da pandemia de covid-19. …

CR7, Bernardo, Mourinho, Lage e mais 22 personalidades do futebol doaram 150 mil máscaras ao Hospital de Santo António

O agente Jorge Mendes juntou 26 personalidade do futebol, que vão desde jogadores, treinador e amigos, com o objetivo de dotar unidades hospitalares com materiais para combater a Covid-19. A iniciativa, que contou com a …

Italiana de 102 anos recuperou da covid-19. "Chamamos-lhe imortal"

Uma italiana, de 102 anos, recuperou da covid-19, depois de ter passado mais de 20 dias no hospital. Os médicos que a acompanharam vão agora estudar o seu caso. "Chamamos-lhe Highlander, a imortal", contou à CNN …

China já lucra com a Covid-19 (mas se a economia não engrenar depressa, pode nascer uma tempestade)

A China já está em fase de recuperação da Covid-19 e a economia do país dá sinais de vida, embora ainda longe dos patamares pré-pandemia. E o facto de o contágio continuar a alastrar por …

Cientistas de todo o mundo trabalham em 20 vacinas e 30 potenciais medicamentos

Cientistas em todo o mundo estão a trabalhar num total de 20 vacinas e 30 possíveis medicamentos contra o Covid-19, alguns dos quais já estão na última fase de testes antes da aprovação definitiva. De acordo …

Há uma vila na Lombardia sem infetados por Covid-19

Em Ferrera Erbognone, uma vila da Lombardia com mil habitantes e uma média de idades de 60 anos, ainda não se registaram casos de Covid-19, embora esteja no epicentro do surto em Itália. De acordo com …

Rei da Tailândia isola-se em hotel de luxo na Alemanha com 20 mulheres e vários servos

O rei da Tailândia, Maha Vajiralongkorn, decidiu isolar-se num hotel de luxo na cidade de Garmisch-Partenkirchen, na Alemanha, com a sua comitiva, que inclui um "harém" de 20 mulheres e vários servos. De acordo com o …

Rendas podem ser suspensas durante estado de emergência e mês seguinte

Empresas e famílias vão poder suspender o pagamento da renda nos meses em que vigore o estado de emergência e mês subsequente, de acordo com a proposta que cria um regime excecional de proteção aos …

Mais 11 pessoas detidas por desobediência. Número total sobe para 81

A PSP e a GNR detiveram até esta segunda-feira 81 pessoas pelo crime de desobediência no âmbito do estado de emergência iniciado dia 22 e decretado devido à pandemia de covid-19, anunciou o Ministério da …