Líder da greve dos combustíveis vai trabalhar para mais de dez sindicatos

António Pedro Santos / Lusa

O vice-presidente do Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), Pedro Pardal Henriques,

Pedro Pardal Henriques, vice-presidente do Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) e advogado, está à beira de começar apoiar mais de uma dezena de sindicatos que pediram ajuda para as suas lutas laborais.

A confirmação é avançada pela TSF. Pardal Henriques diz que o seu escritório de advogados tem sido muito contactado desde os resultados alcançados com a greve dos motoristas que paralisou a distribuição de combustíveis e obrigou Governo e empresas a negociarem e cederem às reivindicações dos trabalhadores.

O segundo sindicato que vai contar com Pedro Pardal Henriques é o novo Sindicato de Segurança e Vigilantes de Portugal (SSVP) que está prestes a ser criado, com o advogado a explicar que ainda não é certo se também será vice-presidente ou ficará somente com o estatuto de seu representante. De qualquer forma, a relação será “muito semelhante” à que tem com os motoristas.

O novo sindicato da área da segurança privada nasceu de um grupo online que reúne 19 mil pessoas do setor numa área com muito mais profissionais do que os motoristas de matérias perigosas. Pardal Henriques explica que entrar ou não nos órgãos sociais deste ou de outros sindicatos com que se prepara para trabalhar não é relevante pois tanto faz ser vice-presidente ou representante jurídico em tribunal e fora deste para reivindicar os direitos dos profissionais destas áreas.

Sobre o facto de ser membro e dirigente de um sindicato não tendo essas profissões o advogado explica que isso não é um problema legal, pois tudo depende dos respetivos estatutos. Além disso, a entrada nos órgãos sociais será sempre transitória numa fase inicial para ajudar à implantação dos novos sindicatos, garante, pois nem sempre os trabalhadores têm a disponibilidade necessária.

Pedro Pardal Henriques conta que ao todo “são mais de uma dezena de sindicatos que nos pediram ajuda e com quem muito possivelmente vamos iniciar um trabalho de apoio”.

Por agora, o advogado detalha que alguns são novos sindicatos, à beira de serem formados com trabalhadores descontentes com a representação que têm, enquanto outros são sindicatos independentes já estabelecidos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Coronavírus abala mercados mundiais. Petróleo derrapa mais de 3%

A preocupação com as consequências económicas da propagação do coronavírus na China está a ter um efeito devastador nos mercados. A derrapagem nos mercados acontece numa altura em que o número de mortos pelo surto de …

Prémio Tyler 2020: Defensores de políticas verdes ganham "Nobel do Meio Ambiente"

O Prémio Tyler 2020, também conhecido como o "Nobel do Meio Ambiente", foi atribuído à bióloga Gretchen Daily e ao economista ambiental Pavan Sukhdev, foi hoje anunciado. A bióloga especialista em conservação e o economista são …

Subsídios estão a ser pagos e aumento de 15% no ordenado "não é realista", diz a Ryanair

A Ryanair está a pagar os subsídios de férias e Natal, afirmou hoje um responsável da companhia, salientando que o sindicato dos tripulantes de cabine tenta “forçar” aumentos salariais de 15%, o que “não é …

Tia de Kim Jong-un faz a primeira aparição pública em mais de seis anos

Kim Kyong-hui, tia paterna do líder norte-coreano Kim Jong-un, reapareceu em público este sábado pela primeira vez em mais de seis anos, escreve a BBC. A emissora britânica, que avança a notícia citando a Agência Central …

Coronavírus. Madeira está a preparar-se para eventual surto

Região da Madeira “já está a delinear” quartos com pressão negativa e áreas isoladas, além de “fármacos, oxigénio, fatos protetores, máscaras e capacidade laboratorial”. O presidente do Instituto de Saúde (Iasaúde) da Madeira anunciou esta segunda-feira …

Luanda Leaks. Isabel dos Santos vai processar o consórcio de jornalistas

Depois de Rui Pinto ter assumido a autoria da divulgação dos documentos do caso Luanda Leaks, Isabel dos Santos avança que vai processar o consórcio de jornalistas. A empresária angolana Isabel dos Santos vai processar o …

Portugal vende cinco F-16 à Roménia por 130 milhões de euros

O ministério da Defesa Nacional oficializou hoje, na Base Aérea de Monte Real, no distrito de Leiria, a venda de cinco aviões militares F-16 à Roménia, num negócio de 130 milhões de euros. "Com este processo …

Pedro Proença e a violência no futebol: "É chegada a altura de o Governo assumir responsabilidades"

O presidente da Liga Portuguesa de Futebol (LPFP), Pedro Proença, disse esta segunda-feira, depois de uma reunião no Ministério da Administração Interna (MAI), que o governo deve assumir responsabilidades sobre os recentes casos de violência …

Reconhecimento facial vai ser testado no acesso a serviços públicos online

O Governo quer criar um sistema de reconhecimento facial para usar a chave móvel digital, ferramenta que já permite aceder a vários serviços online do Estado. O Governo está a planear criar um sistema de reconhecimento …

Sem voz no clube, Raul José pondera abandonar o Sporting

Sem voz na pasta das contratações e construção do plantel, Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting, pode estar de saída do clube. Raul José, líder do departamento de scouting do Sporting CP, estará …