O leite materno contém um composto único que protege os bebés das bactérias nocivas

Uma equipa de investigadores identificou um composto no leite materno que combate o crescimento de bactérias causadores de infeção em bebés.

Cientistas da National Jewish Health e da Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, identificaram um composto no leite materno humano que combate infeções por bactérias nocivas, permitindo que as bactérias benéficas prosperem.

O composto é o monolaurato de glicerol (GML). O leite materno humano tem mais de 200 vezes a quantidade de glicerol monolaurato do que o leite de vaca. A fórmula infantil dada a recém-nascidos não o possui, de acordo com o artigo científico, recentemente publicado no Scientific Reports.

Juntamente com o combate a bactérias nocivas, o GML promove o crescimento de bactérias benéficas. “As nossas descobertas demonstram que altos níveis de GML são únicos no leite materno humano e inibem fortemente o crescimento de bactérias patogénicas”, resumiu Donald Leung, professor de pediatria da National Jewish Health, em Denver, num comunicado enviado à imprensa.

A investigação descobriu que o leite materno humano inibe o crescimento das bactérias nocivas Staphylococcus aureus, Bacillus subtilis e Clostridium perfringens, enquanto que nem o leite de vaca nem a fórmula infantil tiveram efeito sobre estas bactérias.

Além disso, o leite materno não inibiu o crescimento das bactérias benéficas Enterococcus faecilis. De acordo com o portal WebMD, os bebés amamentados apresentaram altos níveis de bifidobactérias benéficas, lactobacilos e bactérias enterocócicas.

Quando removeram o GML do leite materno, os cientistas notaram que o leite deixou de estar protegido contra o S. aureus. Em sentido inverso, quando adicionaram GML ao leite de vaca, este composto ajudou a proteger contra bactérias nocivas.

“Embora os antibióticos consigam combater infeções bacterianas em bebés, eles matam as bactérias benéficas juntamente com as patogénicas“, explicou o primeiro autor do estudo, Patrick Schlievert, professor de microbiologia e imunologia na Universidade de Iowa.

“O GML é muito mais seletivo, combatendo apenas as bactérias patogénicas e, ao mesmo tempo, permitindo que espécies benéficas prosperem. Acreditamos que o GML é uma grande promessa como um potencial aditivo ao leite de vaca e à fórmula infantil”, acrescentou Schlievert.

O mais recente estudo descobriu ainda que o GML inibe a inflamação nas células epiteliais, que revestem o intestino e outras superfícies mucosas. A inflamação pode danificar as células epiteliais e contribuir para o aumento do risco de infeções bacterianas e virais.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Assim se confirma, mais uma vez, que o óleo de côco é o mais semelhante que existe na Natureza com o leite materno. Quando cai no estômago, ácido laurico transforma-se em MONOLAURINA ( = monolaurato de glicerol) e mata bactérias,vírus e parasitas nocivos.
    Quem diz que o óleo de côco é prejudicial é alguém que não quer o bem da Humanidade!

    • Hahahaaaa….
      Já não me lembrava dos “milagres” do óleo de côco desde que andou por aí aquele charlatão brasileiro (Liar Ribeiro) a vender a banha do cobra em forma de livros, palestras, etc, etc!…
      A melhor foi ele dizer que o óleo de coco serve tratar o HIV e até como protector solar!!
      Mas, a notícia não refere óleo de côco em lado nenhum!…

RESPONDER

Descobertas filmagens inéditas de um centro de espionagem da II Guerra Mundial

Foi descoberta uma rara filmagem da instalação militar secreta Bletchley Park, no Reino Unido. Este centro de espionagem atuou durante a II Guerra Mundial e foi responsável por decifrar códigos alemães durante o período nazi. O …

Montezemolo revelou o sonho que Ayrton Senna não cumpriu

O antigo presidente da equipa da Ferrari, Luca di Montezemolo, revelou que o seu maior arrependimento foi não ter conseguido levar Ayrto Senna para a equipa. Em 1994, Ayrton Senna morreu de forma trágica quando perdeu o …

Friends: atores já terminaram as gravações do episódio especial

Ainda antes de os talk shows serem suspensos devido à COVID-19, Matt LeBlanc foi um dos convidados do The Kelly Clarkson Show, onde confirmou que as gravações do episódio especial de FRIENDS estavam concluídas. O programa …

YouTube remove vídeos com teoria da conspiração que liga covid-19 ao 5G

A onda de teorias falsas que ligam a pandemia da COVID-19 ao 5G levou a uma série de incidentes, incluindo ameaças a funcionários de operadoras e ataques a antenas de telecomunicações. Agora, o YouTube está …

Engenheiros construiram um ventilador caseiro. Pode servir como "último recurso"

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos, construiu um ventilador caseiro que pode ser usado como último recurso. A pandemia de covid-19 continua a desafiar as comunidades médicas e uma das ameaças …

Sepultura de genocídio encontrada no Ruanda pode conter 30 mil corpos

No Ruanda, foi encontrada uma sepultura que pode conter 30 mil vítimas do genocídio no país em 1994. Cerca de 800 mil tutsis e hutus moderados foram assassinados. Mais de 25 anos depois de um genocídio …

Belenenses SAD entra parcialmente em lay-off

"A indústria do futebol está entre as mais atingidas pelos efeitos da pandemia", que provocou a suspensão de praticamente todas as provas futebolísticas, destaca o Belenenses SAD. O Belenenses SAD, da I Liga de futebol, entrou …

Dois milhões de máscaras furtadas em Espanha podem ter sido vendidas em Portugal

O equipamento médico e sanitário furtado está avaliado em cinco milhões de euros e terá sido adquirido por uma empresa portuguesa que conhecia a proveniência do material. Um empresário de Santiago de Compostela foi detido por, …

Facebook terá tentado comprar um software de espionagem em 2017

O Facebook tem estado envolvido em vários escândalos e o mais recente está relacionado com a alegada compra da ferramenta Pegasus, usada para hackear iPhones. A empresa de segurança informática NSO Group, responsável pela Pegasus, alega …

Primeiro-ministro espanhol diz que coronavírus desafia o futuro da UE. E fá-lo em sete idiomas

O primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez publicou no domingo um artigo em sete idiomas europeus, argumentando que o coronavírus pode ser a ruína da União europeia (UE) caso não sejam tomadas medidas mais drásticas para lidar …