Investigação a Juan Carlos vai ser arquivada pela Justiça espanhola

Salvador Sas / EPA

Rei emérito Juan Carlos

A justiça espanhola vai arquivar a investigação ao rei emérito, Juan Carlos, aberta devido a alegados crimes fiscais e branqueamento de capitais, informaram fontes judiciais citadas pelo Confidencial.

De acordo com o jornal, Juan Carlos ainda não tinha abdicado no ano em que é suspeito de ter cometido os referidos crimes, usufruindo assim da prerrogativa constitucional que o iliba de qualquer responsabilidade penal.

Segundo um acordo privado de março de 2011, enviado pelas autoridades suíças ao Ministério Público, Juan Carlos estaria envolvido na gestão de uma offshore, ocultando 64,8 milhões de euros, que terá desviado para o rei da Arábia Saudita. Terá ainda cobrado comissões pela construção da linha ferroviária da AVE entre as cidades de Medina e Meca.



Em agosto, esteve em parte incerta até que a Casa Real espanhola indicou que estava nos Emirados Árabes Unidos. O Palácio da Zarzuela emitiu um comunicado, referindo que apoiava a decisão de Juan Carlos de abandonar Espanha para fixar residência noutro país.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Lindo…
    Este parasita, além de viver “à grande” à custa dos espanhóis (e da conduta vergonhosa ao longo da vida), ainda consegui fazer a proeza de se meter em negociatas para receber comissões!…
    O pior é que depois de tudo isso, não vai ser acusado e ainda fugiu para os Emirados com viagem, segurança, etc, etc, tudo pago pelo povo que roubou!!
    E ainda há tontinhos a defender a monarquia – alguns carneiros até andaram a espalhar por aí que era mais barata do que a república…

RESPONDER

PPP hospitalares geraram poupanças para o Estado

O Tribunal de Contas publicou um relatório em que sustenta não ter dúvidas sobre as vantagens que as parcerias público-privadas (PPP) na saúde trouxeram ao Estado, ao longo da última década. Os hospitais em parceria público-privada …

Banco de Fomento está a integrar trabalhadores do antigo BPN

O Banco Português de Fomento está a recrutar colaboradores do antigo BPN para desempenhar funções técnicas, numa altura em que a Parvalorem, onde estão integrados, solicitou ao Executivo o estatuto de empresa em reestruturação. Segundo apurou …

PAN começa a ser julgado por falsos recibos verdes

O PAN vai começar a ser julgado este mês devido ao caso dos falsos recibos verdes. O partido enfrenta três processos judiciais, sendo que o arranque do julgamento do primeiro está marcado para 17 de …

Radovan Karadzic vai ser transferido para o Reino Unido

Radovan Karadzic, antigo líder dos sérvios da Bósnia condenado por genocídio no massacre de mais oito mil muçulmanos bósnios em Srebrenica, em 1995, vai ser transferido para o Reino Unido, onde vai continuar a cumprir …

Adjunta de Matos Fernandes era sócia de empresa que fez negócios com o ministério

Entre 2016 e 2019, a secretária de Estado do Ambiente, Inês Santos Costa, acumulou funções quando integrou o gabinete de João Pedro Matos Fernandes, na qualidade de adjunta, sendo, na altura, sócia de uma empresa, …

Cavaco acusa Governo de Costa de continuar a alimentar "monstro" da despesa pública

Cavaco Silva volta a criticar o Governo de Costa, desta vez por criar “impostos adicionais” sobre “tudo o que mexe” para alimentar “o monstro” da despesa pública. O ex-primeiro-ministro e antigo Presidente da República Aníbal Cavaco …

Dívidas de Vieira investigadas. Com falência à vista, grupo do líder do Benfica pagou viagens de luxo

Afinal, o Fundo de Resolução nunca aceitou a reestruturação das dívidas do grupo empresarial de Luís Filipe Vieira, ao contrário do que foi dito aos deputados na Comissão Parlamentar de Inquérito aos grandes devedores do …

João Rendeiro condenado a 10 anos de prisão

João Rendeiro, antigo presidente do Banco Privado Português (BPP), foi condenado a 10 anos de prisão efetiva esta sexta-feira. O tribunal condenou o ex-presidente do Banco Privado Português (BPP), João Rendeiro, a 10 anos de prisão …

Bloqueio de migrantes. Salvini não vai a julgamento

Matteo Salvini, líder do Liga, não vai a julgamento na sequência do bloqueio do desembarque de migrantes a bordo do navio da Guarda Costeira italiana "Gregoretti", em julho de 2019. Esta sexta-feira, um tribunal italiano decidiu …

Promulgado diploma sobre acesso às praias (com alerta para novo regime de multas)

O "regime contraordenacional, que está previsto para o não cumprimento de um conjunto de regras que temos na área covid, também é aplicado" às regras relativas às praias. O Presidente da República promulgou, esta sexta-feira, o …