Há um jogador mais eficiente do que LeBron James (mas ninguém fala dele)

Mitchell Robinson é o poste dos New York Knicks do qual quase ninguém fala, apesar de já se ter revelado mais eficiente do que a lenda do basquetebol, LeBron James.

A National Basketball Association (NBA), a principal liga de basquetebol dos Estados Unidos, não começou há muito tempo, mas as equipas vão já dando indicadores da sua forma para o resto da temporada. Se de um lado temos Milwaukee Bucks e LA Lakers a liderarem as suas respetivas conferências, do outro temos os New York Knicks, últimos classificados no Leste.

Após a sua mais recente derrota, o presidente da equipa veio a pública falar do momento de forma. “O Scott [diretor geral] e eu não estamos feliz com a nossa atual situação”, disse Steve Mills, citado pelo OZY. “Precisamos de encontrar uma maneira de ter um nível consistente de esforço e entregar o produto que prometemos no início da época”.

Entre o caos, há um jogador que se vai destacando em relação ao resto do rebanho: Mitchell Robinson. Com um portento físico de meter respeito — com 2,13 cm —, o poste de 21 anos está a fazer a sua segunda época na NBA e é uma luz ao fundo do túnel em Nova Iorque.

Mas então se Robinson é assim tão bom, porquê que ninguém ouve falar dele? Porque o jovem raramente tem tido oportunidades de jogar na equipa. O técnico David Fizdale está com receio de ser despedido por maus resultados e vai dando preferência ao veterano Bobby Portis para o seu lugar.

Apesar de carecer de oportunidades, as estatísticas apontam que Robinson é o quinto jogador mais eficiente da liga. O Player Efficiency Rating (PER) é uma fórmula detalhada usada na NBA, que tenta resumir todas as contribuições de um jogador num só número. Nesta lista, LeBron James surge dois lugares abaixo, no sétimo posto.

Como um diamante por polir, Mitchell Robinson precisa de mais minutos para realmente se poder assumir nos Knicks e no basquetebol norte-americano. “[Robinson] é um monstro“, diz Enes Kanter, antigo companheiro de equipa do jogador na época passada. “Ele vai ser ser muito bom. Ele fez-me melhorar todos os dias nos treinos”.

Na sua época de rookie, Robinson não foi perfeito, mas destacou-se com alguns bons números — 7,3 pontos e 6,4 ressaltos por jogo. Todavia, foi o segundo jogador da NBA com mais blocos nessa época: 2,4 por jogo.

Para um ‘miúdo’ a fazer a sua segunda temporada, numa equipa que anda pelas ruas da amargura, é no mínimo estranho que Mitchell Robinson não jogue. Esta temporada, tem uma média de 18,9 minutos por jogo.

“Robinson lidou bem com tudo o que lhe pedimos, mas ainda não está preparado. Estamos a tentar encontrar a melhor equipa para começar os jogos e, às vezes, isso significa que ele sairá do banco”, justificou o seu treinador.

Neste momento parece certo que os Knicks não se vão conseguir apurar para os playoffs. Neste panorama, jovens jogadores como Robinson estão ansiosos para provar o seu valor e despoletar o seu talento na NBA. O técnico Fizdale está a prazo nesta equipa e parece mandatário que se comece a apostar nos mais jovens para valorizar o emblema de Nova Iorque.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Reino Unido começa a vacinar já na próxima semana

O Reino Unido vai começar a vacinar a sua população contra a covid-19 na próxima semana. Depois da aprovação do uso da vacina da Pfizer, os primeiros a receber a vacina serão os trabalhadores e …

Governo já garantiu 370 camas no setor privado

O Governo já garantiu 370 camas no setor privado, sendo que quase metade, 164, são para doentes covid. Há atualmente 3.338 pacientes infetados com o novo coronavírus internados em hospitais. A informação foi confirmada por fonte …

Covid-19 pode ter chegado aos EUA em dezembro de 2019. País prepara-se para o pior inverno da história

Depois de ter sido confirmado que o novo coronavírus já circulava em Itália desde setembro de 2019, agora surge um relatório que refere que a covid-19 pode ter infetado um pequeno número de pessoas nos …

Maior parte dos médicos aposentados que voltam ao SNS prefere trabalhar em tempo reduzido

A maior parte dos médicos aposentados que regressa ao Serviço Nacional de Saúde (SNS) opta por trabalhar em tempo reduzido, adianta o Jornal de Notícias. De acordo com o Jornal de Notícias, do total de 216 …

Bruxelas ameaça avançar com Fundo de Recuperação sem Hungria e Polónia

A Comissão Europeia (CE) está a perder a paciência e, caso não haja progressos nas negociações, ameaça avançar com o Fundo de Recuperação europeu sem a 'luz verde' da Hungria e da Polónia. O ultimato foi …

Empresas que reforcem lay-off não podem fechar portas, mas podem reduzir horários a 100%

O chamado “apoio à retoma progressiva” vai permitir que em dezembro as empresas saltem para o escalão seguinte, que garante mais financiamento, mas o Governo exige que mantenham atividade. Contudo, garante que tal não condiciona …

Reunião no Infarmed. Pico foi atingido em 25 de novembro, peritos pedem que não haja medo das vacinas

Especialistas, dirigentes dos partidos políticos e parceiros sociais voltaram esta quinta-feira a reunir-se para analisar a situação epidemiológica da covid-19, em vésperas de nova renovação do estado de emergência e da decisão sobre as medidas …

Governo tem algumas soluções para o Novo Banco (que dispensam o Retificativo)

Apesar do chumbo da transferência de 476 milhões de euros do Fundo de Resolução para o Novo Banco, o Governo garante que existem algumas soluções para que o contrato seja cumprido. Uma das hipóteses é a …

Giroud entra para a história da Champions ao marcar póquer ao Sevilha

Olivier Giroud tornou-se o jogador mais velho de sempre a marcar um póquer na Liga dos Campeões. É também o único atleta do Chelsea a fazê-lo. O Chelsea venceu o Sevilha, por 4-0, numa partida da …

Governo vai criar uma agência de emprego para pessoas com deficiência

O Governo vai criar uma agência de emprego para deficientes, um programa de investimento de apoio ao trabalho, mas também às empresas que contratem, que será de âmbito nacional e que deverá arrancar no primeiro …