Luanda já não é uma das cidades mais caras do mundo

José Sena Goulão / Lusa

A capital angolana já não é das cidades mais caras do mundo, avança o Jornal de Angola esta segunda-feira. No topo das cidades mais caras do mundo estão três destinos: Paris, Singapura e Hong Kong são líderes conjuntos na Pesquisa de Custo de Vida Mundial da Economist Intelligence Unit (EIU) 2019.

A capital francesa, que é presença assídua no top 10 deste ranking desde 2003, subiu de posição este ano. Por sua vez, a quarta cidade mais cara do ano passado, Hong Kong, subiu três posições, levando a um empate no topo pela primeira vez, numa lista liderada também por Singapura.

Lisboa aparece na segunda metade da tabela na 82ª posição. Face a 2018, a capital portuguesas subiu quatro lugares no ranking da EIU, que teve em conta os custos médios de 150 bens em 133 cidades de todo o mundo.

De acordo com o diário angolano, esta listagem é amplamente dominada por cidade asiáticas e europeias que têm os custos de vida mais caros.

O ranking analisa os preços de serviços e produtos, como habitação, transportes ou do pão, em 133 cidades, tendo como referência o custo de vida em Nova Iorque.

A cidade japonesa de Osaka subiu seis posições e agora divide o quinto lugar com Genebra, na Suíça. Por sua vez, Nova Iorque e Los Angeles são as únicas cidades norte-americanas no top 10, com a Big Apple a subir seis posições para o 7.º lugar, que divide com Copenhaga, na Dinamarca. Los Angeles e Tel Aviv, em Israel, repartem o 10º lugar.

Lisboa aparece a par de Praga, a capital checa, na 82º posição, logo atrás de Atenas. Já Londres não aparece nas vinte primeiras posições. Está em 22º lugar, atrás, por exemplo, de Dublin (19ª), enquanto Manchester aparece na 51ª posição, devido à instabilidade causada pelo Brexit e do enfraquecimento da libra.

No outro extremo da lista, a capital da Venezuela, Caracas, é a cidade mais barata par se viver. Importa frisar que atualmente a cidade sul-americana vive uma grave crise política e económica. Seguem-se depois Damasco, a capital Síria, e Tachkent, no Uzbequistão, completando o top 3 das cidades menos caras.

A cidade de Tashkent também sofreu uma forte queda, caindo 19 lugares, estando em 131º, enquanto Moscovo perdeu 16 posições e está em 102º. A capital da Bulgária, Sofia, que subiu 29 posições, está em 90º lugar da lista, graças a um aumento no preço de alimentos e do sector do lazer.

Na Europa, as cidades suíças de Zurique e Genebra, na quarta e quinta posições, com Osaka, no Japão, têm os maiores custos em despesas domésticas, cuidados pessoais, lazer e entretenimento. A elevada classificação conjunta de Copenhaga e Seul (Coreia do Sul) deve-se à custos de transporte, recreação e cuidados pessoais.

A capital turca, Istambul, tornou-se bastante mais barata ao cair 48 lugares para a 120.º da lista. A queda deve-se, em parte, à desvalorização da lira turca.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Aumento extra de dez euros pode beneficiar 1,6 milhões de pensionistas

O aumento extra de dez euros nas reformas até 658,2 euros, confirmado esta quinta-feira pelo secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, pode vir a beneficiar cerca de 1,6 milhões de pensionistas. A estimativa é avançada …

Rui Pinto vai a julgamento por 93 crimes

A juíza do Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu que Rui Pinto vai ser julgado por 93 crimes, e não 147 como estava acusado. O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa decidiu esta sexta-feira levar …

Um "palhaço" que vai apunhalar os iranianos nas costas. Líder supremo do Irão arrasa Trump

O líder supremo do Irão classificou esta sexta-feira o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como "um palhaço" que finge querer ajudar os iranianos, mas vai atacá-los pelas costas com "um punhal envenenado". As declarações do …

"Lava que se farta". Justiça dá razão a Ana Gomes no processo movido por Isabel dos Santos

A ex-eurodeputada Ana Gomes venceu um dos processos que foi movido contra ela por Isabel dos Santos. Em causa estão publicações no Twitter, onde a diplomata acusava a empresária angolana de estar a usar Portugal …

Secretário da Cultura brasileiro vai ser demitido depois de se inspirar em discurso nazi de Goebbels

Roberto Alvim, secretário da Cultura brasileiro, fez um discurso esta quinta-feira copiando um discurso muito conhecido do ministro da propaganda de Adolf Hitler, Joseph Goebbels. O secretário da Cultura do Brasil, Roberto Alvim, divulgou um vídeo …

Presidente da Guatemala anuncia corte de relações com Venezuela

O novo Presidente da Guatemala, Alejandro Giammattei, anunciou na quinta-feira que ordenou o corte de relações com a Venezuela e o encerramento da embaixada neste país. Alejandro Giammattei, médico e ex-diretor do Sistema Penitenciário da Guatemala, …

Bolsonaro vai manter secretário acusado de irregularidades no Governo

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, defendeu hoje o titular da Secretaria Especial da Comunicação Social (Secom, órgão da Presidência), Fabio Wajngarten, acusado de alegadas irregularidades em contratos, garantindo que o manterá no cargo. “Pelo que eu …

FC Porto empresta Waris ao Estrasburgo com opção de compra obrigatória

O avançado ganês foi emprestado pelo FC Porto ao Estrasburgo até ao final da temporada, num negócio que inclui uma cláusula de opção de compra obrigatória. No final do empréstimo, o Estrasburgo fica obrigado a contratar …

Miguel Guimarães reeleito bastonário da Ordem dos Médicos

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, foi eleito esta quinta-feira para um segundo mandato, com 93% dos votos. De acordo com os resultados provisórios avançados pela Ordem, estando contados 16.723 votos, Miguel Guimarães foi …

Governante sugere "chazinhos e bolos" para acabar com agressões nas salas de espera dos hospitais

"Salas de espera com bom aspecto, com televisão, revistas" e com "chazinhos e bolos" podem ajudar a reduzir o "clima de tensão" que se vive em alguns hospitais, contribuindo para acabar com as agressões a …