Jihadista português terá sido morto por míssil na Síria

Twitter

Mikael Batista, jihadista  português abatido na Síria

Mikael Batista, jihadista português abatido na Síria

O português Mikael Batista, que vivia em França e que combatia ao lado do Estado Islâmico, na Síria, terá morrido. Este luso-descendente de 23 anos terá sido abatido durante uma operação militar da coligação internacional liderada pelos EUA.

A morte de Mikael Batista ainda não foi oficialmente confirmada pelas autoridades portuguesas, mas a sua esposa, Raheeq Makhtoum, revelou à revista Sábado que ele terá sido “abatido por um míssil da aviação internacional”, na segunda-feira à noite.

Raheeq Makhtoum disse ainda à mesma publicação que o jihadista, que tinha dupla nacionalidade portuguesa e francesa, tinha ido para a zona de Kobane há “uma semana”, juntamente com mais 15 combatentes do Estado Islâmico oriundos de França.

“Eles foram para lá dispostos a não voltar. Estavam decididos a morrer pela causa de Alá, com a intenção de matar e de serem mortos”, afiança a esposa do jihadista português citada pela Sábado.

Várias contas do Twitter associadas ao Estado Islâmico estão também a avançar a morte de Mikael Batista e a esposa fez questão de lhe deixar uma mensagem de despedida, através desta rede social.

“O meu coração está partido, mas eu sei onde te reencontrar. Encontro marcado no Paraíso, meu amor. Tenho muita pressa. Que Alá te aceite”, aponta Raheeq Makhtoum no seu perfil do Twitter.

Mikael Batista estudava desporto na Universidade Paris-Est Créteil, antes de ter viajado para a Síria para se juntar ao Estado Islâmico. Oriundo de uma família de emigrantes portugueses em França, naturais de Trás-Os-Montes, onde passava habitualmente as suas férias de Verão, o jovem confessou, numa entrevista ao Expresso, que o que mais apreciava na sua nova vida na Síria era “treinar e matar“.

SV, ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É errónea a ideia de que hajam ou tenham havido jihadistas portugueses. São também raros, em proporção, o caso de luso-descendentes que tenham participado em tais atrocidades. Ainda assim seriam “luso-descendentes” isto é, nascidos, criados e educados em solo nao português e que agiram por influência do meio sócio-político, sem qualquer inferência da sua luso-descendência. O português, é por natureza pacífico e avesso a conflitos. É por isso profundamente injusto “colar” a Portugal e aos portugueses esses adjectivos, de todo inapropriados. Nem nos parece que seja motivo de regojizo ou algo de que nos devamos orgulhar ainda mais sendo uma grosseira e abusiva inverdade mediatizada. Je suis juste !

RESPONDER

Menos uma estrela Michelin. Restaurante São Gabriel vai fechar

O restaurante São Gabriel, em Almancil, com uma estrela Michelin, vai encerrar, depois de ter sido vendido, anunciou através das redes sociais o seu chefe executivo, Leonel Pereira. Numa publicação na sua página do Facebook, o …

Há um mapa que revela os "labirintos" de Titã, a maior lua de Saturno

O primeiro mapa que mostra a geologia global da maior lua de Saturno, Titã, foi concluído e revela completamente um mundo dinâmico de dunas, lagos, planícies, cratera e outros terrenos. Titã é o único corpo planetário …

Cabify deixa de operar em Portugal a partir de 30 de novembro

A Cabify, que estava no mercado português desde 2016, vai deixar de operar em Portugal a partir do próximo dia 30 de novembro. "Queremos partilhar consigo que o próximo dia 30 de novembro será o nosso …

Presidente da federação russa de atletismo suspenso por obstruir investigação

O presidente da federação de atletismo da Rússia e outros seis elementos da federação foram, esta quinta-feira, suspensos, devido a irregularidades relacionadas com uma investigação antidoping. O presidente da federação de atletismo da Rússia, Dmitri Shliajtin, foi …

Avó e tios do bebé deixado no lixo estão a tentar a guarda da criança

O embaixador de Cabo Verde em Portugal explicou, esta sexta-feira, que a mãe e os irmãos da cabo-verdiana suspeita de abandonar o filho num ecoponto estão a tentar obter a guarda da criança por acreditarem …

Esta tecnologia de edição de genoma pode mudar o mundo (mas o seu criador tem receio disso)

A inovação de Kevin Esvelt tem potencial para ser usada tanto para o bem como para o mal. Os perigos que pode advir dela, deixam o biólogo reticente em relação a esta tecnologia, que também …

Governo quer "conciliação" entre tribunais criminais e de família em casos de violência doméstica

O Governo quer que os juízes de instrução possam determinar simultaneamente as medidas de coação a um agressor em contexto de violência doméstica e as medidas provisórias relativas às crianças, seja de promoção e proteção …

Sp. Braga critica autarquia por transmitir jogo do Flamengo em ecrã gigante

O Sporting de Braga acusou a Câmara Municipal de Braga de desrespeitar o clube e os seus adeptos por colaborar na organização da transmissão da final da Taça dos Libertadores de futebol, entre Flamengo e …

Hermínio Loureiro pede suspensão de mandatos na FPF e COP

Hermínio Loureiro pediu a suspensão dos mandatos de vice-presidente da FPF e do COP, esta sexta-feira, na sequência da acusação do Ministério Público na operação Ajuste Secreto. Numa carta enviada à FPF, a que a agência …

Oxford escolhe "emergência climática" para Palavra do Ano 2019

A Palavra do Ano 2019 escolhida pelos Dicionários de Oxford foi "emergência climática", "situação na qual é requerida uma ação urgente", revelou na quinta-feira esta componente da editora da Universidade homóloga. A Palavra Oxford do Ano …