Moedas antigas podem resolver o mistério do “Rei dos Piratas”

(CC0/PD) Wikimedia

Henry Every é talvez o pirata mais bem-sucedido de sempre.

A descoberta de um punhado de moedas antigas em Nova Inglaterra, nos Estados Unidos, pode ser a pista necessária para desvendar o paradeiro do pirata mais bem-sucedido de sempre.

Em causa está Henry Every, que fez o maior roubo pirata de todos os tempos, quando saqueou o navio Ganj-i-sawai, há mais de 300 anos. Este era um navio real de propriedade pessoal de um dos homens mais poderosos do mundo na época: o imperador mogol indiano Aurangzeb.

O império Mogol estimou o seu valor em cerca de 300 mil libras, enquanto os sinistros de seguro foram avaliados em 600 mil libras (o equivalente a cerca de 340 milhões de euros nos dias de hoje).

Segundo o historiador Jan Rogoziński, citado pelo The Jerusalem Post, “em apenas duas ou três vezes na história os criminosos conseguiram saques mais valiosos”.

Uma lenda sugere que após o saque do navio, o capitão pediu que uma grande parte da sua própria tripulação desembarcasse na costa de Madagáscar, para procurar por água e comida. Sem esperar pelo regresso dos marinheiros, levantou a âncora e escapou com toda a riqueza pilhada. A sua reputação era tal que muitos mais tarde o chamariam de “o rei dos piratas”.

Agora, o historiador amador Jim Bailey acredita ter encontrado a maior pista em séculos para solucionar esta caça ao homem com mais de 300 anos. Após o roubo ao Ganj-i-sawai, o império Mogol cortou todos os laços diplomáticos com Inglaterra e lançou uma caça ao homem para capturar o pirata.

Nunca ninguém encontrou Henry Every, que conseguiu manter-se escondido durante toda a sua vida. Reza a lenda que Every dividiu o saque com a sua tripulação nas Bahamas e, em 1696, seguiu para as ilhas britânicas. Foi aqui que se perdeu o rasto do infame pirata.

As moedas encontradas em Nova Inglaterra remetem ao século XVII, na Arábia, e sugerem que o “Rei dos Piratas” pode ter ido para as colónias americanas para se esconder com o seu espólio. Isto porque, na altura, os colonos americanos raramente viajavam para o Médio Oriente, fazendo com que fosse pouco provável que viesse de um habitante local.

Bailey sugere que Every se escondeu, essencialmente, à vista de todos, navegando para o movimentado centro comercial de Newport, em Rhode Island, para se fazer passar por um traficante de escravos. Esta hipótese é corroborada por registos, diz ainda o historiador, de um navio chamado Seaflower usado por alguns dos marinheiros de Every, a chegarem com a escravos a Newport.

O historiador encontrou o título de uma terra para um pirata dado por um xerife em Rhode Island e ainda a chegada do Seaflower apenas três semanas depois de Every ter deixado as Bahamas e antes de chegar à Irlanda um navio com o mesmo nome.

Daniel Costa Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ferro Rodrigues está "perfeitamente de acordo" com Marcelo sobre enriquecimento ilícito

O presidente da Assembleia da República (AR) concorda com o Presidente quanto à urgência de melhorar a lei contra o enriquecimento ilícito e diz que isso pode ser feito sem pôr em causa princípios constitucionais. Numa …

Índia regista subida drástica de infeções e mortes. EUA com 200 milhões de vacinas tomadas

O número de novas infeções pelo coronavírus dispararam na Índia, com a falta de preparação do Governo e a forma como a pandemia tem sido gerida apontadas como causas para a subida dos casos e …

Técnicos de diagnóstico. Depois de mais uma coligação da oposição, Executivo avalia o que fazer

Depois de mais uma coligação da oposição, o Governo "está a avaliar" o que irá fazer em relação à aprovação das mudanças na carreira de Técnico Superior de Diagnóstico e Terapêutica.  De acordo com o semanário …

Diretor de Finanças de Lisboa está em substituição desde 2015. Já ultrapassa tempo de comissão de serviço

Fernando Lopes, a maior estrutura regional da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), é diretor da Direção de Finanças de Lisboa em regime de substituição desde março de 2015. Quando a então diretora regional, Helena Borges, foi …

Portugal regista mais quatro mortes e 636 novos casos de covid-19

Portugal registou, esta quinta-feira, mais quatro mortes e 636 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 636 …

Luís Correia lança-se a Castelo Branco, num movimento que ainda não tem nome

O movimento ainda não tem nome e a apresentação da candidatura não tem data marcada, mas Luís Correia já assumiu que vai liderar uma candidatura independente à Câmara Municipal de Castelo Branco. Luís Correia vai testar …

Pavilhão de escola de Matosinhos fechado devido a estirpe de legionella

O pavilhão desportivo da Escola Secundária Abel Salazar, em Matosinhos, está fechado devido à presença de uma estirpe de legionella detetada nas canalizações, mas que "não constitui qualquer perigo para a saúde", confirmou a câmara …

TAP regista um prejuízo recorde de 1,2 mil milhões em 2020

Com menos 12,4 milhões de passageiros transportados, a TAP apresentou um resultado líquido negativo de 1,230 mil milhões de euros em 2020, contra um prejuízo de 106 milhões de euros em 2019, segundo dados enviados …

Chega organiza Convenção para "Governar Portugal" no fim de maio, mas promete "uso das máscaras"

O Chega vai organizar a sua III Convenção Nacional entre 28 e 30 de maio, em Coimbra, tendo por base a moção estratégica "Governar Portugal" do presidente reeleito, André Ventura, disse hoje à Agência Lusa …

Falta de plano e reservas face à viabilidade. Banco de Fomento chumba empréstimo à Groundforce

O Banco Português de Fomento (BPF) não aprovou o empréstimo de 30 milhões de euros pedido pelo Conselho de Administração da Groundforce, por não haver um plano de reestruturação da empresa e por falta de …