O metal do asteróide que matou os dinossauros pode ser uma arma contra o cancro

Cinemuse / Vimeo

O asteróide que extinguiu os dinossauros atingiu a Terra com um energia equivalente a dez mil milhões de bombas de Hiroshima

Uma nova investigação de cientistas britânicos e chineses sugere que há um metal precioso que pode ajudar a eliminar células cancerígenas: o metal do asteróide que extinguiu os dinossauros.

Esta é a conclusão de um estudo realizado em conjunto por universidades do Reino Unido e da China, segundo o qual os investigadores conseguiram eliminar células cancerígenas, preenchendo-as com oxigénio em estado excitado com irídio.

Este elemento químico encontra-se presente na crosta terrestre há cerca de 66 milhões de anos, com alguns cientistas a acreditar na teoria de que chegou ao nosso planeta com o asteróide que provocou a extinção dos dinossauros.

A platina, outro elemento químico, “utiliza-se em mais de 50% das quimioterapias”, assim como outros metais preciosos, tais como o irídio, porque têm um grande potencial para desenvolver “drogas específicas que atacam as células cancerígenas de uma forma completamente nova e que combatem a sua resistência”, destaca Peter Salder, um dos autores deste estudo, publicado no Angewandte Chemie International Edition.

Concretamente, este método consiste em introduzir um composto com partículas de irídio num tumor e, posteriormente, utilizar um laser através da pele na zona cancerígena. Isto desencadeia um processo que liberta o oxigénio em estado excitado dentro das células malignas até causar a sua destruição.

Durante a investigação, os cientistas utilizaram uma amostra de um cancro do pulmão, que “bombardearam” com um feixe de luz vermelha para ativar este composto. Como resultado, todas as células foram destruídas e, além disso, o processo não afetou as células saudáveis.

Este estudo assume “um salto” nos esforços para compreender o funcionamento dos compostos anti-cancerígenos deste tipo e “introduz diversos mecanismos de ação” que apontam como vencer a resistência desta doença e “atacar o cancro de diferentes ângulos”, diz ainda o co-autor do estudo, Cookson Chiu.

ZAP // RT

PARTILHAR

RESPONDER

Sporting CP 1-0 Marítimo | Borja dispara rumo ao pódio

O Sporting sofreu, mas levou a “água ao seu moinho”. Na recepção ao um Marítimo consistente, mas pouco perigoso, o “leão” venceu por 1-0, numa partida com poucas ocasiões de golo, mas com domínio claro …

Reino Unido vai tornar públicos registos de avistamentos de OVNIs

A Força Aérea britânica vai disponibilizar todos os documentos sobre os avistamentos de OVNIs online. Até então, os registos eram mantido sob segredo. A Força Aérea Real do Reino Unido decidiu tornar públicos os registos de …

Sobreviventes a um cancro na infância têm maior probabilidade de vir a ter outro

Sobreviventes a um cancro têm uma maior probabilidade cinco vezes maior de vir a ter outro em comparação com a população em geral. O risco vai diminuindo ao longo do tempo desde o primeiro diagnóstico. Pessoas …

Lineker: "Se pusessem a minha equipa de 1990 a jogar contra uma moderna, seríamos assassinados"

"Se pusessem a minha equipa de 1990 a jogar contra uma moderna, seríamos assassinados", disse Gary Lineker, antigo internacional inglês, que agora é comentador da BBC. Em entrevista ao The Guardian, o antigo avançado da seleção …

Bater com um cutelo e espezinhar. A massagem que promete livrar de todas as dores

Santiago Terrases oferece uma massagem única, na qual calca as pessoas com os pés e bate-lhes com um cutelo. O norte-americano garante que consegue tirar todas as dores. No estado de Nevada, nos Estados Unidos, está …

"Choveram" propostas de empréstimo por Marega

O emblema portista recebeu vários proposta de empréstimo por Moussa Marega, mas acabou por as rejeitar. O FC Porto apenas abre mão do jogador caso seja paga a cláusula de rescisão. A imprensa francesa avança esta …

Crise de saúde mental nos jovens. Há um sexo mais em risco do que o outro

O uso regular de redes sociais pode afetar a saúde mental dos jovens. No entanto, os seus efeitos podem-se manifestar mais drasticamente em raparigas do que em rapazes. Desde 2010, as taxas de depressão, automutilação e …

PS quer limitar "vistos Gold" aos municípios do interior e às regiões autónomas

O PS entregou hoje uma proposta de alteração ao Orçamento em que limita a concessão dos "vistos Gold" a investimentos feitos por estrangeiros em municípios do interior ou nas regiões autónomas dos Açores e da …

Mais acidentes, afogamentos e suicídios num mundo mais quente

As temperaturas mais elevadas vão provocar mais acidentes rodoviários, afogamentos, agressões e suicídios, revelou uma nova investigação. Até ao momento, a grande parte das pesquisas em torno das alterações climáticas centrou-se nas mortes por doenças transmitidas …

Jóias de ouro e prata com plástico. Justiça não vê mal nenhum e iliba marca Tous

O processo de investigação aberto à marca TOUS por alegada fraude com jóias de ouro e plástico contendo plástico no seu interior, foi arquivado. A Justiça espanhola entende que, apesar de as jóias conterem plástico, …