Magawa, o rato que deteta minas, ganhou uma medalha de ouro

PDSA

Magawa, o rato-herói, com a sua medalha de ouro

Magawa, um rato gigante africano, foi treinado para descobrir minas terrestres e tem estado ao serviço no Camboja. O animal foi agora proclamado herói e premiado por salvar vidas naquele país.

A instituição de caridade britânica People’s Dispensary for Sick Animals (PDSA), entregou uma medalha de ouro a Magawa, pelo seu trabalho de deteção de minas terrestres não detonadas, no Camboja.

Décadas de conflito deixaram o país do sudeste asiático repleto de milhões de minas terrestres, munições não detonadas e outros resíduos explosivos de guerra que continuam a matar ou ferir dezenas de pessoas por ano.

Com a ajuda de outros países, o Camboja passou anos a limpar os campos minados, o que é considerado uma tarefa difícil e perigosa. Então, Magawa entrou em ação.

O rato, agora considerado um herói, foi treinado pela organização não-governamental belga APOPO para detetar o cheiro de produtos químicos explosivos encontrados em minas terrestres e indicar a sua localização aos “treinadores”.

Apesar de ser maior do que um rato de estimação comum, Magawa é leve o suficiente para evitar a detonação de uma mina terrestre, ao contrário do que acontece com os “caçadores de minas” humanos.

Ao longo de sete anos, Magawa descobriu 39 minas terrestres e 28 partes de artilharia, ajudando a limpar mais de 141 metros quadrados de terra, de acordo com a PDSA – o que o elege como sendo o rato com melhor desempenho da instituição.

“Magawa é um rato herói. Estamos entusiasmados por comemorar a sua devoção por salvar vidas, concedendo-lhe a medalha de ouro”, disse Jan McLouglin, diretora geral da PDSA, na apresentação virtual da entrega de prémios.

A associação escreveu: “Às vezes, os animais mostram capacidades heroicas em situações extraordinárias.” A medalha de ouro, parte do programa Animal Awards, é o maior reconhecimento “para a coragem animal e dedicação excecional à vida civil”.

Os ratos africanos gigantes são inteligentes e fáceis de treinar e Magawa não é exceção. O rato-herói começou a treinar desde muito novo e “passou em todos os testes com louvor” antes de ser enviado para o Camboja.

De acordo com a PDSA, citada pela CNN, Magawa foi treinado para ignorar sucata e sinaliza o seu domador quando deteta uma mina terrestre. Ele executa a sua função tão rápido que pode limpar uma área semelhante a um campo de ténis em 30 minutos – tarefa que poderia demorar quatro dias com um detetor de metais.

“O trabalho de Magawa salva e transforma vidas, tendo impacto direto sobre os homens, mulheres e crianças das comunidades em que trabalha”, disse a PDSA. “Por cada mina terrestre ou pedaço de artilharia não detonado que ele encontra, acaba com o risco de morte ou de ferimentos graves em locais que já sofrem de dificuldades significativas.”

O Camboja é o país com maior número de amputados per capita no mundo, com 25 mil amputações relacionadas com material militar não detonado.

Vários países deixaram munições não detonadas no Camboja, Vietname e Laos durante a Guerra do Vietname. Cerca de um quarto das bombas não explodiram, o que, de acordo com um relatório de 2019, significa que permanecem ativas, mas fora de vista.

O PDSA estima que ainda existam três milhões de minas terrestres não detonadas no Camboja. De acordo com o mesmo relatório, estima-se que metade do país ainda se encontre armadilhado.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. UAU, um ratinho gigantesco ganhou uma medalhinha de oiro!??? Caramba, agora so falta uma vaca farejar num campinho e detectar as tais minas e lhe oferecerem ma medalha de melhor vaca farejadora.

    Caramba, daqui a nada os animais vao ser nomeados para a Presidencia da Republica em Portugal.
    Bem, seria bem hilariante, ver um animal a dominar os rominantes conscientes dos seres humanos.

    Ja que a maioria dos animais conscientes sao uma verdadeira patifaria, nao fazem um punhado, e ainda por cima, leva/m nacoes ah decadencia.

    VIVA O REINO ANIMAL

RESPONDER

Costa diz que estado de emergência é "prematuro" e põe de lado o recolhimento obrigatório

Numa altura em que o número de infetados não pára de subir em Portugal, o Governo prefere manter a situação de calamidade para dar resposta à pandemia, o que permite tomar medidas como o confinamento …

22-0: a soma de dois jogos, no mesmo dia

Com claro destaque para o que aconteceu nos Países Baixos: 13-0, vitória do Ajax. Recorde no campeonato holandês, cinco golos de um jogador, um guarda-redes a querer marcar uma grande penalidade... O que aconteceu no sábado, …

Aminoácido produzido no cérebro pode prevenir ataques epiléticos

Uma equipa de investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade da Florida descobriu que um aminoácido produzido pelo cérebro pode desempenhar um papel crucial na prevenção de um tipo de ataque epilético. As crises epiléticas do …

Ir à escola, viajar e assistir a espetáculos. As exceções à proibição de circulação entre concelhos

No final do último Conselho de Ministros, na semana passada, o Governo anunciou a proibição de circulação entre concelhos entre as 0h de 30 de outubro e as 6h de 3 de novembro, englobando o …

País Basco em confinamento, Bélgica quer transferir doentes para os Países Baixos e França "perdeu o controlo"

Numa altura em que a Europa volta a ser epicentro da pandemia de covid-19, o País Basco decretou o confinamento da população e França considera impor a mesma medida. Com falta de camas, Bélgica pediu …

"Dia histórico". Senado confirma nomeação de Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal dos EUA

O Senado norte-americano confirmou segunda-feira à noite a juíza Amy Coney Barrett para o Supremo Tribunal dos Estados Unidos, o que representa uma vitória política para o Presidente Donald Trump a poucos dias das eleições …

Os olhos das corujas podem ter uma "lente" que melhora a visão noturna

As corujas capturam as suas presas durante a noite. Uma nova investigação sugere que há algo de especial na forma como as moléculas de ADN nos olhos das corujas estão acondicionadas, uma característica que lhes …

Os extraterrestres podem estar a observar-nos à distância (em mais de 1.000 estrelas diferentes)

Da mesma forma que nós, da Terra, já detetámos vários milhares de planetas ao redor de outras estrelas, uma hipotética civilização alienígena poderia ter detetado a nossa presença. Mas de que posições no Espaço isso seria …

Afinal, o buraco negro mais próximo da Terra pode não ser um buraco negro

Um objeto identificado no início deste ano como o buraco negro mais próximo da Terra pode, afinal, não o ser. Depois de reanalisar os dados, diferentes equipas de cientistas concluíram que o sistema HR 6819 …

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …