Ministro australiano pede desculpas por piada sobre subida do nível das águas

d.r. news.com.au

O ministro da Imigração australiano, Peter Dutton

O ministro da Imigração australiano, Peter Dutton

O ministro da Imigração australiano pediu hoje desculpas por ter feito uma piada sobre a subida do nível das águas que ameaça os estados insulares do Pacífico, que foi captada por um microfone e tem sido objeto de críticas.

“Eu devia ter percebido que havia um microfone, mas não foi o caso”, disse Peter Dutton à Sky News.

“Mas eu cometi um erro. Eu apresento as minhas desculpas a todos aqueles que se possam sentir ofendidos. Foi uma conversa animada com o primeiro-ministro e eu não queria atacar ninguém”, continuou.

Peter Dutton fez o comentário que originou a polémica na sexta-feira durante uma conversa com o primeiro-ministro, Tony Abbott, acabado de voltar do Fórum das Ilhas do Pacífico na capital da Papua Nova Guiné, em Port Moresby.

Como o evento onde estavam parecia estar atrasado, Dutton fez menção ao “tempo de Cape York”, uma referência a uma área indígena remota no nordeste da Austrália e referida pelo Sydney Morning Herald como resultado de uma “visão estereotipada” da “abordagem fluída” do tempo por esta minoria.

O primeiro-ministro reagiu ao comentário, afirmando que também “tivemos um pouco disso em Port Moresby”.

O tempo não significa nada quando tens a água prestes a chegar à tua porta“, disse Peter Dutton, com um sorriso nos lábios.

Nas imagens difundidas pelas televisões presentes no local para a cobertura do evento, vê-se o primeiro-ministro a rir, enquanto o ministro dos Assuntos Sociais, Scott Morrison, os avisa que um microfone registou a cena.

Durante a reunião dos 16 países membros do Fórum das Ilhas do Pacífico, os pequenos países insulares não conseguiram convencer a Austrália e Nova Zelândia a limitar o aquecimento global médio a 1,5 graus celsius em relação aos níveis pré-Revolução Industrial, em vez da atual meta de estabelecida em 2 graus celsius em relação ao valor registado antes da era industrial.

O primeiro-ministro da Papua Nova Guiné, Peter O’Neill, considerou as palavras de Dutton “infelizes”.

“A subida do nível da água é um assunto que afeta milhares de pessoas no Pacífico”, disse em comunicado.

“Os habitantes do Pacífico não são responsáveis pelo aquecimento climático, mas sofrem com ele“, acrescentou.

O líder da oposição trabalhista australiana, Bill Shorten, fez eco das recentes palavras do Presidente norte-americano Barack Obama, ao afirmar que “um líder que considera as alterações climáticas como uma piada não é digno de ser líder”.

Tony Abbott saiu em defesa de Dutton, apontando que o seu ministro passou a semana a elaborar planos para reinstalar 12.000 refugiados do Médio Oriente.

“Se há alguma coisa que deve ser lembrado sobre a semana de Peter Dutton é que esta foi a semana em que ele arquitetou o plano para trazer quase 12.000 pessoas com necessidades para este país”, afirmou Abbott em Canberra.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Flamengo chega a acordo com o Inter por Gabigol

Flamengo e Inter de Milão já chegaram a acordo para a transferência definitiva de Gabigol, jogador que esteve durante a última temporada na equipa brasileira por empréstimo. Segundo o portal brasileiro Globo Esporte, os dirigentes do …

Espanha quer "assaltar" o lugar de Centeno no Eurogrupo

Nadia Calviño, a número dois do Governo Espanhol, assume-se como favorita para assumir a presidência do Eurogrupo, caso o ministro das Finanças português, Mário Centeno, decida não entrar na corrida. A notícia é avançada esta terça-feira …

Dívidas de hospital de Lisboa travam compra de dois medicamentos para cancro

As dívidas do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte, que inclui os hospitais de Santa Maria e Pulido Valente, levaram o Tribunal de Contas (TdC) a chumbar a compra de dois medicamentos para um cancro …

Em 15 dias, foram transferidos 73 milhões da Sonangol para uma empresa de Isabel dos Santos

Em 15 dias, foram transferidos 73 milhões das contas da petrolífera estatal Sonangol no private banking do Eurobic, em Lisboa, para uma empresa de Isabel dos Santos, avança o Correio da Manhã esta terça-feira. …

Livro de John Bolton pode prolongar julgamento de Donald Trump

  Ao segundo dia de defesa dos advogados da Casa Branca no julgamento do impeachment de Donald Trump, caiu uma "bomba" no Senado. O livro escrito por John Bolton, ex-conselheiro de segurança nacional do Presidente dos …

Afinal, Bruno Fernandes pode rumar ao Barcelona (e fazer escala no Valência)

Afinal, o futuro do internacional português Bruno Fernandes pode passar por Espanha e não por Inglaterra, onde foi dado como quase certo. O negócio envolve dois emblemas espanhóis e o avançado ex-Benfica Rodrigo Moreno. De …

Coronavírus já matou 106 pessoas na China. E já chegou à Alemanha

A China elevou para 106 o número de mortos causados pelo coronavírus e o número de infetados já chegou aos quatro mil. Esta segunda-feira, confirmou-se um caso na Alemanha, sendo agora o segundo país da …

Iniciativa Liberal quer privatizar CGD, TAP e RTP

O Iniciativa Liberal quer privatizar a Caixa Geral de Depósitos, a TAP e a RTP. Esta segunda-feira, no Parlamento, o deputado único João Cotrim Figueiredo defendeu ainda a redução do IVA na eletricidade para uma …

PSD convidou BE e PCP para negociar. Teme-se uma "perigosa" coligação negativa no IVA da luz

O PSD está disponível para "conversar" com a esquerda parlamentar para negociar uma solução que permita baixar o IVA da eletricidade. A garantia foi dada por um dos coordenadores do processo orçamental do PSD, Duarte Pacheco, …

Cientistas fazem múmia de 3.000 anos "falar" (e já a podemos ouvir)

Uma equipa de cientistas recriou o som da voz de um antigo padre egípcio com a ajuda de uma múmia com três mil anos e usando uma combinação de tomografias computadorizadas, impressão 3D e uma laringe …