Encontrada mensagem numa garrafa que passou 132 anos no mar

Uma família australiana encontrou, numa praia no sudoeste da Austrália, uma mensagem dentro de uma garrafa de gin que tinha sido atirada de um navio alemão em junho de 1886, informaram esta terça-feira os media locais.

A mensagem na garrafa passa a ser a mais antiga registada, superando a anterior que datava de há 108 anos, de acordo com a rede de televisão australiana ABC.

A descoberta aconteceu quando Tonya Illman passeava com a sua família por uma praia de Wedge Island, cerca de 180 quilómetros a norte de Perth, quando encontrou uma “bonita garrafa velha”, que a mulher quis “levar para a sua estante”.

Lá dentro encontrou um papel enrolado e atado com um cordel. “Levámo-lo para casa e quando o abrimos reparámos que tinha algo escrito à mão em alemão”, contou à ABC.

“Tonya viu muito lixo no chão e queria ajudar a limpar a praia”, disse o marido, em declarações à BBC. Quando perceberam que havia um papel no interior da garrafa, que no início pensavam ser um cigarro enrolado, “tentou desatar a cordinha, mas era muito frágil”, por isso, levaram para casa e colocaram “dentro do forno durante cinco minutos para tirar a humidade”, recorda.

“Depois, desenrolamos e vimos a escrita. Não conseguimos ver a tinta escrita à mão naquele momento, mas vimos um pedido para que o seu leitor entrasse em contacto com o consulado alemão quando encontrasse a mensagem”, acrescenta.

A mensagem datava de 12 de junho de 1886 e indicava ter sido atirada da embarcação Paula enquanto navegava a cerca de 950 quilómetros da costa sudoeste da Austrália.

Contactado o Museu da Austrália Ocidental (Museum of Western Australia), o arqueólogo marítimo Ross Anderson descobriu que a garrafa seria de gin holandês do século XIX.

Anderson contactou então colegas alemães e holandeses, que compararam o manuscrito com os registos do diário de bordo do Paula.

“Incrivelmente, havia uma entrada de 12 de junho de 1886 na qual o capitão registou o lançamento de uma garrafa ao mar”, explicou o arqueólogo, que salientou que “a data e as coordenadas correspondem exatamente ao que está na mensagem“.

Depois desta descoberta, a família Illman cedeu o achado ao Museu da Austrália Ocidental durante dois anos, onde estará exposto a partir da próxima quarta-feira.

O Observatório Naval Alemão conduziu várias experiências para entender as correntes oceânicas, tendo lançado milhares de garrafas de gim holandês ao mar entre 1864 e 1933.

Nas mensagens, em que o capitão registava a data, coordenadas e detalhes da rota, era pedido que a folha fosse devolvida ao Observatório Naval Alemão ou ao consulado alemão mais próximo, conta a ABC.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Vacina deve ser um bem global de saúde pública". OMS critica "nacionalismo de vacinas"

A Organização Mundial de Saúde (OMS) criticou na quinta-feira o "nacionalismo de vacinas" para a covid-19, afirmando que qualquer país terá benefícios económicos e de saúde se o resto do mundo recuperar da pandemia. "O nacionalismo …

Depois da explosão, os protestos em Beirute. Manifestantes anti-Governo pedem mudança política urgente

Esta quinta-feira, dezenas de manifestantes foram dispersos com gás lacrimogéneo quando protestavam na sequência da explosão em Beirute, capital do Líbano, que provocou pelo menos 149 mortos, cinco mil feridos e a destruição de casas …

Em vez de flores, família de Fernanda Lapa pede donativos por Bruno Candé

A família da atriz, que faleceu esta quinta-feira, apela a que quem queira oferecer flores para o funeral faça antes um donativo para os herdeiros do ator Bruno Candé, que foi assassinado, em Lisboa. "A Família …

Orbán diz que todos os migrantes ilegais são potenciais "bombas biológicas"

O primeiro-ministro da Hungria, o ultranacionalista Viktor Orbán, defendeu esta sexta-feira que se deve impedir a chegada de imigrantes ilegais ao país porque estes são potenciais "bombas biológicas" devido à covid-19. Conhecido pelos seus discursos contra …

Donald Trump proíbe transações com empresa chinesa detentora do TikTok

Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe as transações com a ByteDance no prazo de 45 dias e o Senado já aprovou o projeto de lei que proíbe o descarregamento e utilização da aplicação. …

Preocupado com os incêndios, Marcelo admite interromper férias. Ontem foi o pior dia

O Presidente da Repúblic disse esta quinta-feira que está a acompanhar a vaga de incêndios que assola o território continental e admitiu a possibilidade de interromper as férias no Porto Santo se a situação piorar. "É …

Portugal foi o "patinho feio", mas volta a estar em contraciclo com a Europa (por bons motivos)

Portugal destaca-se agora por apresentar uma tendência de redução de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, ao contrário de outros países europeus. Quando o novo coronavírus começou a ganhar terreno no continente europeu, Portugal foi …

Kim Jong-un insiste que a Coreia do Norte travou o vírus, mas intensifica combate à covid-19

Kim Jong-un tem repetido várias vezes que a Coreia do norte "travou o vírus maligno", mas o reforço das medidas de combate à covid-19 e a canalização urgente de material médico e alimentos para Kaesong …

Novo Banco tinha autorização de Bruxelas para financiar venda de imóveis

A DG Comp da Comissão Europeia autorizou o Novo Banco a conceder crédito aos compradores do imobiliário vendido pela instituição. Quando o Novo Banco foi constituído, o acordo assinado entre a Direção Geral da Concorrência europeia …

Quase cinco meses depois, a Champions está de volta

A Liga dos Campeões é retomada esta sexta-feira, quase cinco meses depois da suspensão devido à pandemia de covid-19. Suspensa logo depois do jogo Leipzig-Tottenham, disputado a 11 de março, a prova milionária está de regresso …