“Não somos uma moeda de troca”, diz Presidente do Irão. EUA terão de levantar sanções

president.ir

O presidente iraniano, Hassan Rohani

O Presidente irianiano, Hassan Rohani, fez na terça-feira um discurso em tom desafiador e inflamado na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), afirmando que os Estados Unidos (EUA) não terão outra alternativa que não seja ceder às exigências do Irão e levantar as sanções.

“Não somos uma moeda de troca ligada às eleições americanas e à política interna dos EUA”, disse Rohani no seu discurso pré-gravado difundido na Assembleia Geral da ONU, citado pela agência AFP.

Dirigindo-se a quem saia vencedor das próximas eleições presidenciais americanas, agendadas para 03 de novembro, Rohani disse que “qualquer governo saído das eleições não terá alternativa senão ceder perante a resiliência iraniana”.

O presidente norte-americano, Donald Trump, que se recandidata a um segundo mandato, retirou os EUA do acordo nuclear assinado com o Irão durante a administração de Barack Obama para evitar uma corrida ao armamento nuclear pelo Estado iraniano, restabelecendo depois as sanções ao Irão.

Trump acredita que sairá vencedor das eleições, e que o Irão acabará por ceder à “pressão máxima” dos EUA, negociando um novo acordo em termos impostos pelos americanos.

Joe Biden, adversário democrata de Trump nas presidenciais e ex-vice-presidente de Obama em funções quando o acordo com o Irão foi assinado, continua a defender o texto original, cada vez mais ameaçado pelas sanções de Washington ao Irão e a resposta de Teerão a essas sanções.

“Os EUA não nos podem impor nem negociações, nem a guerra”, disse Rohani. “A vida é dura debaixo de sanções. Mas a vida sem independência será ainda mais dura”, frisou. E perante a rejeição quase unânime do Conselho de Segurança da ONU à exigência dos EUA para que as Nações Unidas retomem as sanções ao Irão, Rohani reclamou vitória.

“A era da dominação e da hegemonia terminou”, disse, acrescentando que “o mundo deve agora dizer não às intimidações e à arrogância”.

Chris Kleponis / EPA POOL

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

No seu discurso, Trump fez uma alusão ao Irão, congratulando-se por ter retirado o seu país do acordo nuclear e imposto duras sanções “ao país que mais apoia o terrorismo no mundo”, tendo depois o Presidente francês, Emmanuel Macron, respondido que a França e os seus aliados europeus, Alemanha e Reino Unido, não vão transigir na recusa em restabelecer sanções a Teerão.

Mesmo denunciando as violações do acordo nuclear assinado em 2015 por parte do Irão, Macron considerou a manobra unilateral de Washington uma ameaça à unidade do Conselho de Segurança que arrisca agravar ainda mais as tensões na região.

Rohani atacou ainda os EUA ao comparar a sua política interna e os casos de violência policial, como o que vitimou o afro-americano George Floyd, com a política externa, considerando que o caso Floyd era uma “reminiscência” da sua própria experiência.

“Imediatamente reconhecemos o joelho em cima do pescoço como o pé da arrogância sobre o pescoço das nações independentes”, indicou o presidente iraniano, sublinhando que o seu país “pagou um elevado preço semelhante” na sua busca por liberdade e libertação da dominação.

Insistiu que o seu país “não merece sanções” e descreveu os EUA como um “elemento externo terrorista e intervencionistas”, antes de referir o apoio americano ao golpe de 1953 que cimentou o poder do Xá no Irão, que em última análise levaria o país à Revolução Islâmica e à hostilidade para com o ocidente.

Rohani fez ainda menção ao general Soleimani, da Guarda Revolucionária Iraniana, referindo-o como o “herói assassinado”, morto no início do ano por um ataque norte-americano em Bagdade – ao qual os iranianos retaliaram um ataque a uma base iraquiana onde estavam alojados soldados norte-americanos.

A semana de alto nível na Assembleia Geral da ONU começou esta terça-feira, com a abertura do debate geral, num formato sem precedentes nos 75 anos da organização, em que os discursos de chefes de Estado e de Governo será feita por vídeos previamente gravados, devido à pandemia.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Uniforme da II Guerra Mundial encontrado num pacote "cheio de história"

Um uniforme de piloto da Força Aérea Real (RAF), usado na II Guerra Mundial, foi descoberto embrulhado num pacote feito de folhas de jornais e vai agora a leilão. De acordo com a cadeia televisiva CNN, …

Primeiro motociclo voador do mundo pode alcançar uma velocidade de quase 490 km/h

A empresa Jetpack Aviation concluiu os testes referentes ao projeto Speeder, para o desenvolvimento de uma aeronave que faz descolagens e aterragens na vertical. Segundo a companhia, o veículo, que se assemelha a um motociclo, …

Scarlett Johansson processa Disney por estreia de "Viúva Negra" no streaming

A atriz norte-americana processou a Disney, esta quinta-feira, por violação do contrato, na sequência do lançamento digital do filme "Black Widow" na plataforma de streaming, adiantando que o seu salário estava dependente das receitas de …

Incidente com módulo russo fez EEI mudar de posição

A Estação Espacial Internacional (EEI) perdeu, esta quinta-feira, o controlo de orientação e saiu da posição configurada, na sequência de um incidente com o módulo russo Nauka. A situação, que se prolongou durante 47 minutos, aconteceu …

Relatório dos CDC indica que variante Delta é tão contagiosa como a varicela

Um relatório interno dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos indica que a variante Delta é tão contagiosa como a varicela. O jornal Washington Post teve acesso a este relatório interno …

Task force concorda que número de mortos e internados vacinados seja divulgado

A sugestão apresentada pelo presidente da Assembleia da República, de se divulgar os dados da vacinação nos internamentos e óbitos por covid-19, "é muito sensata", defendeu o coordenador da task force do plano de vacinação. Em …

Lucro da CGD sobe 18% para 294 milhões de euros no primeiro semestre

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) registou 294 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, mais 18% do que no período homólogo, foi anunciado esta sexta-feira. "A Caixa Geral de Depósitos registou 294 milhões de …

Acordar uma hora mais cedo diminui (muito) o risco de depressão

Estudo envolveu mais de 800 mil pessoas. Risco de cair em depressão desce 23%. Um estudo recente indica que, se uma pessoa se levantar uma hora mais cedo do que o habitual, o risco de cair …

Adeptos no Dragão: acabou o "enorme vazio no coração do FC Porto"

O Estádio do Dragão vai voltar a ter pessoas nas bancadas em jogos do FC Porto, 17 meses depois. O regresso vai acontecer na estreia na I Liga, contra o Belenenses SAD, e o clube …

México planeia libertar milhares de reclusos idosos ou que foram torturados

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta quinta-feira que vai libertar por decreto reclusos detidos em circunstâncias especiais, como os que foram torturados, os maiores de 75 anos e os que estão …