Ministério nega “situação anómala” de alunos ainda sem professores

Marcos Santos / USP

Milhares de alunos continuam sem professores um mês depois de as aulas terem começado e o Ministério da Educação diz não ter sido informado de qualquer “situação anómala ou de uma falta sistémica de docentes”.

Ainda existem mais de mil horários nas escolas sem professores atribuídos, o que significa cerca de duas mil turmas sem docente, segundo um levantamento feito pelo blogue do professor Arlindo Ferreira, especialista em estatísticas da educação, que teve por base os resultados dos concursos de contratação de escola.

Um mês depois do arranque do ano letivo, há milhares de alunos que continuam sem ter aulas a uma determinada disciplina ou a mais do que uma, à semelhança do que já aconteceu no passado.

Há mais de duas mil turmas com falta de professores

Em declarações à Lusa, o gabinete de imprensa do Ministério da Educação disse que “não tem reporte de qualquer situação anómala ou de uma falta sistémica de docentes. Também, tal como nos últimos anos, as reservas de recrutamento e, por conseguinte, o fluxo de substituições e preenchimento de vagas acontece semanalmente”.

A falta de professores é mais notória nos distritos de Lisboa, Setúbal e Faro e os grupos de recrutamento mais problemáticos são Informática, Geografia, Educação Moral e Religiosa Católica (EMRC), segundo o blogue do professor Arlindo Ferreira.

Durante os processos de contratação, alguns diretores foram informados pelos professores que iriam recusar o lugar porque não era economicamente viável tendo em conta os elevados preços do mercado de arrendamento.

Para o presidente da Associação Nacional de Diretores de Agrupamentos e Escolas (ANDAEP), Filinto Lima, a solução poderia passar pela criação de uma espécie de subsídio de alojamento para os docentes deslocados.

Já a Federação Nacional de Educação (FNE) defendeu, no roteiro para a legislatura 2019/2023, a atribuição de residências para docentes deslocados a mais de 100 km do seu domicilio.

A Lusa questionou o ME sobre a hipótese de avançar com alguma destas propostas para minorar o problema mas não obteve qualquer resposta.

No entanto, o PS prometeu no seu programa eleitoral “criar incentivos” em áreas do país onde a oferta de profissionais é escassa assim como avançar com “condições para uma maior estabilidade e rejuvenescimento do corpo docente”.

O PS comprometeu-se a “estudar o modelo de recrutamento e colocação de professores com vista à introdução de melhorias que garantam maior estabilidade do corpo docente, diminuindo a dimensão dos quadros de zona pedagógica”.

Também se comprometeu a “elaborar um diagnóstico de necessidades docentes de curto e médio prazo (5 a 10 anos) e um plano de recrutamento que tenha em conta as mudanças em curso e as tendências da evolução na estrutura etária da sociedade e, em particular, o envelhecimento da classe docente”.

No programa do partido agora reeleito lê-se que “não é possível pensar na concretização de políticas públicas de educação alheadas de profissionais com carreiras estáveis, valorizadas e de desenvolvimento previsível”.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …

Irão corta acesso à Internet após protestos contra a subida do preço da gasolina

O Irão cortou o acesso à internet no sábado, após os protestos contra o aumento do preço da gasolina, que provocaram fortes confrontos entre manifestantes e forças de segurança. O Irão cortou o acesso à internet …

A maior parte das Testemunhas de Jeová não apresenta queixa em caso de abuso sexual. Mas uma nova lei pode alterar essa realidade

Em casos de abuso sexual dentro organização religiosa Testemunhas de Jeová, a maior parte das vítimas não acusa os agressores por receio de serem excluídas, revelou um artigo da Vice. Agora, uma nova lei norte-americana, …

Hong Kong. Agente atingido por flecha e operação policial reforçada com canhão de água

Um polícia foi atingido numa perna por uma flecha lançada por manifestantes antigovernamentais e pró-democracia, informaram as forças de segurança, que reforçaram a operação no local com um canhão de água. Um polícia foi atingido …

Príncipe André nega ter abusado sexualmente de jovem de 17 anos

O príncipe André, filho de Isabel I, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001 e, este …

FC Porto tira pão da boca ao Sporting ao desviar central brasileiro

Os 'dragões' podem estar perto de chegar a acordo para a transferência de Gustavo Henrique. O central do Santos estava em negociações com o Sporting, mas uma forte investida do FC Porto, pode ter mudado …