/

Koundé recusa Tottenham de Nuno Espírito Santo

Sevilha precisa de realizar vendas de passes de jogadores e Jules Koundé é uma das prioridades. Mas o francês quer estar na Liga dos Campeões.

Jules Koundé foi um dos titulares indiscutíveis do Sevilha nas duas últimas temporadas. Desde que chegou ao clube em 2019, proveniente do Bordéus, o jovem já participou em 89 jogos do Sevilha mas é uma das prioridades para…sair.

Nos dois últimos mercados de verão, a direção espanhola gastou muito dinheiro em reforços. O valor gasto em contratações foi muito superior ao que foi conseguido em vendas de passes de futebolistas. Por isso, 2021 é ano de vender. Mesmo que sejam figuras da equipa a sair.

Nesse contexto surgem duas prioridades: Jules Koundé e Youssef En-Nesyri. No entanto, e apesar de mais de uma dezena de equipas já terem mostrado interesse em Koundé, não está fácil concretizar a sua transferência.

Primeiro, porque o clube espanhol avisa todos os interessados que, se quiserem contratar o defesa que esteve no Euro 2020 (só jogou no Portugal-França), terão de pagar no mínimo 60 milhões de euros – a cláusula de rescisão está fixada em 80 milhões.

Segundo, porque o próprio francês só aceita sair se considerar que vai para um clube com ambições maiores – e o Tottenham não entra nessa lista.

O clube inglês, que agora conta com Nuno Espírito Santo como treinador, queria contar com Koundé mas, segundo o jornal Marca, o próprio futebolista recusou mudar-se para Londres.

O Tottenham terminou a última edição da Premier League no sétimo lugar e, por isso, não vai estar na próxima Liga dos Campeões. Jules Koundé não quer deixar uma equipa que vai estar na Liga dos Campeões para reforçar uma equipa que vai disputar a nova Liga Conferência.

Operação cancelada, logo à partida, apesar de o jovem de 22 anos ter sido um dos pedidos de Nuno Espírito Santo, depois de ter sido confirmado como treinador do Tottenham.

  Nuno Teixeira, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE