João Cotrim Figueiredo vai ser cabeça de lista da Iniciativa Liberal

Cartaz Iniciativa Liberal

O ex-director-geral da TVI e ex-presidente do Turismo de Portugal, João Cotrim Figueiredo, vai ser o cabeça de lista do partido Iniciativa Liberal por Lisboa, nas eleições legislativas de outubro.

Segundo avançou o ECO nesta segunda-feira, o anúncio foi feito pelo próprio, este domingo, no Facebook.

“Sou o cabeça de lista da Iniciativa Liberal por Lisboa às eleições de outubro. Eu sei, é uma surpresa até para mim. Mas aceitei porque já não consigo ficar sentado enquanto o país marca passo e não dá à geração dos meus filhos metade das oportunidades que a minha geração teve”, escreveu o gestor.

Sou o cabeça de lista da Iniciativa Liberal por Lisboa às eleições de Outubro. Eu sei, é uma surpresa até para mim. Mas…

Publicado por João Cotrim de Figueiredo em Domingo, 14 de julho de 2019

João Cotrim Figueiredo diz ter encontrado na Iniciativa Liberal “muitas pessoas boas” que, tal como ele, consideram que “Portugal e os portugueses merecem e são capazes de mais”. Para isso “só precisam que os deixem ser livres e autónomos”, “que o Estado não lhes tolha os passos”, “que os poderes políticos e todos os outros não os impeçam de procurar o melhor para si e para as suas famílias” e “só precisam de um Portugal mais Liberal”.

Para aqueles que não estejam de acordo, o cabeça de lista diz que “talvez um dia” os consiga convencer mas, “como qualquer bom liberal”, respeita as opiniões diferentes. “Com a vossa ajuda vamos construir um Portugal mais Liberal”, rematou, apelando a que sua mensagem seja espalhada.

A Iniciativa Liberal foi fundada em dezembro de 2017 e defende a liberalização económica, política e social. Este mês, o partido propôs que a taxa de IRS passe a ser de 15% para todos os rendimentos acima dos 650 euros, uma medida que constará do seu programa eleitoral às eleições legislativas de 06 de outubro.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Segurança Social demora quase cinco meses a pagar pensões

Em 2018, os beneficiários da Segurança Social tiveram de esperar, em média, 147 dias - cerca de cinco meses -, entre o dia que se aposentaram e o momento que começaram a receber a pensão …

Empresas fechadas e 28 mil despedimentos. Setor têxtil pode atravessar crise

Até 2025, a indústria têxtil em Portugal pode ver um terço das empresas a fecharem e 28 mil trabalhadores a serem despedidos. Este é o pior cenário equacionado no setor nos próximos anos. O setor da …

Ministério Público arquiva queixa de Aguiar-Branco contra Ana Gomes por difamação

Aguiar Branco tinha levantado um processo de difamação a Ana Gomes por declarações sobre alegadas ligações entre o seu escritório de advogados e o grupo Martifer. O Ministério Público (MP) arquivou a queixa apresentada pelo ex-ministro …

66 louvores a funcionários. Centeno é o ministro mais "agradecido" de todo o Governo

Mário Centeno e os seus secretários de Estado publicaram em Diário da República 66 louvores. O seu gabinete garante que não há qualquer significado político associado - nem mesmo uma despedida anunciada. O louvor é dado …

Os glaciares da Nova Zelândia estão a mudar de cor

À medida que o Hemisfério Sul entra no verão, acontece uma temporada catastrófica de incêndios florestais na costa leste da Austrália. Há casas destruídas, coalas a morrer e um fumo espesso que cobre o estado …

Não se irrite. Fisco vai comunicar de forma mais clara

A Autoridade Tributária e Aduaneira vai lançar um serviço de apoio e defesa ao contribuinte que usará uma linguagem mais simples e clara. A alteração é inspirada num modelo britânico. A Autoridade Tributária e Aduaneira vai …

Juiz Rui Rangel justificou ganhos com direitos de autor de programa televisivo

O juiz afirmou, perante o plenário do Conselho Superior da Magistratura, que os ganhos fora da magistratura correspondiam a direitos de autor de um programa na televisão. O juiz Rui Rangel, que foi demitido da magistratura esta …

Governo faz ultimato: empresas têm 30 dias para regularizar fundos europeus parados (ou devolver dinheiro)

O Governo vai dar 30 dias para que as empresas que têm fundos comunitários parados regularizem a situação. Findo esse período, terão de devolver o dinheiro. José Mendes, secretário de Estado do Planeamento, garantiu, em entrevista …

Pelo menos 58 mortos em naufrágio ao largo da Mauritânia

Pelo menos 58 pessoas morreram, esta quinta-feira, num naufrágio ao largo da costa da Mauritânia. Pelo menos 58 migrantes morreram num naufrágio ao largo da costa da Mauritânia, anunciou a Organização Internacional para as Migrações (OIM). …

Sá Carneiro, hipocrisia e maçonaria. Após troca de ataques, candidatos à liderança do PSD concordaram (mas pouco)

Os três candidatos à liderança do PSD trocaram esta quarta-feira acusações de hipocrisia e de maus resultados em diferentes momentos da história do partido, com Luís Montenegro e Miguel Pinto Luz a negarem pertencer à …