/

Liberdade a caminho para Britney Spears. Pai desistiu de ser seu tutor (após “dissipar” fortuna)

1

Britney SpearsÉ uma “grande vitória” para Britney Spears. É assim que o advogado da cantora reage à decisão do pai dela que aceitou deixar de ser tutor legal da filha de 39 anos. É o princípio da “libertação” da artista após 13 anos dependente das decisões do pai.

Jamie Spears, pai de Britney Spears, é o tutor legal da filha desde 2008, depois de a artista ter tido um esgotamento nervoso.

A tutoria permite ao pai controlar todos os aspectos da vida da filha, desde o património financeiro até questões do foro pessoal. Assim, Britney Spears não pode casar, nem engravidar sem autorização do pai.

Ele pode decidir, por exemplo, que ela não deve retirar o DIU (Dispositivo Intrauterino) que usa se desejar ter filhos.

Contudo, ao longo destes anos, embora tenha sido impedida de engravidar ou de usar o seu dinheiro como bem quisesse, Britney Spears sempre foi considerada apta para dar concertos e fazer digressões.

Mas em Julho, ela anunciou que não voltaria a actuar enquanto o pai controlasse a sua vida.

Agora, numa decisão vista como um triunfo para a cantora, Jamie Spears informou o tribunal de que está disposto a deixar de ser tutor da filha, como ela pediu numa petição judicial.

Jamie Spears nota-se pronto para “trabalhar com o tribunal e com o advogado da filha para preparar uma transição ordeira para um novo tutor“, conforme documentos a que a revista Variety teve acesso.

Ainda não há data para a “libertação” de Britney

Mas ainda não há data para quando Jamie Spears deixará de facto de controlar a vida da filha. Quando alguns “assuntos” forem “resolvidos”, estará “em posição de se afastar”, apontam os documentos entregues em tribunal.

Contudo, o advogado de Jamie Spears alega que “não há circunstâncias urgentes que justifiquem a imediata suspensão” de Jamie Spears.

Além disso, sublinha que é “altamente discutível” que “uma mudança no tutor, nesta altura, seja do melhor interesse” de Britney Spears.

O documento citado pela Variety alega ainda que Jamie Spears está a ser um “alvo incessante de ataques injustificados” e que não quer entrar numa “batalha pública” com a filha. Por isso, decidiu afastar-se da tutoria.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

“Esta é uma grande vitória para Britney Spears e mais um passo em direcção à justiça”, considera o advogado Matthew Rosengart numa nota citada pela Variety.

Rosengart alega que apresentou ao tribunal uma petição para a “suspensão e remoção” de Jamie Spears como tutor da filha, “com base em fundamentos jurídicos sólidos e intransponíveis” e “inequivocamente apoiados pela lei e por todas as partes envolvidas, incluindo Britney Spears e a sua equipa médica“.

Essa petição terá despoletado a actual desistência de Jamie Spears do papel de tutor.

Kawthar Alhassan / Facebook

Free Britney Spears

Movimento “Free Britney Spears” quer libertar a cantora da tutorial legal do pai.

Britney acusa o pai de “dissipar” a sua fortuna

Contudo, apesar de ser uma “vitória” para Britney Spears e o seu advogado, a batalha ainda não está ganha e o advogado lamenta os “contínuos ataques vergonhosos e repreensíveis” do pai à cantora.

Além disso, Matthew Rosengart avisa que vai continuar uma “investigação vigorosa” em torno da “conduta” de Jamie Spears e de outras pessoas do seu entorno ao longo dos 13 anos da tutoria.

Britney Spears já tinha dito em tribunal, em Julho passado, que em vez de investigar o seu “comportamento” ou a sua “capacidade”, quem deveria ser investigado era o pai.

“Esta tutoria está, literalmente, a permitir que o meu pai controle a minha vida. Isso é um abuso, e todos nós sabemos disso”, disse ainda à juíza Brenda Penny.

O advogado da cantora alega, em documentos entregues no tribunal, que Jamie Spears “dissipou” a fortuna de milhões de Britney Spears. Além disso, defende que o pai não deixou a filha de 39 anos ir de férias para o Hawai com o dinheiro que ela própria ganhou.

O pai nega todas estas acusações, notando que a sua “única motivação” tem sido o “amor incondicional” pela filha e um “desejo feroz de a proteger daqueles que querem aproveitar-se dela”.

A situação da cantora levou à criação do movimento #FreeBritney e ao documentário “Framing Britney Spears” que conta o seu percurso desde que se tornou um fenómeno mundial da pop até à longa batalha judicial com o pai.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

  Susana Valente, ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.