Mark Zuckerberg quer criar um assistente doméstico como o do Homem de Ferro

wiredphotostream / Flickr

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook

Mark Zuckerberg, fundador do Facebook

O fundador do Facebook quer desenvolver um sistema de inteligência artificial que lhe permita controlar algumas funções em sua casa e que o ajude com as várias tarefas que tem para fazer no dia-a-dia.

No início de um novo ano, são várias as resoluções que passam pela cabeça das pessoas normais, passando por fazer mais exercício físico ou por comer de uma forma mais saudável.

Tal como todos nós, também Mark Zuckerberg quis traçar os objetivos para 2016, apesar de estes serem um bocadinho mais ousados do que os da população dita normal.

Através de uma publicação no Facebook, o fundador desta rede social explicou que quer desenvolver um assistente doméstico semelhante ao JARVIS, a tecnologia usada pelo Homem de Ferro.

“Todos os anos, escolho um desafio pessoal que me leve a aprender coisas novas e a crescer fora do meu trabalho no Facebook. Os últimos foram ler dois livros por mês, aprender mandarim e conhecer uma pessoa nova todos os dias”, começa por dizer.

Segundo o fundador da rede social, o objetivo é criar um sistema de inteligência artificial capaz de o ajudar no seu trabalho, tal como acontece na mansão de Tony Stark, personagem que dá nome ao super-herói da Marvel.

“O meu desafio pessoal para 2016 é construir um sistema simples em minha casa que me ajude com o meu trabalho. Podem considerá-lo uma espécie de JARVIS no Iron Man”, compara.

Para isso, o norte-americano diz que vai começar a explorar o que já existe dentro desta tecnologia e fazer com que o seu sistema comece a entender uma série de comandos.

“Vou começar por explorar a tecnologia que já existe deste género. De seguida, vou começar a fazer com que a minha voz consiga controlar tudo em nossa casa – música, luz, temperatura e por aí fora“, explica.

Nem mesmo a sua filha recém-nascida vai ficar longe deste novo objetivo, já que o sistema terá capacidade para monitorizar as suas necessidades e avisá-lo mesmo quando não estiver por perto.

“Vou fazer com que deixe os meus amigos entrar em casa quando tocam à campainha através de um sistema de reconhecimento facial. Vou fazer com que me alerte quando algo se passar no quarto da Max (…)”, continua.

Com o ano de 2016 a dar ainda os primeiros passos, Mark Zuckerberg tem um longo caminho pela frente para pôr esta ideia em prática.

ZAP / Canal Tech

PARTILHAR

RESPONDER

Romualda Fernandes - PS

"Senti alguma dor". Romualda Fernandes fala sobre a atitude racista da qual foi vítima

Romualda Fernandes pronuncia-se pela primeira vez sobre a notícia da Lusa para dizer que aquilo que a define não é a cor da pele, mas os seus valores. Em causa está uma notícia da Agência Lusa, …

Elefantes encontrados mortos numa reserva florestal. Envenenamento pode ser a causa

As autoridades estão a tentar perceber de que forma é que os 18 elefantes selvagens asiáticos morreram no nordeste da Índia. Os elefantes, que incluíam cinco filhotes, foram encontrados mortos na reserva florestal protegida de Kondali, …

"Máxima segurança". Porto de Lisboa com protocolo de segurança para receber cruzeiros

A administração do Porto de Lisboa assinalou este domingo o regresso do movimento de passageiros de cruzeiros a partir desta segunda-feira, com o levantamento das restrições ao desembarque de passageiros em viagens não essenciais, sublinhando …

”Terrível engano”. Programa do Governo para incentivar regresso dos emigrantes exclui as ilhas

O Programa Regressar, criado em 2019 pelo Governo da República para incentivar o regresso dos emigrantes ao país, descrimina os Açores e a Madeira. O Governo prolongou os apoios (que podem chegar aos 7679 euros por …

Relatório alerta que parte da produção de painéis solares depende da exploração de uigures

A região de Xinjiang, na China, evoluiu nas últimas duas décadas e tornou-se num importante centro de produção para muitas das empresas que fornecem ao mundo as peças necessárias para a construção de painéis solares. No …

Morreu a atriz brasileira Eva Wilma. Tinha 87 anos

A atriz de brasileira Eva Wilma morreu este sábado aos 87 anos no hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde estava internada desde abril devido a um cancro de ovário. A artista tinha sido internada a …

Marcelo quer descentralizar poder para regionalizar bazuca europeia

Marcelo Rebelo de Sousa quer desconcentrar poderes do Estado central para as comissões de coordenação e desenvolvimento regio­nal (CCDR), já a pensar na execução dos milhões que vão chegar de Bruxelas. A perspetiva do Chefe de …

Humanos mudam os ecossistemas com fogo há quase 100 mil anos

Um novo estudo mostra que os humanos têm mudado o ambiente em que vivem recorrendo ao fogo há pelo menos 92 mil anos. Ao chegar a novas terras, os humanos usaram o fogo para as mudar …

Catarina Martins considera “absurda” proposta de reforma das Forças Armadas

A coordenadora do BE, Catarina Martins, considerou a proposta de reforma das Forças Armadas feita pelo Governo “absurda” e de “absoluta submissão à NATO”. “A proposta do Governo é absurda, é uma proposta que centraliza decisões, …

Egito abre fronteira com Gaza. EUA deixam aviso a Israel (e UE reúne de emergência)

O Egito abriu este sábado a fronteira terrestre com Gaza e enviou 10 ambulâncias para o enclave palestiniano para transportar para os hospitais egípcios palestinianos que ficaram feridos nos bombardeamentos israelitas, indicaram responsáveis médicos. Segundo o …