Juíza recusa novamente liberdade condicional a Carlos Cruz

cremetuliMIX / Youtube

-

O Tribunal de Execução de Penas recusou o pedido de liberdade condicional de Carlos Cruz, preso no âmbito do processo Casa Pia, considerando que não interiorizou a culpa nem mostrou arrependimento.

Ricardo Sá Fernandes, advogado de Carlos Cruz, referiu que a juíza de execução de penas recusou o pedido do ex-apresentador de televisão “basicamente por entender que não tinha interiorizado a culpa” dos crimes que lhe foram imputados nem mostrado arrependimento e confessado os crimes.

O advogado adiantou que está a analisar a possibilidade de interpor recurso desta decisão para o Tribunal da Relação de Lisboa.

O antigo Provedor adjunto da Casa Pia Manuel Abrantes, a cumprir prisão no âmbito do processo Casa Pia, viu igualmente recusado pelo Tribunal de Execução de Penas o ser pedido de liberdade condicional.

Segundo uma fonte ligada ao processo informou à agência Lusa, Manuel Abrantes já cumpriu metade da pena de cinco anos e nove meses de cadeia a que foi condenado, pelo que requereu a liberdade condicional, agora rejeitada.

A fonte não quis revelar, de momento, a fundamentação da decisão que recusou a libertação antecipada de Manuel Abrantes.

Condicional não é a matéria mais importante

Carlos Cruz foi ouvido no passado dia 22, na cadeia da Carregueira, por uma juíza do tribunal de penas para que esta avaliasse se o ex-apresentador de televisão, que já cumpriu metade da pena, podia sair em liberdade condicional.

Carlos Cruz cumpriu, em dezembro passado, metade da pena (três dos seis anos) a que foi condenado.

O ex-apresentador de televisão já teve dois pedidos para concessão de saídas precárias, um deles no período de Natal.

No dia 22, Ricardo Sá Fernandes sublinhou à Lusa que a questão da liberdade condicional não é a matéria mais importante para Carlos Cruz, mas sim “o reconhecimento da sua inocência”, questão pela qual se continua a bater no Tribunal dos Direitos do Homem em Estrasburgo.

A ação no Tribunal de Estrasburgo foi intentada há dois anos e meio e aguarda ainda decisão. O ex-apresentador de televisão insiste que foi alvo de um “erro judicial gravíssimo”.

O Tribunal da Relação de Lisboa, em sede de recurso, alterou a pena inicial de sete anos de prisão a que Carlos Cruz tinha sido condenado na primeira instância, fixando-a em seis anos, por três crimes de abuso sexual de menores, no âmbito do processo Casa Pia.

Além de Carlos Cruz, foram condenados, neste processo, o antigo motorista da instituição, Carlos Silvino (15 anos de prisão), o médico Ferreira Dinis (sete anos de prisão), Manuel Abrantes (cinco anos e nove meses) e Jorge Ritto (seis anos e oito meses).

Carlos Cruz e Jorge Ritto perderam, entretanto, as condecorações da Ordem do Infante D. Henrique que lhes tinham sido atribuídas pelos ex-Presidentes da República Jorge Sampaio e Mário Soares, respetivamente.

/Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Eu acredito que a justiça Portuguesa é não existente, prende-se inocentes e quem realmente merece, fica cá fora.
    O Sr. Carlos Cruz não Pode estar arrependido do que não fez, e também acho uma perceguição Horrivel o que estao a fazer-lhe…
    E Acho que esta Juíza quis mostrar trabalho…
    O ladrão que as saltos o ar alem e caiu numa armadilha, ficou na rua, o dono do armazer tem que lhe pagar indmenização, todos os Juizes que dão penas I justas mere íam eles ser punidos em praça publica, mas acham-se acima da lei.
    Eu Sinceramente TENHO vergonha de ter nasci do em Portugal.

  2. Eu acredito que a justiça Portuguesa é não existente, prende-se inocentes e quem realmente merece, fica cá fora.
    O Sr. Carlos Cruz não Pode estar arrependido do que não fez, e também acho uma perceguição Horrivel o que estao a fazer-lhe…
    E Acho que esta Juíza quis mostrar trabalho…
    O ladrão que assaltou o armazem e caiu numa armadilha, ficou na rua, o dono do armazer tem que lhe pagar indmenização, todos os Juizes que dão penas Injustas mereciam eles ser punidos em praça publica, mas acham-se Donos da lei…
    Eu Sinceramente TENHO vergonha de ter nasci do em Portugal.

RESPONDER

João Félix deve regressar aos relvados na próxima semana

O internacional português João Félix deve regressar aos relvados na próxima semana e pode mesmo vir a ser opção do Atlético de Madrid para o jogo frente ao Granada, marcado para o próximo dia 23 …

Vítimas do franquismo pedem investigação à origem das jóias que a família Franco vai leiloar

A Associação para a Recuperação da Memória Histórica (ARMH), que inclui familiares das vítimas do franquismo, pediu ao Governo espanhol que investigue a origem das jóias que a família Franco vai leiloar. De acordo com …

"Sem dúvida". Montenegro diz que era capaz de derrotar Costa

O antigo líder parlamentar do PSD Luís Montenegro, que é agora candidato à liderança do partido, afirmou, em entrevista ao jornal Público e à Rádio Renascença, que era capaz de derrotar António Costa.  "Acho que era …

Rússia quer legalizar comércio de 'diamantes de sangue' africanos

Os diamantes exportados da República Centro-Africana estão associados à corrupção, à violência, à guerra civil, a violações e assassinatos. Agora, Moscovo anunciou que quer o fim do embargo internacional, buscando legalizar na totalidade a sua …

Economia abrandou, mas ainda é possível cumprir meta de crescimento

O Produto Interno Bruto cresceu 0,3% no terceiro trimestre, face aos três meses anteriores, metade do registado no segundo trimestre, mantendo o ritmo de crescimento, de 1,9%, na comparação com o mesmo período de 2018. Segundo …

Sporting vai avançar com ação de despejo das claques

A SAD leonina vai avançar com uma ação de despejo para que as claques Juventude Leonina e Directivo Ultras XXI deixem os espaços que ocupam no Estádio José Alvalade, avança A Bola esta quarta-feira. De …

"Ninguém quer trabalhar" na Casa Pia. Pais em protesto devido à falta de pessoal

Os pais e encarregados de educação do Centro Educativo e Desenvolvimento D. Maria Pia, em Lisboa, vão entregar na segunda-feira um abaixo-assinado à tutela para pedir a abertura de concursos externos para reforço de pessoal …

Trump elogiou Erdogan, depois de uma reunião que descreveu como "maravilhosa e produtiva"

O Presidente norte-americano, Donald Trump, elogiou na quarta-feira o seu relacionamento com o homólogo turco, Recep Tayyip Erdogan. Os dois líderes encontraram-se para tentar superar várias diferenças, incluindo a situação na Síria e a compra …

MH17. Novas provas revelam contactos frequentes entre a Rússia e separatistas ucranianos

A equipa internacional que conduziu a investigação sobre a queda do voo MH17 em 2014 no leste da Ucrânia divulgou novas provas que apontam para contactos muito frequentes entre a Rússia e os rebeldes separatistas …

Imunidade diplomática deixa em liberdade suspeito de tentar matar com ácido sulfúrico

O suspeito de homicídio, na forma tentada, ficou em liberdade depois de ter apresentado o passaporte diplomático às autoridades, que impede que seja detido ou constituído arguido. De acordo com a TVI24, um alto responsável da …