Martin Schulz anuncia abandono imediato da liderança do SPD

European Parliament / Flickr

Martin Schulz anunciou a sua saída imediata da presidência do Partido Social-Democrata (SPD) em crise, mas a sua substituta designada, Andrea Nahles, vai enfrentar novas dificuldades para lhe suceder devido a uma rebelião interna.

“Anunciei às instâncias do partido que a partir de hoje deixo as minhas funções“, declarou aos media em Berlim. “O SPD necessita de uma renovação em termos de pessoas e de programa”, acrescentou.

Na semana passada Martin Schulz já tinha anunciado a intenção de renunciar ao cargo. Pretendia então transferir a liderança do partido para Andrea Nahles, atual presidente do grupo parlamentar do SPD, com o objetivo de se tornar ministro dos Negócios Estrangeiros do futuro Governo de Angela Merkel.

Em poucos dias, este cenário foi posto em causa. Martin Schulz renunciou então ao posto de chefe da diplomacia devido às críticas das bases do partido, que o censuraram por pensar em demasia na sua carreira pessoal e por incumprimento de uma promessa.

No final de 2017, e após uma pesada derrota do partido nas eleições legislativas, Schulz afirmou que jamais integraria um Governo dirigido pela chanceler conservadora. A sua pretensão em tornar-se no futuro chefe da diplomacia também foi mal recebida pelo atual detentor do lugar, Sigmar Gabriel, outro dirigente do SPD.

Na noite de hoje Martin Schulz reconheceu que a presidência do partido é um “posto difícil” e assegurou que vai partir “sem amargura”.

Eleito há apenas um ano para a liderança do SPD com o estatuto de salvador, e considerado um possível rival de Angela Merkel, o antigo presidente do Parlamento Europeu conhece um fim abrupto e humilhante, assinala a agência noticiosa France-Presse (AFP).

Após o SPD ter registado nas legislativas de setembro o pior resultado eleitoral (20,5%) desde 1945, Martin Schulz assiste hoje à fratura do seu partido sobre a oportunidade de voltar a aliar-se uma vez mais à direita para governar, e a uma contínua descida nas intenções de voto.

Uma última sondagem publicada hoje no Bild atribui ao SPD 16,5% das intenções de voto, muito próximo do partido de extrema-direta AfD, que regista 15%. Também se previa que Andrea Nahles assumisse hoje interinamente a liderança do SPD e que apenas fosse tornada oficial através de uma designação durante um congresso na primavera.

No entanto, diversos responsáveis e federações regionais do partido opõem-se e pretendem que Nahles seja submetida a uma votação no congresso do partido para ocupar o posto supremo.

Perante este impasse, a chefia do SPD será ocupada interinamente pelo presidente da Câmara de Hamburgo, Olaf Scholz, que deverá tornar-se ministro das Finanças no futuro Governo liderado por Merkel.

Andrea Nahles deverá ser confirmada na liderança durante o congresso de 22 de abril em Wiesbaden. Hoje, as instâncias dirigentes do SPD propuseram por unanimidade a sua candidatura.

Assim, deverá tornar-se na primeira mulher presidente deste movimento fundado há 150 anos. Resta saber qual o destino que os 464.000 militantes do SPD vão reservar ao acordo de Governo negociado pela sua direção com os conservadores.

A votação interna sobre esta questão, com resultado incerto, está agendada para 4 de março.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Casa de animais". Escândalo sexual nos Dallas Mavericks abala NBA

O ex-presidente executivo da equipa da NBA foi acusado por várias funcionárias de assédio sexual, assim como o responsável pelo site da organização. Uma investigação levada a cabo pela Sports Illustrated revelou, esta quarta-feira, as práticas de …

Sporting vs Astana | Leão empata mas segue em frente

O Sporting cumpriu o esperado e apurou-se para os oitavos-de-final da Liga Europa, apesar de empatar com o Astana, em casa, por 3-3. Após uma primeira parte de alguns sustos, Bruno Fernandes “abriu o livro” após …

REN pode vir a pagar metade da fatura da tarifa social do gás

Esta quinta-feira, o jornal Público avança que o Governo quer que, em vez dos consumidores, sejam as "transportadoras" e "comercializadoras" a financiar a tarifa social do gás. A ERSE terá de adaptar as tarifas à …

Proteína BolA torna bactéria salmonela mais resistente

Uma equipa de cientistas portugueses está a estudar a proteína BolA, de forma a tentar combater o facto de a salmonela ser um dos grandes problemas existentes na atualidade, já que esta bactéria pode contaminar …

Presidente da Ford nos EUA demite-se por comportamento inadequado

Uma investigação interna concluiu que Raj Nair levou a cabo comportamento "inconsistente com o código de conduta da empresa". O Presidente da Ford nos EUA, Raj Nair, demitiu-se "com efeitos imediatos" depois de uma investigação interna …

PJ investiga contas bancárias de Bruno de Carvalho e de familiares

As contas bancárias de Bruno de Carvalho, presidente do Sporting, estão a ser passadas a pente fino por investigadores da Polícia Judiciária, no âmbito das suspeitas em torno de eventuais "luvas" nas transferências de jogadores. A …

Rúben Semedo em prisão preventiva acusado de tentativa de homicídio

O futebolista português Rúben Semedo, internacional sub-21 que joga no clube espanhol Villarreal, vai ficar em prisão preventiva, a aguardar julgamento, depois de ter sido acusado de tentativa de homicídio. Um juiz do tribunal de Líria, …

Opositor russo Alexei Navalny detido um mês antes das presidenciais

O líder da oposição russa Alexei Navalny anunciou ter sido detido pela polícia em Moscovo, a menos de um mês das eleições presidenciais, para as quais apelou ao boicote. Através do Twitter, Navalny disse ter sido …

Com 13 anos, Jack não conseguiu jogar na lotaria (mas comprou uma arma)

Jack, um rapaz norte-americano de 13 anos, tentou, sem sucesso, comprar cerveja, cigarros, revistas para adultos ou até jogar na lotaria. Mas quando se tratou de comprar uma arma, conseguiu-o em menos de dez minutos. O …

PCP sozinho na luta contra o Acordo Ortográfico

PSD, PS, CDS e BE demarcaram-se, esta quarta-feira, do projeto de resolução do PCP, que pretende a desvinculação de Portugal do Acordo Ortográfico de 1990, ainda que admitam a necessidade de o aperfeiçoar. Na defesa do …