Moléculas anti-cancerígenas encontradas em esponjas do mar

Cientistas de Harvard encontraram uma complexa classe de moléculas promissoras no combate ao cancro em poríferos, também conhecidos como esponjas do mar.

Halicondrinas são uma classe de moléculas que tem um grande potencial no combate ao cancro e já foram testadas em tratamentos a ratos. Cientistas da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, encontraram agora a sua presença em esponjas do mar.

Depois de arranjarem uma nova forma de sintetizar as moléculas, já têm uma quantidade suficiente para analisar a sua atividade biológica, as suas propriedades farmacológicas e a sua eficácia.

Estão a ser feitos avançados significativos com esta classe de moléculas no Japão e deverão ser iniciados ensaios clínicos nos Estados Unidos dentro dos próximos tempos, segundo explica o Tech Explorist. “Passamos décadas em investigação básica e fizemos um progresso tremendo”, reconheceu Yoshito Kishi, cientista responsável pelo estudo.

Takashi Owa, outros dos cientistas responsáveis pelo estudo, diz que “quando o produto natural foi identificado pela primeira vez há 33 anos por investigadores japoneses, despertou interesse imediato”. Já naquela altura, os cientistas perceberam o potencial das halicondrinas.

“Devido à estrutura única do produto natural, muitas pessoas estavam interessadas no modo de ação, e os investigadores queriam fazer um estudo clínico, mas a falta de fornecimento de medicamentos impedia que fizessem isso. Portanto, 30 anos passaram, infelizmente, mas o Prof. Kishi é um pioneiro neste campo“, rematou Owa.

Num avanço sem precedentes, os cientistas conseguiram sintetizar totalmente a molécula, permitindo que se avance para testes clínicos, como já era ambicionado há vários anos.

O estudo publicado este mês na revista Scientific Reports mostra o comportamento da molécula e como ela consegue reduzir os fibroblastos, que podem estar envolvidos na transformação de um cancro para a malignidade.

“A experiência de Kishi proporcionou-nos uma oportunidade única e empolgante de testar a molécula nos nossos sistemas. Nunca antes presenciei este tipo de colaboração tão eficiente, rápida e bem sucedida. Com apenas uma colaboração de três anos, passamos de uma fase de descoberta ao desenvolvimento clínico de uma molécula tão complexa com um mecanismo e um modo de ação muito únicos”, confessou Owa.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Parker Solar Probe lança nova luz sobre o Sol

Em agosto de 2018, a Parker Solar Probe da NASA foi lançada para o espaço, tornando-se pouco tempo depois a sonda mais próxima do Sol. Com instrumentos científicos de ponta para medir o ambiente em …

Encontrado no mar das Malvinas navio alemão da I Guerra Mundial 105 anos depois de naufragar

O naufrágio de um cruzador alemão da I Guerra Mundial foi identificado nas Ilhas Malvinas, onde foi afundado pela Marinha britânica há 105 anos. O SMS Scharnhorst foi o principal ativo da esquadra alemã na Ásia …

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …