Jihadista português terá sido morto por míssil na Síria

Twitter

Mikael Batista, jihadista  português abatido na Síria

Mikael Batista, jihadista português abatido na Síria

O português Mikael Batista, que vivia em França e que combatia ao lado do Estado Islâmico, na Síria, terá morrido. Este luso-descendente de 23 anos terá sido abatido durante uma operação militar da coligação internacional liderada pelos EUA.

A morte de Mikael Batista ainda não foi oficialmente confirmada pelas autoridades portuguesas, mas a sua esposa, Raheeq Makhtoum, revelou à revista Sábado que ele terá sido “abatido por um míssil da aviação internacional”, na segunda-feira à noite.

Raheeq Makhtoum disse ainda à mesma publicação que o jihadista, que tinha dupla nacionalidade portuguesa e francesa, tinha ido para a zona de Kobane há “uma semana”, juntamente com mais 15 combatentes do Estado Islâmico oriundos de França.

“Eles foram para lá dispostos a não voltar. Estavam decididos a morrer pela causa de Alá, com a intenção de matar e de serem mortos”, afiança a esposa do jihadista português citada pela Sábado.

Várias contas do Twitter associadas ao Estado Islâmico estão também a avançar a morte de Mikael Batista e a esposa fez questão de lhe deixar uma mensagem de despedida, através desta rede social.

“O meu coração está partido, mas eu sei onde te reencontrar. Encontro marcado no Paraíso, meu amor. Tenho muita pressa. Que Alá te aceite”, aponta Raheeq Makhtoum no seu perfil do Twitter.

Mikael Batista estudava desporto na Universidade Paris-Est Créteil, antes de ter viajado para a Síria para se juntar ao Estado Islâmico. Oriundo de uma família de emigrantes portugueses em França, naturais de Trás-Os-Montes, onde passava habitualmente as suas férias de Verão, o jovem confessou, numa entrevista ao Expresso, que o que mais apreciava na sua nova vida na Síria era “treinar e matar“.

SV, ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É errónea a ideia de que hajam ou tenham havido jihadistas portugueses. São também raros, em proporção, o caso de luso-descendentes que tenham participado em tais atrocidades. Ainda assim seriam “luso-descendentes” isto é, nascidos, criados e educados em solo nao português e que agiram por influência do meio sócio-político, sem qualquer inferência da sua luso-descendência. O português, é por natureza pacífico e avesso a conflitos. É por isso profundamente injusto “colar” a Portugal e aos portugueses esses adjectivos, de todo inapropriados. Nem nos parece que seja motivo de regojizo ou algo de que nos devamos orgulhar ainda mais sendo uma grosseira e abusiva inverdade mediatizada. Je suis juste !

Rainha Isabel II está a procura de um gestor de redes sociais

A família real britânica está à procura de um gestor de redes sociais. O salário vai oscilar entre os 53 e 59 mil euros anuais por 37 horas semanais, de segunda a sexta-feira. A rainha Isabel II …

Cinco antepassados de crocodilos viveram há 150 milhões de anos na Lourinhã

Pelo menos cinco crocodilomorfos, antepassados dos crocodilos, viveram na região da Lourinhã há 150 milhões de anos, durante o período do Jurássico. Num artigo publicado na Zoological Journal of the Linnean Society, os paleontólogos Alexandre Guillaume, …

A radiação de Chernobyl está a deixar as vespas esfomeadas (e isso é má notícia)

A Zona de Exclusão de Chernobyl é a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat, onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986. Apesar de não haver humanos na região, e …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …

Jovem norte-americano despistou-se e caiu ao rio. Siri chamou os bombeiros

Um jovem norte-americano estava a caminho da universidade quando perdeu o controlo do carro, que derrapou sobre gelo, e foi parar ao rio Winnebago. Como não conseguiu encontrar o seu telemóvel, recorreu à Siri para …

Basta uma máscara impressa para enganar os sistemas de reconhecimento facial

Especialistas da empresa de inteligência artificial Kneron testaram sistemas em três continentes e vários falharam. O reconhecimento facial é, cada vez mais, um método de controlo e de segurança encarado como credível e, inclusivamente, usado …

Pandit olha para as vacas como família e quer produzir "leite ético" para vegans

Um agricultor nos Estados Unidos quer produzir "leite ético" para vegans, mantendo como prioridade o bem-estar e a saúde das vacas. Ultimamente, o consumo de leite tem sido posto cada vez mais em causa. Não só …

Jogadores do Arsenal doam um dia de salário para ações solidárias

Os futebolistas e a equipa técnica do Arsenal vão doar um dia de salário para ações solidárias de Natal. Os elementos técnicos também entraram na iniciativa, que prevê, ainda, a doação da receita do próximo …