Ingleses medievais mutilavam cadáveres com medo que se tornassem zombies

Uma investigação realizada arqueólogos britânicos revelou que, na Idade Média, os habitantes de Yorkshire, em Inglaterra, cortavam, esmagavam e queimavam os esqueletos dos mortos para garantir que não ressuscitavam.

“A hipótese de que os restos dos habitantes de Wharram Percy foram desmembrados e queimados para impedir a sua transformação em zombies, corresponde da melhor forma ao que descobrimos e sabemos sobre este local”, afirmou Simon Mays, do Instituto de Southampton, no Reino Unido, citado pela JAS: Reports.

“Se tivermos razão, teremos a primeira prova arqueológica de que a história medieval britânica teve um lado tenebroso e que a mentalidade das pessoas naquela época era completamente diferente”, acrescentou.

A equipe, chefiada pelo arqueólogo Alistair Pike da Universidade de Southampton, fez esta descoberta admirável ao realizar escavações no território da aldeia abandonada de Wharram Percy, situada no norte da Inglaterra, no condado de Yorkshire.

Em meados da década de 60, os cientistas que estavam a investigar Wharram Percy encontraram um cemitério de ossos humanos que tinham indícios de danificações, cortes e queimaduras.

Ao analisarem as várias descobertas nesse local, Pike e os seus colegas deram uma atenção especial a estes ossos, que lhes fizeram lembrar o “produto final” de um procedimento peculiar frequentemente descrito nas histórias medievais da época em que a aldeia ainda existia.

De acordo com o estudo, trata-se de um ritual específico que impede a transformação dos mortos em “zombies“. Nas histórias antigas, as pessoas defendiam-se dessa “magia negra” cortando e queimando os esqueletos dos mortos para garantir que não voltavam.

A Idade Média, segundo os arqueólogos, foi uma época dura em que as pessoas enfrentavam fome e eram obrigadas a praticar canibalismo por não haver outras fontes de alimentos.

No caso dos esqueletos encontrados em Wharram Percy, essa situação é pouco provável, já que os ossos tinham uma medula óssea que os canibais provavelmente teriam comido. O assassinato dos forasteiros também parece uma teoria pouco convincente porque todos os ossos pertenceram a habitantes da aldeia.

Deste modo, Pike e os seus colegas afirmam que a hipótese extravagante sobre a luta dos residentes da aldeia contra a invasão potencial dos “zombies” é a mais provável.

Os cientistas ainda não sabem porque é que os cidadãos de Wharram Percy mutilavam os restos mortais dos seus conterrâneos, mas supõem que esse procedimento possa estar relacionado com atividades da igreja local.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …