Um famoso lago sem água (e pessoas que não conseguem entrar na sua propriedade)

Johann G / Flickr

Lago Neusiedl

Lago Neusiedl é mais uma vítima das alterações climáticas. Proprietários das cabanas não conseguem entrar nas suas propriedades há dois meses.

O conhecido Lago Neusiedl, na fronteira entre Áustria e Hungria, é mais uma vítima das alterações climáticas.

O local, que também é denominado Lago Fert, é uma raridade na Europa: é um lago que não é banhado por qualquer rio.

Para muitos austríacos, é quase um mar interior – num país no centro da Europa, que não tem costa marítima.

Os seus cerca de 300 quilómetros quadrados deixaram de ser assunto por causa do turismo – agora é assunto por causa da seca.

O aumento das temperaturas ao longo dos últimos anos, com o pico global no Verão deste ano, baixou muito o nível da água.

Há tão pouca água que o transporte por via fluvial, que era a rotina naquele lago, deixou de ser possível. As 350 cabanas ficaram praticamente isoladas neste Verão.

“Desde meados de Julho a água está tão baixa que já nem consigo chegar à minha cabana através de barco. E, como não há acesso por terra, já não posso utilizar a cabana”, lamentou um proprietário de cabana no canal ORF, reproduzido pelo Euronews.

Para chegar às cabanas, e se a água continuar a desaparecer, será possível passar a ir a pé. Mas não para já: agora é impossível, por causa da lama profunda.

A água do lago foi-se evaporando nos últimos anos devido ao aquecimento global. Já foi assunto abordado pelas autoridades há 19 anos, em 2003, mas como houve chuvas fortes nos anos seguintes, a conversa também se “evaporou”.

O Lago Neusiedl é uma Paisagem Cultural classificada pela UNESCO, desde 2001.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.