Inteligência Artificial deteta doença de Alzheimer através da retina

Uma forma de Inteligência Artificial, que deteta o Alzheimer através da análise de uma combinação de imagens da retina, pode ser uma nova arma preditiva, revela um novo estudo.

No Alzheimer, é importante ter um diagnóstico preciso o mais cedo possível, para determinar se a situação clínica da pessoa é devida ao Alzheimer ou se os sintomas estão a ser causados por outra doença, diferente ou rara, que requeira um tratamento específico.

A doença de Alzheimer é um tipo de demência que provoca uma deterioração global, progressiva e irreversível de diversas funções cognitivas, como a memória, a atenção, a concentração, a linguagem e o pensamento, entre outras. O Alzheimer afeta várias áreas cerebrais, perdendo-se certas funções ou capacidades. Quando a pessoa perde uma capacidade, raramente consegue voltar a recuperá-la ou reaprendê-la.

Segundo o Futurity, o novo software de computador analisa a estrutura da retina e os vasos sanguíneos em imagens do interior do olho que foram correlacionadas a mudanças cognitivas. Assim, a análise de imagens da retina pode constituir uma forma não-invasiva de detetar a doença de Alzheimer em pacientes.

“O diagnóstico da doença de Alzheimer muitas vezes depende de sintomas e testes cognitivos”, explica a autora principal Sharon Fekrat. “Os testes adicionais para confirmar o diagnóstico são invasivos, caros e apresentam alguns riscos”.

“Ter um método mais acessível para identificar a doença de Alzheimer pode ajudar os pacientes de várias maneiras, incluindo melhorar a precisão do diagnóstico, permitir a entrada em ensaios clínicos mais cedo no curso da doença e planear os ajustes necessários no estilo de vida”, acrescentou.

Os cientistas perceberam que pacientes com Alzheimer apresentavam uma diminuição da densidade da rede de vasos capilares em torno do centro da mácula. Sabendo isto, treinaram uma tecnologia de machine learning para identificar os casos em que as retinas poderiam sugerir que o paciente tinha indícios de Alzheimer.

“Testamos várias abordagens diferentes, mas o nosso modelo de melhor desempenho combinou imagens retinais com dados clínicos do paciente”, disse o coautor C. Ellis Wisely. O investigador salientou que a Inteligência Artificial diferenciou, com sucesso, pessoas saudáveis de pacientes de Alzheimer.

Os resultados do estudo foram publicados recentemente na revista científica British Journal of Ophthalmology.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Depois de 17 anos no subsolo, biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos

Biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos. O aviso é de um grupo de cientistas que alerta que, dentro de alguns dias ou semanas, as cigarras da Ninhada X vão surgir depois de 17 …

Foguetão chinês regressou à Terra (e a maior parte desintegrou-se)

Um importante segmento do foguetão chinês desintegrou-se este domingo ao reentrar na atmosfera terrestre e caiu no oceano Índico, perto das Maldivas, anunciou a agência espacial da China. "De acordo com o percurso e análise, pelas …

"Se eu encaixar, eu sento-me." Os gatos adoram caixas ilusórias

Qualquer amante de gatos sabe que estes animais têm uma predileção inata por se sentarem em espaços fechados, mesmo que o espaço seja apenas um contorno bidimensional de um quadrado no chão.  Os cientistas analisaram esta …

Jet pack da Marinha britânica. Fuzileiros navais testam macacão Gravity em exercício de embarque

Quem melhor do que as organizações militares para testar e usufruir dos jet packs? A Marinha Real Britânica e os Fuzileiros Navais reais testaram um macacão a jato, desenvolvido pela empresa Gravity Industries. Esta semana, a …

Marés de Júpiter podem ajudar a perceber a história do Sistema Solar

Uma equipa de investigadores detetou uma pequena perturbação gravitacional em Júpiter. A descoberta pode ajudar a investigar o interior do planeta e perceber melhor a história do Sistema Solar. "Se você tentasse mergulhar em Júpiter, nunca …

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …